Guia da Semana

Ciro Monteiro ganha documentário na TV Cultura

Publicação: sexta, 31 de outubro de 2008.

Mosaicos recupera no acervo da TV Cultura a participação de Ciro Monteiro no programa MPB Especial, de 1973, no qual o cantor relembra momentos importantes de sua trajetória e interpreta sambas que ele ajudou a consagrar, como "Se acaso você chegasse" (Lupicinio Rodrigues e Felisberto Martins) e "Formosa" (Baden Powell e Vinicius de Moraes). Do arquivo da emissora também surgem os depoimentos de Baden Powell, Roberto Silva, Zé Kéti, Ivan Lins e Chico Buarque a respeito da obra de Ciro.

Outro destaque é o encontro promovido pelo programa entre o diretor e escritor Haroldo Costa com o cantor Paulo Marquez, amigos de Ciro. Os depoimentos do programa são entremeados com números musicais inéditos da banda Gafieira São Paulo, que apresenta versões para grandes clássicos do repertório de Ciro Monteiro, como "Rosa morena" (Dorival Caymmi), "Tem que rebolar" (Magno de Oliveira e José Batista) e "Morena Boca de Ouro" (Ary Barroso). O programa vai ao ar domingo, 2 de novembro, às 20h30.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA