Guia da Semana

João Carlos Martins emociona público em Porto Alegre

Pianista e maestro se apresentou com a Ospa

Por coincidência, no mesmo dia (terça-feira, 26) em que veio a público a carta demissionária de Isaac Karabtchevsky, a Ospa realizou um concerto oficial, no Salão de Atos da UFRGS. E, ao que tudo indica, a notícia não chegou a perturbar os músicos, que executaram com destreza obras de Brahms e Mozart, sob a batuta do regente e pianista João Carlos Martins. Ao falar com o público, o maestro mencionou o fato de a Ospa ter, em sua história, a presença de alguns dos maiores maestros do País, em uma referência à Isaac Karabtchevsky, apesar de não tocar no assunto de sua carta de demissão.

Na primeira parte da apresentação, a Ospa executou a Sinfonia Nº 1 em Dó Menor, de Brahms. A interação com os músicos e a energia desprendida pelo maestro emocionou a plateia, que aplaudiu em pé, aos gritos de "bravo". Ofegante, Martins lembrou que Porto Alegre foi o primeiro lugar onde foi convidado a atuar depois de tornar-se maestro.

Na segunda parte do concerto, Martins executou, ao piano, o Concerto para Piano e Orquestra Nº 27, de Mozart, e a música tema do filme Cinema Paradiso, de Ennio Morricone. Mostrando que a música supera qualquer desafio, o maestro e pianista levou seu público às lágrimas. Depois de voltar três vezes para agradecer a plateia, que não cansou de aplaudi-lo de pé, João Carlos Martins voltou ao piano e dedilhou a canção Luiza, de Tom Jobim.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA