Guia da Semana

Dead Fish 20 anos - e beneficente

Os integrantes da Dead Fish vão estudar as necessidades das instituições locais e pedir aos fãs que levem produtos das quais elas precisam mais

Foto: Sueliton Lima


A banda de hardcore capixaba Dead Fish completa 20 aninhos em 2011. Na ativa desde 1991, a banda passou por todas as fases dentro e fora do underground.

Passaram da independência a até uma semi grande gravadora quando assinaram com a Deck Disk. Tiveram até clipes na MTV, mas sempre se mantiveram fiéis ao estilo engajado e direto, como o punk rock tem de ser.

Uma ótima iniciativa para "comemorar" esses 20 anos partiu da própria banda: organizar arrecadações beneficentes em todos os shows. Não entendeu? A nota oficial explica, então:

"Em 2011, todos os shows do Dead Fish serão arrecadatórios de donativos para instituições e movimentos em que acreditamos. Em cada cidade, procuraremos com antecedência algumas destas instituições e faremos as arrecadações de acordo com as necessidades de cada local. As doações não serão obrigatórias, leva quem puder e quiser, mas seria ótimo que as pessoas passassem a adquirir o hábito de levar donativos em todos os shows do Dead Fish.

Não fazemos isso porque somos bonzinhos e humildes. Muito pelo contrário: isso tudo faz parte do nosso desejo de pedir demissão individual, como pessoa, ser humano em si, do pacto federativo brasileiro, e da certeza de que não precisamos de um Estado tão corrupto e tão omisso para nossas vidas. É quase um exercício de auto-suficiência, nada assistencialista ao nosso ver"

A nota foi publicada em todos os meios de comunicação oficial da banda. Não se espera salvar o planeta com pequenas ações, mas é de ótimo grado que cada um se movimente pelo menos um pouco, já que o tal hardcore é tão falado por ser engajado e consciente.

No show em Cascadura, no Rio de Janeiro, do dia 4 de fevereiro, foram arrecadados produtos de limpeza e higiene pessoal, para ajudar as vítimas das chuvas que castigaram muitas cidades do Rio.

Espero que as pessoas percebam que não precisam esperar que as ideias, ações ou incentivos partam de "ídolos". Todos deveriam ter a noção de que podemos, por nós mesmos, ajudar.

Leia as colunas anteriores de Thiago de Oliveira:

Ozzy Osbourne de volta ao Brasil

Sublime de volta ao Brasil

Ano velho - com muitos shows

Quem é o colunista: Thiago de Oliveira, Thiagones.

O que faz: Tecnólogo em informática/desenvolvimento de sistemas, e músico quando me é permitido.

Pecado Gastronômico: Massa, molho e queijo!


Melhor lugar do mundo: O Meu Quarto.

O que está ouvindo no carro, iPod, mp3: Matisyahu Novo (disco Light), Snowing, Farside, I Shot Cyrus e algumas barulheiras.

Fale com ele: thiagoneshc@hotmail.com



Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças