Guia da Semana

Haru no Umi

Camilo Carrara e Tamie Kitahara apresentam espetáculo com instrumentos tradicionais japoneses

Este evento terminou

Haru no Umi

Data Sáb 01 Jan 2000
20 e 21 de agosto.

Preço(s) Grátis.

Horário(s) quarta e quinta, 21h.

SBS Quadra 04 - Edifício Anexo à Matriz da CAIXA, Lotes 3/4, 70092-900

Telefone (61) 3206-9448

A Caixa Cultural recebe o espetáculo Haru no Umi, que celebra os 100 anos da imigração japonesa no Brasil. O espetáculo é uma rara oportunidade para conhecer os instrumentos musicais tradicionais japoneses. Haru no Umi, ou Mar de Primavera, marca o encontro de Camilo Carrara com Tamie Kitahara, japonesa radicada no Brasil e mestra em koto pela escola Ikuta Seiha, do Japão.

Camilo e Tamie criaram o duo que faz o elo entre o Japão tradicional e o Japão sob a ótica de um músico brasileiro. O projeto dá seqüência ao primeiro CD solo de Camilo Carrara, Canção do Sol Nascente, lançado em 2004, cuja temática foi totalmente dedicada à música japonesa.

O repertório da peça é formado por canções populares, canções infantis do início do século 20 e canções tradicionais e folclóricas milenares do país do sol nascente. Uma outra parte do repertório será dedicada a arranjos de músicas compostas originalmente para o koto e o shamisen, instrumentos tradicionais japoneses. As versões inéditas dos arranjos foram feitas por Camilo Carrara e Tamie Kitahara.

Foto: divulgação.

Compartilhe

Comentários

Explore ao redor

Notícias recomendadas

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP