Guia da Semana

De cara nova

A TV Cultura mexeu nos horários, reformulou a grade de programação, contratou apresentadores e investiu R$ 19 milhões em novos programas

Programa Metrópolis
Foto: Gabriel Oliveira

A TV Cultura reformulou a grade de programação e estréia 18 novos programas. Outros 19, já existentes na emissora, foram repaginados. De acordo com o diretor de conteúdo, Gabriel Priolli, a idéia é ajustar melhor a programação alocando os programas com as faixas etárias, dias e horários. "Isso foi feito para evitar pontos de fuga de audiência. Cada programa que termina dá a deixa para que outro comece", completa Priolli.

No total foram investidos R$ 19 milhões e este dinheiro foi usado tanto para trazer novas aquisições como para abastecer os programas já transmitidos. A nova grade foi um dos destaques na exibição do programa de aniversário de 20 anos do Metrópolis, que além de Cunha Jr. será apresentado por Domingas Person, irmã da VJ da MTV Marina Person.

Nomes como do ator Marcos Palmeira, da apresentadora Chirs Couto, do raper Rappin Hood, da jornalista Lilian Witte Fibe e do produtor musical João Marcello Bôscoli integram agora o quadro de funcionários da emissora.

Novos programas

Rappin´Hood apresenta o programa Manos e Minas
Foto: Gabriel Oliveira

Dentre os novos programas estão o A´uwe, comandado por Palmeira. Dividido em 26 edições fala sobre índios e inclusive foi feito por eles. E Radiola, que recebe nomes de artistas ascendentes da música popular brasileira e também pretende lançar novos talentos. O programa será semanal com apresentação do produtor musical João Marcello Bôscoli.

Um ponto valorizado na reorganização do conteúdo da emissora foi o público jovem e infantil. Os sábados foram dedicados para as crianças e a programação foi estendida das 12h15 até às 19h. Já os adolescentes vão poder curtir o seriado educativo Tudo Que é Sólido Pode Derreter.

O raper Rappin´Hood estará a frente do Manos e Minas, programa voltado para a cultura da periferia. O programa de auditório terá quadros como o "Buzão - Circular Periférico", onde o repórter apresenta bairros da periferia de São Paulo.

"O objetivo do programa é trazer os artistas que a periferia já conhece, mas que o grande público não conhece", afirma Rappin. O músico diz ainda que falta programas relacionados com a periferia e afirma que não se vê representado pela televisão brasileira.

Para chegar ao formato final do programa foram necessários 1 ano e meio de reuniões e Rappin teve participação direta na escolha do conteúdo que será exibido. Agora quanto as expectivas para a estréia diz que quer ver como será a recepção fora do circuito em que vive e ver o impacto que vai causar em outros meios.

Outra modificação foi no domingo. Ele foi reservado para os esportes e o meio ambiente. O Cartão Verde, única mesa redonda exibida na TV aberta, será veiculado antes das partidas de futebol, sempre às quartas. Já a madrugada será totalmente musical.

Reformulações

Chris Couto dá nova cara ao Café Filosófico
Foto: Gabriel Oliveira

O Café Filosófico recebeu uma cara nova com a apresentadora Chris Couto. No formato antigo apenas era transmitida uma palestra com uma ´cabeça´, texto para introduzir o tema abordado, feita em estúdio. Agora, segundo Chris Couto, o programa ficou mais dinâmico e com o objetivo de aproximar o público do que está sendo discutido.

As palestras continuam, mas sempre interligadas com entrevistas. "Tudo é feito na rua e de um bate-papo você tira coisas que ajudam no conteúdo", afirma a apresentadora.

Chris Couto finaliza e diz que prefere não ter expectivas e que estava com vontade de voltar a apresentar programas com assuntos menos superficiais.

Outro programa que passou por mudanças foi o Zoom. Antes era voltado apenas para o mundo do cinema, de curta-metragem e animação. Agora, abrange todo o universo do audiovisual contemporâneo. Flávia Scherner é quem estará a frente do programa.

A jornalista Lílian Witte Fibe assume o comando do Roda Viva. E o Vitrine, com Sabrina Parlatore e Rodrigo Rodrigues, será exibido aos sábados, às 19h30.


Novos programas

Faixa Jovem / Adulto Jovem: segunda a sábado, das 19h30 às 21h30
Nossa Língua: terça, às 21h
Manos e Minas: quarta, às 19h30
Tudo Sobre Animais: quarta, às 21h; domingo, às 19h
Sexualidade: quinta, às 19h30
Cinco Sobre Cinco: sexta, às 20h30
Tudo Que é Sólido pode Derreter: estréia prevista para agosto
Eco Prático: estréia prevista para agosto
Radiola: a definir
Especiais Cultura: segunda, às 20h30
Jornal da Cultura: segunda a sábado, às 22h
Móbile: quarta, às 22h40
Planeta Turismo: sábado, às 11h15
Conquista: domingo, às 13h30 (estréia prevista para junho)
Mega Trip: domingo, às 14h30
A´UWE: domingo, 18h
Programação infantil: sábado, das 12h15 às 19h
Virada Musical: madrugada de sábado para domingo, à 1h



Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças