Guia da Semana

Demais ou de menos?

O Coldplay se apresenta no Morumbi, enquanto o Franz Ferdinand faz show no Via Funchal. Será que vai sobrar ou faltar espectadores em algum dos espetáculos?

Foto: Divulgação

Assim que surgem os boatos de que uma banda vem para o Brasil, eu penso: "onde será que vai ser o show?". Afinal, o local escolhido influencia - e muito - na qualidade do espetáculo. O som, os preços e a acessibilidade são apenas alguns dos critérios que eu avalio antes de comprar o meu ingresso - a não ser que seja a minha banda favorita. Daí eu vou nem que for nos quintos dos infernos.

No entanto, tem um outro fator bastante importante e que pode fazer toda a diferença na hora do show: o espaço. Por exemplo, acho estranho o aclamado Franz Ferdinand tocar no Via Funchal - que tem capacidade para três mil pessoas - e o Coldplay marcar uma apresentação no Morumbi, onde cabe cerca de 70 mil espectadores. Pode ser que eu pague a minha língua, mas realmente não sei se Chris Martin e sua trupe lotam o estádio, que já recebeu mitos como Queen, U2 e AC/DC.

A solução? Para mim, Franz e Coldplay deveriam tocar no estacionamento do Credicard Hall, que tem capacidade para 14 mil pessoas. O Oasis fez um show por lá em 2006 e a única reclamação dos fãs foi a chuva forte. Outra opção seria a Chácara do Jockey, que abriga 25 mil pessoas. A prova de que o espaço tem prestígio é que, só em 2009, recebeu Radiohead, The Killers, Sting, além das clássicas Jane's Addiction e Faith no More, que tocaram no Maquinária Festival. A Chácara do Jockey, porém, perde no quesito acessibilidade e, em caso de chuva, o espaço vira um verdadeiro lamaçal.

Claro que, na hora de escolher onde será o show, entram também as preferências da banda e a verba disponível. Ao que tudo indica, o Franz gosta mesmo de shows menores: em 2006, os escoceses se apresentaram no Circo Voador e no Festival Motomix, no Espaço das Américas. Já no ano passado, fizeram um show fechado na boate The Week - cujos ingressos acabaram em 1h - antes de se apresentarem no Video Music Brasil. A maior apresentação que a banda fez no Brasil foi a abertura para o show do U2.

No entanto, as datas já estão marcadas, os lugares confirmados e, de repente, até os ingressos já foram comprados - no meu caso, desde outubro passado, para o show do Franz Ferdinand. Agora, é esperar para ver se algum dos dois shows deveria ser mesmo em um lugar maior ou menor. Façam suas apostas!


Ah, em tempo: a agenda de shows no Morumbi está concorrida para 2010. Já estão confirmados Metallica e Beyoncé, além do Coldplay. Há a possibilidade também de, após quatro anos, o U2 voltar ao Brasil. E se isso acontecer, a banda irlandesa terá o estádio como palco, como já é de costume.

Metallica
Estádio do Morumbi (São Paulo), 30 e 31 de janeiro.
Parque Condor (Rio Grande do Sul), 28 de janeiro.

Beyoncé
Parque Planeta (Santa Catarina), 4 de fevereiro.
Estádio do Morumbi (São Paulo), 6 de fevereiro.
HSBC Arena (Rio de Janeiro), 7 de fevereiro.
Parque de Exposições de Salvador (Bahia), 10 de fevereiro.

Coldplay
Praça da Apoteose (Rio de Janeiro), 28 de fevereiro.
Estádio do Morumbi (São Paulo), 2 de março.

Franz Ferdinand
Pepsi on Stage (Porto Alegre), 18 de março.
Fundição Progresso (Rio de Janeiro), 19 de março.
Via Funchal (São Paulo), 23 de março.

Quem é a colunista: Nádia Tamanaha, jornalista apaixonada por música, cinema, Corinthians e gatos.

O que faz: jornalista com diploma.

Pecado Gastronômico: batata frita.

Melhor lugar do mundo: um lugar onde estejam as pessoas que valem a pena.

Fale com ela: namanita@gmail.com

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças