Guia da Semana

Ã% pedir muito?

Trazer uma estrela pop para o Brasil é fácil. Difícil mesmo é lidar com as exigências de camarim

Foto: Sxc.hu


Faz algum tempo que o Brasil entrou na rota dos grandes shows internacionais. Nomes como Maddona, U2 e Rolling Stones já pisaram em terras brasileiras mais de uma vez e pretendem voltar. E toda a vez é a mesma história: faniquitos e chiliques, por parte do público e exigências bizarras por parte dos artistas.

Milhares de latas de energéticos, rosas milimetricamente cortadas e até brinquedos de cachorros. Que estrelas pop são excêntricas, todo mundo sabe. Mas alguns desejos vão além de qualquer tipo de compreensão. Aproveitando as últimas atrações que rolaram (e que vão rolar) por aqui, reunimos algumas das exigências mais diferentes (para não falar outra coisa) de camarins.

A rainha e seus tronos


Por trás de um grande espetáculo, sempre existe um grupo de produtores prontos para fazer com que os artistas tenham todas as suas vontades atendidas. Quem cuidou do camarim da Madonna que o diga. Durante a sua última passagem pelo Brasil, no final do ano passado, a cantora surpreendeu pela boa forma física e, claro, as exigências de camarim. Aliás, camarins. Foram oito deles. Um para Madonna, que importou cortinas e tapetes de decoração, outro para seus três filhos e os outros seis para sua equipe de 220 pessoas.

A musa ainda exigiu 9,6 mil latas de energético, frutas tipicamente brasileiras, chás, chicletes, tequila, vinho do Porto, conhaque rodelas de pepino e nada menos que 25 caixas de água da Cabala. Sua frasqueira de maquiagem, continha meras 120 esponjas de pó de arroz. Além disso, foi constatado que a rainha do pop não se senta no mesmo trono duas vezes: a cada ida ao banheiro, o assento de seu banheiro tinha que ser trocado.

Flores da neurose


Famoso por seus looks extravagantes e lista de polêmicas, Elton John não poderia ficar de fora da lista das exigências mais bizarras. Após mais de dez anos sem visitar o Brasil, o inglês acabou de arrastar um público de 60 mil pessoas no Rio de Janeiro e São Paulo. Mas para reviver os clássicos dos anos 70, o cantor não abriu mão de suas esquisitices.

Apaixonado por flores, Elton pediu uma decoração composta por plantas naturais e flores frescas. As especificações eram simples: cinco vasos quadrados de vidro, contendo cinco rosas vermelhas e duas brancas. Detalhe, nada de folhas. Os caules das rosas não deveriam ter nenhum espinho e medir milimetricamente 11 centímetros. Fora isso, um camarim exclusivo para receber até seis pessoas, integrado a uma sala de estar com capacidade para mais dez. Os dois ambientes deveriam ser acarpetados, com 12 toalhas (contadas) em cada banheiro privativo. Para relaxar, pediu dois sofás: um de exatamente 2,40 metros e outro de 1,80 metros, ambos com tecido macio e nenhum componente de couro

Hotel de cachorro

Alanis Morissette está arrumando as malas para a sua próxima turnê no Brasil, entre os dias 21 de janeiro e 10 de fevereiro. A passagem da cantora por aqui já está dando o que falar entre a produção dos shows. A lista de pedidos parece não ter fim. Alanis pediu um profissional especializado para escolher dois vinhos de qualidade superpremium no camarim. Também já adianta que devem ser das uvas syrah, sangiovese, pinot noir ou rioja, de safras italianas ou australianas.

A roqueira exigiu ainda ainda uma garrafa de tequila Don Julio Reposado 100% e diversas garrafas de água San Pellegrino e Evian. Para manter a forma, um menu light, composto de quitutes como pasta de húmus, guacamole fresco, alface e legumes orgânicos com molho de mostarda balsâmica e maionese vegetariana. Claro que seus pequenos cachorrinhos não poderiam ficar de fora da esbórnia: Alanis exigiu um camarim exclusivo para eles, com direito a brinquedinhos especiais e pratos decorados para os chihuahuas Boogs e Leeleee.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças