Guia da Semana

Chico Buarque

Colunista fala sobre a trajetória do artista carioca e sua importância para a música nacional

Foto: Getty Images

Algumas pessoas exercem diversas funções ao mesmo tempo. Vontade incontrolável de ser tudo? Ausência de uma opinião formada, que as leva a seguir o que todos seguem? Não. Pelo menos, com Chico Buarque. Enquanto a maioria assume outras personalidades simplesmente para mudar uma maneira de vestir, escutar e até uma forma de falar, ele simplesmente deixou de ser o que queria, para mudar o que estava fora de seu alcance. Político na hora certa, cronista cuidadoso nas palavras, malandro como um bom brasileiro, amante verdadeiro, trovador das antigas e escritor nas horas vagas.

Muitos até consideram Chico brega, chato, velho. Porém, usam suas palavras sem ao menos saber quem as criou. Olhos nos olhos, a banda passar, amanhã vai ser outro dia, vai trabalhar vagabundo, entre outras tantas que fazem parte do nosso dia-a-dia. Palavras e frases tão únicas que não fazem o menor sentido quando traduzidas para outras línguas. Chico criou formas e arranjos extremamente difíceis de serem reproduzidas, mas não pelas escalas complexas, e sim pela harmonia sentimental que sai de cada nota. Só ele sabe fazer o que faz.

Chico passou pela MPB, Bossa Nova e Samba, deixando seu toque especial em cada um. Como se não bastasse, teve a sorte de tocar ao lado de grandes nomes da música brasileira, enriquecendo ainda mais a cultura nacional. Ele foi Chico principalmente durante a ditadura, onde disse o que realmente queria dizer. Ali sim, assumiu seu lado político sem tomar um partido oficial. Conquistou mulheres com seu lado amante. Dizer que Chico Buarque é apenas mais um artista, é errado de certa forma. Escutar Chico não é escutar apenas um estilo musical consagrado, pois trocando em miúdos, Chico Buarque é um Gênero.

Quem é o colunista: Fernando Segredo.

O que faz: Publicitário.

Pecado gastronômico: Rodízio de comida japonesa.

Melhor lugar do Brasil: Os lugares que ainda não conheci.

Fale com ele: fsegredo@gmail.com ou acesse seu blog

Atualizado em 13 Out 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças