Guia da Semana

10 museus em Paris tão incríveis quanto o Louvre

Confira outros locais culturais que também merecem sua atenção e visita

É automático: sempre que ouvimos as palavras museu e França (ou Paris), pensamos no Louvre. A maioria das pessoas que visita o país não sossega até conhecer o local. Entretanto, por mais incrível que seja, existem muitos outros museus e galerias - tão ou mais incríveis - que merecem a visita de quem passa por lá. 

Pensando nisso, o Guia da Semana lista 10 desses lugares para você conhecer na sua viagem ao país. Confira:

MUSÉE D'ORSAY

O Musée D'Orsay é um dos museus mais bonitos de Paris. Localizado perto do Louvre, está simplesmente situado no prédio de uma antiga (e maravilhosa) estação ferroviária, construída em 1900. Com a mesma estrutura, porém moderizada, o local é daqueles que nos deixa maravilhados já pela sua história. Aí, para melhorar, o acervo mostra a criação artística ocidental de 1848 até 1914, onde situam-se Manet, Monet, Caillebotte, Cézanne, Renoir, Pizarro e outros. 

CENTRE POMPIDOU

O local é um complexo multicultural que une diferentes formas de arte e literatura. Conta com uma Biblioteca Pública, um centro para música e pesquisas acústicas, entre outros equipamentos culturais.

A arquitetura, que chama atenção, é uma tendência dos anos 70, chamada arquitetura high-tech, inspirada nas grandes indústrias e nas novas tecnologias. Lá, as grandes tubulações ficam aparentes e as escadas rolantes externas e o sistema estrutural de aço também nos remetem a isso. 

É um dos lugares mais visitados de Paris e na biblioteca há uma vasta coleção de livros, acesso gratuito à internet, jornais e revistas de todas as partes do mundo e televisões com canais internacionais.

MUSÉE RODIN 

O Museu foi construído em 1919 no antigo Hotel Biron, com obras do escultor Auguste Rodin, que usou o próprio hotel como sua oficina e, anos mais tarde, doou toda sua coleção de arte para o Estado francês sob a condição de que tinha de transformar o prédio num museu dedicado às suas obras.

Entre os trabalhos expostos, que estão no interior do local e também no jardim, estão desde as esculturas do próprio Rodin, até pinturas de Vincent Van Gogh.

MUSÉE PICASSO

Fundado em 1985 e também localizado em um antigo hotel - o Hotel Salé - o museu parisiense é dedicado inteiramente a obras de Pablo Picasso, inclusive com trabalhos pouco conhecidos e de pouco investimento - o que torna a visita ainda mais interessante. 

MUSÉE DE L'ORANGERIE 

Localizada na Place de la Concorde e conhecida pelas obras de Monet chamadas Les Nymphéas, o Musée de l'Orangerie é uma galeria focada em arte impressionista e pós-impressionista. O local abriga laranjeiras do jardim Tuileries, o que torna a visita ainda mais linda e gostosa. 

MUSÉE DU QUAI BRANLY

O Musée du Quai Branly foi construído em 2006 e abriga obras da África, Ásia, Oceania e Américas. Além de exposições permanentes, o museu também promove dez mostras temporárias por ano. No último andar ainda é possível jantar no restaurante Les Ombres e admirar a Torre Eiffel. 

PETIT PALAIS

Perto da famosa avenida Champs Elysées, o local já merece a visita pela sua arquitetura. Para quem ainda não conhece, o Museu foi feito em volta de um jardim semi-circular. Isso mesmo, existe um jardim na parte interna do lugar.

Os espaços de exposição situam-se no primeiro andar, sendo o rés-do-chão reservado, originalmente, aos gabinetes e depósitos. A fachada, linda, tem cerca de 150 metros de comprimento, possuindo ao centro um grande pórtico monumental coroado por uma cúpula. O interior apresenta galerias iluminadas apenas pela luz natural, com o recurso a grandes superfícies vidradas, cúpulas transparentes e uma série de largas janelas, permitindo uma maior integração do interior com o exterior.

GRANDE GALERIE DE L'EVOLUTION

Um dos museus mais interessantes e incríveis para quem gosta de história, a Grande Galerie de L'evolution reúne obras que se dedicam à história de evolução e da diversidade das espécies. O mesmo local divide espaço com a Galeries d’Anatomie Comparée et de Paléontologie, que é tão interessante quanto e oferece um apanhado dos vertebrados presentes na natureza e os seres vivos que desapareceram do planeta.

FONDATION LOUIS VUITTON

A Fondation Louis Vuitton é uma escultura monumental e recebe a coleção privada de Bernard Arnault, patrão do LVMH, número um mundial do luxo. Partindo desse princípio, nenhum outro local seria tão certo para a função. A proposta é expor poucas obras e renovar sempre.

MUSÉE DES ARTS DÉCORATIFS

O museu fica dentro do Louvre e expõe 150 mil objetos que mostram ao visitante o bonito unido ao útil, ao mesmo tempo em que conta a história da arte decorativa, moda, publicidade, grafismo e também do design.

Atualizado em 24 Mai 2016.

Por Nathália Tourais
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças