Guia da Semana

Mitos e Verdades sobre o leite

Você sabe se alergia à proteína do leite é diferente de intolerância à lactose? Descubra essa e outras questões sobre o leite

Muitas dúvidas e suposições rondam o mundo dos lácteos. Questões como "grávidas devem evitar leite?" e "consumir leite antes de dormir faz bem para a saúde?" são algumas das perguntas mais frequentes.

O Guia da Semana, com a ajuda da Viva Lácteos, associação da indústria de lácteos que tem como missão promover o crescimento e a produtividade do setor, separou 10 mitos e verdades sobre o leite. Confira:

Alergia à proteína do leite é diferente de intolerância à lactose?
VERDADE. A alergia é uma reação do sistema imunológico a determinados alimentos. O leite pode ser um deles e, nestes casos, seu consumo deve ser restringido. A intolerância alimentar à lactose se refere à dificuldade de digerir o açúcar existente no leite e é provocada por uma deficiência do organismo na produção da enzima lactase. Nesse caso, o consumo de leite e derivados é possível de acordo com o nível de intolerância que, em alguns casos, é momentânea. Para intolerantes à lactose, derivados de leite como iogurtes e a maioria dos queijos podem ser consumidos, uma vez que na transformação do leite em iogurtes ou queijos o teor de lactose diminui ou é totalmente eliminado. Profissionais da saúde podem analisar o nível de intolerância e recomendar a dose diária possível para cada pessoa.

Leite desnatado é leite integral com água?
MITO. O que caracteriza o leite desnatado é o teor de gordura reduzido, que pode chegar, no máximo, a 0,5%. Leite desnatado ou semidesnatado possuem a mesma quantidade dos outros nutrientes que leite integral, com carga calórica reduzida. Em 200ml de leite desnatado encontram-se, em média, 65 Kcal, enquanto que a mesma quantidade de leite integral gera, em média, 120 Kcal.

O adulto não deve tomar leite?
MITO. Os nutrientes do leite, proteínas, cálcio, vitaminas e outros minerais, são essenciais em todas as fases da vida. O consumo de cálcio é vital para manter seu nível estável no sangue. Caso contrário, o organismo consome o cálcio dos ossos, gerando osteoporose, por exemplo. Além disso, existem leites e derivados com lactose reduzida ou mesmo com 0% de lactose, o que permite o consumo de lácteos por pessoas intolerantes.

Leite e derivados são essenciais para a dieta humana?
VERDADE. O leite é considerado um alimento completo por conter proteínas, fósforo, potássio e zinco; por ser a maior fonte de cálcio e uma importante fonte de vitaminas A, D, B2 e B12. O leite também pode contribuir para a prevenção de doenças do coração, diabetes e ainda agir no controle do nível de colesterol no sangue. A recomendação da Organização Mundial de Saúde é de três porções por dia de lácteos.

Leite fortalece os dentes?
VERDADE. Por ser a principal fonte de cálcio, o leite contribui para formação dos dentes e auxilia na contenção de cáries e proteção das gengivas. 

Não pode tomar leite com manga?
MITO. Não há comprovação científica sobre isso. Historicamente, o mito surgiu na época da escravidão, quando os senhores de engenho usaram este argumento para que os escravos, grandes consumidores de manga, não consumissem leite. O leite pode ser consumido em diversas preparações, batido com frutas, como milk-shakes.

Leite pasteurizado ou em caixinha perde nutrientes?
MITO. Os diferentes tipos de tratamento térmico não reduzem o valor nutricional do leite no que se refere aos seus principais nutrientes: proteínas, cálcio e outros minerais. Quanto às vitaminas, não há perdas significativas, exceto da vitamina C (ultrapasteurização), da ordem de 10% a 20%, o que não tem importante significado nutricional, uma vez que o leite não é considerado fonte primária dessa vitamina.

Mulheres grávidas devem evitar leite?
MITO. O leite é excelente fonte de cálcio e proteínas de alto valor biológico, benéficos para o feto em formação.

É necessário ferver o leite antes de consumi-lo?
MITO. Tanto o leite pasteurizado como o leite longa vida (UHT) não precisam ser fervidos, pois já passaram por processos que eliminaram os microorganismos prejudiciais à saúde. Já o leite cru, dado seu alto risco à saúde, não deve consumido. Sua comercialização para consumo direto é proibida no Brasil.

Tomar leite antes de dormir faz bem para a saúde?
VERDADE. O consumo de leite quente antes de dormir auxilia no sono. O cálcio estimula o relaxamento e o aminoácido triptofano aumenta a quantidade de serotonina no cérebro, um neurotransmissor bastante importante no processo do desencadeamento do sono.

 

Atualizado em 18 Fev 2016.

Por A.
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Entenda as diferenças entre os tipos de queijo

Cottage, queijo minas e parmesão estão na lista!

13 ideias de marmita fit para levar no trabalho

Tem receita de gnocchi, risoto, crepioca e muito mais!

Inverno saudável: receitas incríveis para quem ama massa e está de dieta

5 exercícios com bola que vão deixar sua barriga chapada (e que você pode fazer em casa)

Primeiro studio só de corrida chega a São Paulo

A academia conta com esteiras Star Trac

Terceira idade: 7 exercícios físicos indicados para os idosos

Cardiologista do HCor aponta os benefícios da atividade física para os idosos