Guia da Semana

Águas, bichos, matos: cores e texturas do Pantanal

Exposição revela detalhes desse paraíso natural

Este evento terminou

Águas, bichos, matos: cores e texturas do Pantanal

Data Sáb 01 Jan 2000
Até 23 de novembro de 2008.

Preço(s) Grátis.

Horário(s) Terça à sexta, 12h às 18h; Sábado, domingo e feriado, 14h às 18h.

Parque das Nações Indígenas
Rua Antônio Maria Coelho, 6000, 79021-170

Telefone (67) 3326-7449

O Museu de Arte Contemporânea (MARCO) de Campo Grande apresenta, até 23 de novembro, a exposição Águas, bichos, matos: cores e texturas do Pantanal, da artista plástica Carla de Cápua. Os trabalhos que compõem a mostra são suas últimas obras, que revelam a dedicação que a pintora exerce ao longo de 30 anos.

Além das telas, esculturas de caráter realista retratam detalhes da natureza, como as peles dos animais, a transparência das águas ou o repouso tranqüilo de um cabra-montês.

Foto: Getty Images

Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Cantina Mato Grosso - Fábrica de Chopp

Cantina Mato Grosso - Fábrica de Chopp

265m

Ibis

Ibis

578m

Novotel - Campo Grande

Novotel - Campo Grande

611m

Parque das Nações Indígenas

Parque das Nações Indígenas

785m

Vermelho Grill

Vermelho Grill

1447m

Bezerro de Ouro

Bezerro de Ouro

1696m

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA