Guia da Semana

Dupla 6emeia faz grafite em bueiros, tampas de esgoto e postes

Com o intuito de mudar o olhar do paulistanos os artistas Anderson e Leonardo resgatam cenários urbanos esquecidos pela população

O 6emeia é um projeto dos artistas Anderson Augusto e Leonardo Delafuente que nasceu em junho de 2006 com o intuito de ocupar a cidade com grafites e propor um novo olhar e reflexão para quem passa pelas pinturas.

+ Escola grafite abre inscrições em São Paulo
+ Casa do Povo, conheça um dos maiores símbolos culturais de SP

As intervenções rolam em pontos que ajudam a construir o cenário urbano, mas não em qualquer muro liso de uma rua qualquer, mas sim lugares que geralmente são esquecidos pela população como bueiros, postes e tampas de esgoto.

A ideia dos artistas é mostrar que a arte não precisa estar em galerias e museus, mas também pode estampar até mesmo um bueiro. Quem poderia imaginar que uma boca de lobo poderia virar o retrato da Carmen Miranda? Ou ainda, da dupla Mario Bros e Luigi?

Em uma conversa a respeito do trabalho que fazem pelos bairros de SP, eles disseram que o retorno das pessoas é imediato. “Elas param, olham, perguntam e se expressam. Isso é super válido e precioso em um momento em que a arte é distante do público e altamente conceitual. Dificilmente as pessoas que nos param para conversar, durante a semana vão para galerias ou museus”, conta a dupla.

Claro que nem sempre é tão fácil sair grafitando pelas ruas e, às vezes, a polícia se torna um empecilho. Mas, fora isso, a dupla diz que a ação é bem-vinda. “Toda saída para pintar já rende boas histórias. O trajeto, o ato, a consequência, sendo ela boa (vizinhança) ou ruim (polícia) sempre acontece. O mais inusitado foi encontrar uma procissão nas ruas da Barra Funda enquanto pintávamos.”

São mais de seis anos recheando as ruas da cidade com cores e alto astral, mas a vontade de se expandir não para de crescer. “Queremos realizar intervenções cada vez maiores e mais impactantes. Porque o que está dentro fica, e o que está fora expande. Não é sonho, porque em breve queremos faze-las”.

 

Atualizado em 19 Mar 2014.

Por Juliana Andrade
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA