Guia da Semana

A Mulher Que Ri abre nova temporada em janeiro

Publicação: quarta, 21 de janeiro de 2009.

Um homem relembra seu relacionamento com os pais durante sua juventude e como o incrível bom humor de sua mãe, mesmo nos momentos mais difíceis, transformou sua percepção da vida, de si mesmo e do mundo. O espetáculo A Mulher Que Ri tem direção de Yara de Novaes, a partir do texto de Paulo Santoro, livremente adaptado do conto Sete Krajcár, do húngaro Móricz Zsigmond.

No elenco, Eloisa Elena é a mãe, Fernando Alves Pinto é o filho e Plínio Soares interpreta o pai e um mendigo. Sons, gestos, topografia, cores, palavras e objetos, em total correspondência, se tornam matéria-prima de uma cena onde serão construídas as memórias voluntárias e involuntárias. Assim, o narrador passa a ser personagem de si próprio e as personagens, por sua vez, ganham vida suficiente para caminhar com os próprios pés.

Serviço

Temporada: 24 de janeiro a 29 de março de 2009.
Horário: Sábados - 21h; domingos - 20h.
Endereço: Teatro Coletivo.
Rua da Consolação, 1623.
Telefone: 3255-5922.
Preço: R$ 25,00.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP