Guia da Semana

U2

Saiba mais sobre a história dos irlandeses que conquistaram o mundo



A história do U2 começou em 1976, quando o baterista Larry Mullen, com 14 anos na época, colocou um anúncio no mural do colégio em que estudava, em Dublin, na Irlanda. Ele procurava pessoas interessadas em formar uma banda para fazer covers dos Beatles e Rolling Stones. Alguns garotos apareceram para tocar com ele, o vocalista Paul Hewson (que ficou conhecido como Bono Vox), Adam Clayton no baixo, Dave Evans (ou The Edge) na guitarra. O grupo recém-formado ganhou o nome de Feedback, depois se tornou The Hype e então U2. Contam que o nome surgiu quando um dos integrantes lia uma reportagem sobre um avião usado na Segunda Guerra Mundial e que tinha esse nome. Todos gostaram porque ele pode significar muitas coisas. Tanto o nome do avião como também you too (vocês também) ou you two (vocês dois).

 

Em 1979, o U2 lançou seu primeiro EP, U2 Three, que trazia três músicas e só foi vendido na Irlanda. Em 1980, o quarteto assinou um contrato com a Island, que distribuiu o disco em todo o mundo. Nesse mesmo ano, foi lançado o LP Boy. O primeiro álbum tinha I Will Follow e Another Time, Another Place, e fez a banda ficar conhecida no Reino Unido. Mas, o sucesso mesmo só veio em 1983, com o disco War. A música Sunday Bloody Sunday virou sucesso nos cinco continentes e tornou-se símbolo da luta do grupo para tentar transformar o planeta com suas canções. A letra foi inspirada nos eventos do chamado "Domingo Sangrento" (Bloody Sunday), de 1972, em que, durante um protesto, 14 irlandeses foram mortos por soldados britânicos em Belfast. O disco ficou em primeiro lugar nas paradas inglesas e em 12º nos Estados Unidos. Foi depois disso que o U2 passou a fazer shows em estádios para milhares de pessoas.

 

O conjunto já era um sucesso, mas só virou um fenômeno mundial em 1987, com o lançamento de The Joshua Tree, que veio recheado de hits como With or Without You, I Still Haven´t Found What I´m Looking For e Running To Stand Still, ficou no primeiro lugar das paradas americanas e levou os irlandeses para a capa das principais revistas musicais do planeta. O trabalho seguinte, Rattle and Hum, foi um tributo aos ícones do jazz e rhythm and blues norte-americanos, como na canção Angel of Harlem (em homenagem à Billie Holiday) e When Love Comes to Town, em parceria com B.B. King, além da faixa Desire. Na década seguinte, a banda seguiu um caminho mais experimental e ao mesmo tempo pop com o álbum Achtung Baby, com destaque para as músicas One e The Fly. Na mesma época, eles divulgaram o trabalho durante a turnê Zoo TV - que foi um sucesso mundial.

 

Em 1993, o U2 voltou ao estúdio para gravar o CD Zooropa. Dois anos depois, foi a vez de Original Soundtracks 1, que trouxe a faixa de protesto Miss Sarajevo. No mesmo ano, os irlandeses integraram a trilha sonora do filme Batman Eternamente, com a canção Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me. Entre 1997 e 1998, o grupo lançou o álbum Pop e saíram em excursão com a PopMart Tour - apesar de não ser o melhor disco da banda, ainda sim teve uma boa repercussão, graças ao sucesso do videoclipe de Lemon, desempenhado pelo The Edge. Mas o fiasco da faixa Discothèque, que causou constrangimento ao integrante Larry Mullen, devido à coreografia a la Village People.

 

Após um hiato de três anos, no ano 2000, o quarteto gravou o álbum All That You Can´t Leave Behind, seguido de How to Dismantle an Atomic Bomb, de 2004. Atualmente, além de fazer show por toda parte, o grupo é envolvido em causas sociais. Em 2005, o vocalista Bono foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz por suas atitudes humanitárias. Em 2009 lançaram o álbum No Line on the Horizon. No final de 2010, os irlandeses anunciaram nova turnê, quer incluiu mais uma vez o Brasil. Eles se apresentarão por aqui em abril de 2011, no estádio do Morumbi, em São Paulo com a U2 360º Tour. Eles estiveram em terras tupiniquins em 1998, 2001 (para um show fechado na Rede Globo) e em 2006 - nesse último, Bono Vox e sua trupe foram até Brasília conhecer o então presidente da República Lula, além de doar uma guitarra autografada para o projeto Fome Zero.

Foto: Divulgação / My Space Oficial.
Site oficial: http://www.u2.com/

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças