Guia da Semana

Mês de lembranças

Parece até que o Rei do Pop não morreu

Foto: Reprodução


Parece que foi ontem que eu acessei a internet e li a notícia de que Michael Jackson morreu. Não acreditei, como a grande maioria, até ver a sua última imagem. Naquele momento consegui escutar o som de milhares de fichas caindo e logo em seguida um silêncio profundo. Um ídolo foi embora e só por causa disso as pessoas resolveram lembrar dele, idolatrá-lo, eternizá-lo. 

Não acompanhei a carreira de Michael Jackson de perto. Gostava do estilo, dos clipes, mas nunca fui um fã.  Não gostava das roupas, mas sei que ele era o único que poderia usar calça preta, sapato preto e meias brancas. Era muito novo para saber o que ele estava fazendo com a música, os seus passos inimitáveis. Confesso também que não acompanhei os seus problemas, críticas de todo o mundo, suas atitudes fora dos palcos. Michael foi polêmico, como todo artista. Foi criativo, como todo artista. E foi gênio, como poucos artistas. 

Esse mês será um mês de lembranças, exclusividades e de algumas revelações. Revelações que poderiam ficar enterradas, esquecidas. Ainda mais quando querem denegrir a imagem de uma pessoa e o que ela representou. Mas quando o assunto é Michael Jackson, não tem como ficar calado. Ele tem que ser lembrado sim, exaltado e até idolatrado. Porém, somente pelo que ele revolucionou. Há um ano, Michael voltou a fazer sucesso. Só espero que esse sucesso sirva de inspiração, para que um dia a gente conheça outro Michael.

Leia as colunas anteriores de Fernando Segredo:

Desde cedo

Repeat

Como faz?


Quem é o colunista: Fernando Segredo.

O que faz: Redator Publicitário.

Pecado gastronômico: Comida italiana ou japonesa.

Melhor lugar do Brasil: Os lugares que ainda não conheci.

O que está escutando em seu mp3, iPod ou no carro: Dave Matthews Band, João Gilberto, Vanessa da Mata

Fale com ele: fsegredo@gmail.com ou acesse seu blog

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças