Guia da Semana

Victor Sarro estreia stand up comedy no Comedians

Comediante faz piada sobre sua família, profissão, carreira e histórias do cotidiano

"Pô tô nervoso né, primeira vez que tô fazendo solo aqui". Quem viu Victor Sarro no palco do Comedians Comedy Club na noite de 18 de julho não conseguiria imaginar o nervosismo do comediante antes de entrar em cena.

 + Conheça os musicais que vão agitar a cidade em 2013 
 + Estreias no teatro em São Paulo

No palco, o ator fez piada sobre sua família, profissão, carreira, histórias do cotidiano e contou com a presença especial de Murilo Couto. O Guia da Semana entrevistou Victor, que falou um pouco mais sobre sua carreira e projetos. 

Começo de Carreira

"O Rafinha Bastos tinha um concurso que chamava 'Se Maomé não vai à montanha, a montanha traz Maomé', em que ele pedia para as pessoas postarem vídeos de até cinco minutos de stand up. Eu me inscrevi e fiz um vídeo sem camisa e todo relaxado, mas fui pra final.Não sei nem quem ganhou, mas eu perdi."

Família

"Eu falo bastante sobre a minha família no show. Ela está em praticamente metade das piadas e tudo realmente aconteceu. O que eu falo do meu pai, da minha mulher e da gravidez dela é tudo verdade."

Polêmica com Fátima Bernardes

"É claro que a gente dá uma aumentada, mas realmente eu contava muitas piadas que a Fátima não ria mesmo. E piadas completamente fora de hora também né, porque era um programa ao vivo, às 10h50 da manhã. A polêmica toda surgiu por causa de uma vírgula errada e aí você vê o poder do comunicador. Uma vez eu disse 'a Fátima não ria de nada do que eu falava' e o jornalista escreveu 'a Fátima não ria de nada', uma frase completamente diferente da que eu falei. Quem leu isso pensou que eu estava a ofendendo, e não foi nada disso. A Fátima é um amor de pessoa, a melhor com quem eu trabalhei em termos de convivência."

Esquenta

"É o meu hobby remunerado. Eu faria de graça, mas eles me pagam. Toda semana eu, que sou pagodeiro e gosto de música, posso almoçar e cantar com Arlindo Cruz, Péricles, Xandi do Revelação, Mumuzinho, entre outros. Pô, eu que gosto, não tenho do que reclamar".

Futuro

"Além do espetáculo, que hoje tem a participação do Murilo Couto, eu tô lá na TV Globo e quero continuar lá no Esquenta até quando enjoarem de mim. Mas tenho muitos projetos. Meu sonho é ter um programa igual ao Caldeirão do Huck, sabe? Mas eu tenho que comer muito arroz e feijão ainda, né? Sou fã do Luciano e se Deus me deixasse trocar de lugar com alguém eu trocaria com ele, afinal ele tem o Caldeirão, é rico e é casado com a Angélica."

Atualizado em 22 Jul 2013.

Por Júlia Frank de Moura
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP