Guia da Semana

Maurício Ianês faz performance na Praça das Artes, em agosto

Vendado, o artista vai interagir de forma inesperada com o público e o espaço

O artista Maurício Ianês realiza performance dentro do projeto Presença Permeável, que acontece na Praça das Artes. Até o próximo sábado, 20 de agosto, sempre das 14h às 18h, o artista estará ocupando o Vão Livre do espaço, com os olhos vendados, interagindo com as pessoas que passam pelo local.

Ianês diz que essa interação pode variar muito. “A relação com o público pode ser até mesmo mais incisiva, como por exemplo, se eu trombar com alguém… gosto de envolver os espectadores na criação, pois é sempre um lugar reservado a instituição e ao artista. Tento desconstruir isso com a minha arte”.

A mesma performance foi apresentada no Rio de Janeiro este ano, mas durou apenas um dia. A interação é uma marca de seu trabalho. Em uma de suas várias performances, Maurício Ianês já ficou uma semana (sete horas por dia) sentado, imóvel e em silêncio, vestido de preto, com uma pilha de papel de carta branca no colo e o olhar fixo em uma cadeira colocada na frente do artista. Quando alguém sentava, ele entregava uma das folhas em branco. O público tinha a liberdade de interação, mas o artista permanecia imóvel. A apresentação foi feita em São Paulo e Curitiba.

Presença Permeável

O projeto Presença Permeável convida artistas a ocuparem o Vão Livre da Praça das Artes. Ao todo, são quatro artistas por mês, promovendo interação entre o espaço e o fluxo de pessoas. Além de Ianês, o projeto apresenta, no dia 19 de agosto, a partir das 15h, Felipe Bittencourt.

Já no dia 26 de agosto, das 11h às 13h, a artista Ana Teixeira realiza o trabalho Coleta de Espécimes Locais, em que entrevista pessoas que estiverem passando pelo espaço. Os dados serão transformados em desenhos e anotados em um livro-registro, espécie de arquivo sobre espécimes humanos em diferentes cidades e países. Cada participante recebe um carimbo na pele, que o identifica como um “objeto” já estudado.

A partir das 14h, a artista Cláudia Di faz referência ao charlatanismo e à fantasia do imaginário brasileiro, por meio da troca de histórias, desenhos e jogos improvisados. A apresentação se chama Fantasia de um Diálogo. A performance encerra a programação de agosto do projeto Presença Permeável na Praça das Artes.

 

Atualizado em 19 Ago 2016.

Por Nathália Tourais
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA