Guia da Semana

28º Bienal de São Paulo anuncia lista de artistas

Publicação: quinta, 14 de agosto de 2008

A Fundação Bienal de São Paulo divulga lista de artistas convidados para a 28ª Bienal de São Paulo. Os curadores Ivo Mesquita e Ana Paula Cohen selecionaram 40 artistas de 20 diferentes nacionalidades para o evento. Veja relação abaixo.

1- Alexander Pilis (Rio de Janeiro, Brasil, 1954. Vive em Barcelona)
2- Allan McCollum (Los Angeles, EUA, 1944. Vive em Nova York)
3- Ângela Ferreira (Maputo, Moçambique, 1958. Vive em Lisboa)
4- Armin Linke (Milão, Itália, 1966. Vive em Milão)
5- assume vivid astro focus (Formado em 2000. Baseado em Nova York e Paris)
6- Carla Zaccagnini (Buenos Aires, Argentina, 1973. Vive em São Paulo)
7- Carlos Navarrete (Santiago, Chile, 1968. Vive em Santiago)
8- Carsten Höller (Bruxelas, Bélgica, 1961. Vive em Estocolmo)
9- Cristina Lucas (Jaén, Espanha, 1973. Vive em Madri)
10- Dora Longo Bahia (São Paulo, Brasil, 1961. Vive em São Paulo)
11- Eija-Liisa Ahtila (Hämeenlinna, Finlândia, 1959. Vive em Helsinque)
12- Erick Beltrán (Cidade do México, México, 1974. Vive em Barcelona)
13- Fernando Bryce (Lima, Peru, 1965. Vive em Berlim)
14- Fischerspooner (Formado em Nova York, EUA, 1998. Vivem em Nova York)
15- Gabriel Sierra (San Juan de Nepomuceno, Colômbia, 1975. Vive em Bogotá)
16- Goldin+Senneby (Formado em Estocolmo, Suécia, 2004. Vivem em Estocolmo)
17- Iran do Espírito Santo (Mococa, Brasil, 1963. Vive em São Paulo)
18- Israel Galván (Sevilha, Espanha, 1973. Vive em Sevilha)
19- Javier Peñafiel (Zaragoza, Espanha, 1964. Vive em Barcelona)
20- João Modé (Resende, Brasil, 1961. Vive no Rio de Janeiro)
21- Joan Jonas (Nova Iorque, EUA, 1936. Vive em Nova York)
22- Joe Sheehan (Nelson, Nova Zelândia, 1976. Vive em Wellington)
23- Leya Mira Brander (São Paulo, Brasil, 1976. Vive em São Paulo)
24- Los Super Elegantes (Formado em San Francisco, EUA, 1995. Vivem em Los Angeles)
25- Mabe Bethônico (Belo Horizonte, Brasil, 1966. Vive em Belo Horizonte)
26- Marina Abramovi? (Belgrado, ex-Iugoslávia, 1946. Vive em Nova York)
27- Matt Mullican (Santa Mônica, EUA, 1951. Vive em Nova York)
28- Maurício Ianês (Santos, Brasil, 1973. Vive em São Paulo)
29- Mircea Cantor (Oradea, Romênia, 1977. Vive em Paris)
30- Nicolás Robbio (Mar Del Plata, Argentina, 1975. Vive em São Paulo)
31- O Grivo (Formado em Belo Horizonte, Brasil, 1990. Vivem em Belo Horizonte)
32- Paul Ramirez Jonas (Pomona, EUA, 1965. Vive em Nova York)
33- Peter Friedl (Oberneukirchen, Áustria, 1960. Vive em Berlim)
34- Rivane Neuenschwander (Belo Horizonte, Brasil, 1967. Vive em Belo Horizonte)
35- Rodrigo Bueno (São Paulo, Brasil, 1967. Vive em São Paulo)
36- Rubens Mano (São Paulo, Brasil, 1960. Vive em São Paulo)
37- Sarnath Banerjee (Calcutá, Índia, 1972. Vive em Nova Délhi)
38- Sophie Calle (Paris, França, 1953. Vive em Paris)
39- Valeska Soares (Belo Horizonte, Brasil, 1957. Vive em Nova York)
40- Vasco Araújo (Lisboa, Portugal, 1975. Vive em Lisboa)

Serviço
28ª Bienal de São Paulo
26 de outubro a 06 de dezembro de 2008
Pavilhão Ciccillo Matarazzo - Pq. Ibirapuera
São Paulo

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA