Guia da Semana

Para gostar de ler

Esqueça as traças e as páginas empoeiradas, o Guia da Semana traz sebos modernos e bem organizados, ideais para uma caçada de raridades literárias

Foto: Getty Images


Pouca luz, ambiente abafado, mofo e poeira. Esse é o cenário tradicional de um sebo, certo? Errado. Atualmente, há diversos locais que reúnem bom atendimento, organização e um rico acervo que promete conquistar até o mais preguiçoso leitor.

Livros usados, obras raras, discos, CDs e fitas VHS lotam as estantes desses locais, que por muitas vezes, se equiparam às melhores livrarias. Mas para os leitores mais exigentes, os sebos são até hoje a melhor opção, por trazerem materiais que já estão fora de catálogo e que pareciam ter sido extintos da face da terra.

Para os paulistanos

Foto: Getty Images


Os ratos de sebo fazem a festa em São Paulo, que reúne uma infinidade de estabelecimentos. Para não perder tempo e dinheiro atrás do local certo, vale a pena conferir algumas opções tradicionais e divertidas, que podem ser um excelente programa para o dia.

Quem olha de longe pensa que a Praia dos Livros se trata de uma livraria recém-inaugurada, no bairro do Paraíso. Em uma loja grande, limpa e bem organizada, o charme do local é um estiloso café, no qual os clientes podem se deliciar nos expressos e quitutes, enquanto garimpam as obras do local.

Sinônimo de tradição, há 38 anos o Sebo do Messias vende livros, DVDs, CDs, LPs, gibis, revistas e fitas VHS. Localizado na Praça João Mendes, atrás da Catedral da Sé, no Centro, a casa se destaca pelo atendimento especializado, se tornando referência entre intelectuais e literatos da cidade.

Com o foco em música, cinema, artes, teatro, revistas e gibis, a Ventania Livros permanece de portas abertas após mais de 20 anos de operações. A casa já participou de diversas feiras e tem um dos maiores estoques de discos da América Latina, com mais de 100 mil LPs, 10 mil CDs e 20 mil livros e revistas em estoque.

Nada de livros amontoados e ambiente escuro. No sebo Letras e Formas, o clima é agradável e bem decorado. Além disso, o local tem estacionamento próprio e oferece curso de encadernação, gravura e caligrafia.

Em terras cariocas

Foto: Getty Images


Para quem está no Rio e procura um programa longe das praias, os sebos locais podem render ótimas descobertas. Localizado no Flamengo, o Chalé Livros disponibiliza mais de 10 mil títulos em bom estado, com atendimento bastante simpático.

Já o Achado Livros cativa os moradores de Ipanema. Este pequeno local possui um acervo marcado por livros de artes, filosofia, psicologia, literatura brasileira e estrangeira, história, antropologia e sociologia. Outra opção é o Sebo nas Canelas, especializado em ciências humanas, literatura, artes e livros jurídicos.

Para quem procura novidades, no Sebo da Serra sempre podem ser encontradas raridades. A loja traz livros, manuscritos, mapas, antiguidades, documentos, fotografias e gravuras antigas. Entre as obras é possível encontrar manuscritos do século XVII e até peças famosas, como um rascunho de Érico Veríssimo para o jornal Zero Hora, com anotações, desenhos e trechos do romance O Incidente em Antares.

Na hora de garimpar
? Se já souber o livro que quer, anote em um papel e visite a região. Geralmente há diversos sebos próximos e os preços podem variar bastante.

? Antes de comprar, sempre verifique a folha de rosto para ver dados sobre a publicação (ano, editora, numero da edição) e ver se não há dedicatórias.

? Ao comprar, não tenha vergonha e negocie o preço com o vendedor. Alguns trocados economizados podem resultar em mais um livro.



Sebo 2.0

Além da presteza e conhecimento dos atendentes, grande parte dos sebos tem um banco de dados computadorizado, que informa os livros à venda - um ótimo recurso para quem tem rinite alérgica ou não possui disposição para enfrentar as prateleiras repletas de obras de páginas amareladas.

Outra vantagem é que, atualmente, grande parte das vendas podem ser realizadas via web, pelo próprio site, ou através de livreiros virtuais. Assim, você pode receber no conforto do lar aquele livro raro, que teria que caçar pelos sebos da cidade.

Mas para os adeptos de uma tradicional caça ao tesouro (neste caso, seu livro favorito), dê uma olhada na lista abaixo, separe o marcador de páginas e trace seu roteiro. E boa leitura!

Serviço:

São Paulo

Local: A Ventania Livros
Endereço: Rua 24 de Maio, 188 - CJ 113/117 - Centro
Tel.: (11) 3337-2807
Site: www.ventania.com.br

Local: Letras e Formas
Endereço: Rua Cap. Antônio Rosa, 454
Tel.:(11) 30612749
Site: www.livreirosvirtuais.com.br

Local: Praia dos Livros
Endereço: Av. Bernardino de Campos 331 - Paraíso
Tel.: (11) 3266 6917
Site: www.praiadoslivros.com.br

Local: Sebo do Messias
Endereço: Praça João Mendes, 166 - Centro
Tel.: 3105-6931
Site: www.sebodomessias.com.br

Rio de Janeiro

Local: Achado Livros
Endereço: Rua Visconde de Pirajá, 207 - Loja 104 - Ipanema
Tel.: (21) 2227-5462

Local: Chalé Livos e Revistas
Endereço: Rua do Catete, 326. loja 22a /22b
Tel.: (21) 2225-7350
Site: www.chaleslivroserevistas.com.br

Local: Sebo da Serra
Endereço: R. Manoel Thomé da Rocha, 110 - Centro -Vassouras
Tel.: (24) 2471-7299
Site: www.sebodaserra.com.br

Local: Sebo nas Canelas
Endereço: Rua Luís de Camões, 44 - Sala 202 - Centro
Tel.: (21) 2224-2933

Atualizado em 10 Abr 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças