Guia da Semana

Fábio Assunção em Adultérios

Montagem teatral de texto de Woody Allen estreia no Teatro Frei Caneca e marca a volta do ator aos palcos

Foto: Jairo Goldflus

Fábio Assunção como o sem-teto Fred

A peça Adultérios estreia em São Paulo após um longo período de negociação pelos direitos do texto do cineasta Woody Allen. O projeto começou há alguns anos, quando o diretor Alexandre Reinecke leu a comédia e a apresentou para Fábio Assunção. O ator, que retorna aos palcos de onde estava distante desde 2001, aceitou estrelar a montagem ao lado de Norival Rizzo e Carol Mariottini e permanece em cartaz até 25 de setembro.

Na trama, o roteirista de cinema Jim Swain espera por sua amante à beira do Rio Hudson para um encontro que marcaria o término do relacionamento dos dois. Lá, ele é abordado por um morador de rua, Fred, que inicia uma conversa trivial e acaba por acusar Swain de roubar suas ideias para a elaboração de seu roteiro mais recente, um "quase sucesso" de bilheteria. Para tornar a situação ainda mais complicada, a amante Bárbara chega ao local.

Ela, inconformada com o aparente abandono do seu amante e muito ambiciosa, pede algo em troca para não expor o caso que tiveram. Jim se vê obrigado a resolver esse problema para manter o seu casamento enquanto Fred coloca mais lenha na fogueira e ainda cobra os créditos pela ideia principal do filme.

Foto: Jairo Goldflus

Norival Rizzo como Fred e Fábio Assunção como Jim Swain

Curiosamente, Reinecke optou pela alternância dos atores nos papéis masculinos. Fábio será o sem-teto Fred na sexta-feira e no sábado às 22h, vivendo o escritor Jim no sábado às 20h e no domingo. O diretor diz que durante o processo de criação com o elenco, percebeu que Jim e Fred eram a mesma pessoa representadas em cena. Enquanto um é contido e representa como nos comportamos na sociedade, o outro solta as amarras e abre a boca falando o que pensa e sente.

Fábio reforça essa ideia e afirma que, como ator, "foi ótimo poder estar dos dois lados". Segundo ele, o grande desafio foi decorar quase a peça inteira e ainda não se confundir na hora do texto. Ele completa dizendo que não é preciso assistir às duas versões para que se entenda a peça, já que texto e marcações são as mesmas - o que muda é a forma como cada ator constrói o personagem.

Foto: Jairo Goldflus

Norival Rizzo, Fábio Assunção e Carol Mariottini em Adultérios

Em cena, os três atores constroem a trama de forma ágil com o apoio de Alexandre, que fez uma direção limpa e pontual apoiada pelo interessante cenário de madeira que forma um deque estilizado junto a dois bancos. Destaque para a trilha sonora original de Eduardo Queiroz, que confere o clima certo para a montagem.

Confira o especial Adultérios na TV Guia

Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças