Guia da Semana

Conheça o Esparrama pela Janela, o projeto que leva arte para o Minhocão

A inusitada intervenção cênica é uma criação do Grupo Esparrama

Não é de hoje que o Minhocão (Elevado Costa e Silva) é usado como local de lazer e esporte – centenas de pessoas caminham, correm e andam de bicicleta todas as noites e domingos. Porém, uma programação nada comum chama a atenção de quem frequenta o espaço: o projeto Esparrama pela Janela, uma intervenção cênica do Grupo Esparrama (formado por ex-integrantes da Cia. Circo de Bonecos e pelos fundadores do Grupo Operação de Riso) que promove o convívio dos paulistanos com a arte.

Veja as exposições imperdíveis em São Paulo
Conheça os musicais que vão agitar a cidade em 2014 
Veja as estreias no teatro desta semana em São Paulo   

“O projeto Esparrama pela Janela pretende investigar as potencialidades cênicas de uma janela de frente para o Minhocão. Alguns dos integrantes do grupo moram neste apartamento há cerca de 10 anos e sempre perceberam que as janelas da sala e do quarto estavam estrategicamente posicionadas para o Minhocão. Com a criação do grupo, em 2012, foi possível iniciar uma série de estudos que confirmaram esta viabilidade cênica. Fruto destas primeiras pesquisas surgiu o espetáculo Esparrama pela Janela”, conta Iarlei Rangel, diretor do espetáculo.

A escolha do Minhocão como palco do espetáculo foi estratégica. Os integrantes do grupo queriam refletir artisticamente sobre a convivência de 10 anos com este verdadeiro “monstro de duas caras” - um espaço que durante o dia é uma gigante ponte poluída e barulhenta e que a noite e aos domingos se transforma em uma passarela para divertimento e praticas esportivas.

“Achamos que podíamos participar desta ocupação espontânea da população através de uma ação artística gratuita que trouxesse novos ares para este espaço cinza e que contribuísse para pensar uma nova cidade”, explica Iarlei.

O enredo do espetáculo traz um morador de um dos prédios do Minhocão que, cansado de tanto barulho da cidade, resolve transformar o caos que entra pela sua janela em música. A partir desta subversão, se estabelece um universo mágico protagonizado por personagens fantásticos, como a menina/princesa que mora num prédio/castelo; o palhaço que dá vida ao casaco de sua amada; o seresteiro gigante; o esportista dançarino, as fofoqueiras da janela e até mesmo uma família de monstros.

Segundo Iarlei, a trama da peça é muito mais do que uma crítica ao caos da cidade, e especificamente do Minhocão: “o enredo do espetáculo quer propor uma reflexão sobre a relação complexa entre o Minhocão e o seu entorno, bem como explicitar a relação de apropriação deste espaço, que já é realizada pela população há décadas”.

Assim como em todos os projetos bem feitos e benéficos à sociedade, a receptividade do projeto Esparrama pela janela é super positiva. Além de esbanjar três indicações para o Prêmio FEMSA de Teatro Infantil e Jovem (Categoria Revelação, pela direção de Iarlei Rangel; Categoria Especial, pela proposta de intervenção urbana; e na Categoria Sustentabilidade), o espetáculo também tem arrancado grandes elogios do público em geral.

“O retorno do público e da crítica superou muito todas as nossas melhores expectativas. É muito gratificante quando vemos diversas pessoas vindo nos agradecer com os olhos marejados. É muito bom receber diversas mensagens pelo facebook do grupo refletindo sobre as questões propostas e perceber que o espetáculo dialoga com as mais variadas idades”, ressalta Iarlei Rangel.

Se você ainda não teve oportunidade de assistir a esse grande espetáculo, não hesite em dar uma passadinha pelo Minhocão aos domingos, a partir das 16hs (até o dia 23 de fevereiro). Com certeza você vai se surpreender. Agora se você, assim como a gente, se apaixonou pelo projeto, o Guia da Semana tem uma ótima notícia. Segundo Iarlei, novas criações estão por vir: “temos diversas ideias que estão borbulhando, loucas para saltar pela janela”. 

 

Atualizado em 3 Fev 2014.

Por Anna Thereza de Almeida
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças