Guia da Semana

Na semana do Dia dos Namorados, relembre casais do mundo das artes

Relembre o amor, a arte, as brigas na justiça e as separações de casais que fizeram história

O Dia dos Namorados se aproxima e para entrar no clima, o Guia da Semana lista 5 casais do mundo das artes que você precisa conhecer. Confira:

1- FRIDA KAHLO E DIEGO RIVERA

A pintora Frida Kahlo casou-se com o também pintor Diego Rivera duas vezes. Ambos tinham o temperamento extremamente forte e mantinham casos extraconjugais, além de brigas violentas. No segundo casamento, Frida construiu uma casa igual a dele, ao lado da casa em que eles tinham vivido. Essa casa era ligada a outra por uma ponte, e eles viviam como marido e mulher, mas sem morar juntos. Encontravam-se na casa dela ou na dele, nas madrugadas.

2- MARGARET E WALTER KEANE 

Para quem não conhece, Margaret Keane foi uma pintora norte-americana que pintava mulheres, crianças e animais com olhos grandes. Seu marido, Walter Keane, tornou-se um pintor famoso ao vender os quadros da esposa com seu nome. 

Quando ela expôs o caso, ele negou e acabou processado. Na audiência, o juiz pediu para que ambos pintassem um quadro e Walter se recusou, alegando uma dor no ombro. Margaret, então, fez um quadro em menos de uma hora e foi indenizada em $4 milhões

3- OSCAR WILDE E ALFRED DOUGLAS

A relação dos escritores e poetas Oscar Wilde e Alfred Douglas, mais conhecido como Bosie, foi extremamente conturbada. Quando se conheceram, Wilde era casado. Entretanto, isso não foi um obstáculo e rapidamente começaram um envolvimento amoroso. 

Douglas era um menino mimado e gastava dinheiro em jogos e com outros homens, esperando que Wilde fizesse o mesmo. Assim, eram frequentes as vezes que discutiam e terminavam a sua relação, mas sempre se reconciliavam.

Bosie ficou doente e aos cuidados de Wilde até sua recuperação. Entretanto, quando melhorou quem ficou doente foi Wilde e, diferente dele, o amante o abandonou, mudando-se para um hotel e, posteriormente, lhe enviando a conta. 

O pai de Bosie desconfiou da relação e acusou Wilde de cometer atos imorais com diversos rapazes e, inclusive, com seu filho. Assim, o escritor foi condenado a dois anos de prisão, onde mesmo extremamente decepcionado, alimentava o amor dentro de si como estratégia de sobrevivência.

4- MARINA ABRAMOVIC E ULAY

Marina Abramovic e Ulay foram casados durante 12 anos. A parceria foi na vida amorosa e também artística, tendo em vista que Ulay também é um artista performático.

Durante cinco anos moraram em uma van, viajando pela Europa; passaram um ano com aborígenes no deserto australiano e experimentaram viver arte em sua totalidade.

O término do relacionamento, inclusive, resultou na última performance juntos, chamada Muralha da China - onde ela começou a caminhar pela Muralha vinda do leste e Ulay saiu do oeste. Após três meses e milhares de quilômetros, encontraram-se e deram adeus. E para quem acha estranho, Marina nos dá uma bela lição, “As pessoas se esforçam tanto para iniciar um relacionamento e tão pouco para acabar com ele”.

Entretanto, depois desse lindo episódio, o casal teve muitas brigas na justiça devido aos direitos dos trabalhos que fizeram juntos. Depois de anos sem se falar, o mundo todo pôde ver o dia em que se reencontraram pela primeira vez, durante uma performance de Marina no MoMa, onde ela ficava frente a frente com os visitantes e foi surpreendida por seu ex-marido. 

5- COCO CHANEL E  IGOR STRAVINSKY  

Considerados dois dos maiores e mais temperamentais artistas do século passado, a estilista francesa Coco Chanel viveu um romance proibido com o músico Igor Stravinsky.

Conheceram-se no Théâtre des Champs-Élysées, onde Coco esteve com seu companheiro Arthur Boy Capel, e Igor apresentou sua música pela primeira vez, deixando-a encantada e desagradando completamente o público – que vaiou e impediu que ele terminasse a apresentação, pois consideraram revolucionária e moderna demais para seu tempo, resultando numa pancadaria geral.  

Sete anos depois, Coco e Igor se reencontraram. Ela como uma estilista famosa, rica e respeitada, vivendo a dor da morte de Boy, enquanto ele em exílio na França após a Revolução Russa. Apaixonaram-se imediatamente e Coco o convidou para se hospedar em sua casa. Ele topou e mudou-se com a mulher e filhos.

E assim, todos sob o mesmo teto, aconteceu um intenso romance então entre os dois artistas na fase mais criativa de suas carreiras.

Atualizado em 9 Jun 2015.

Por Nathália Tourais
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças