A Partida

Homem é obrigado a reconstruir sua vida trabalhando numa funerária

  • Direção: Yojiro Takita
  • Nome Original: Okuribito
  • Ano: 2008
  • Duração: 130 min
  • País: JAP
  • Gênero: Drama
Apesar de amar a música e seu trabalho como violoncelista, Daigo Kobayashi não tem nenhuma carreira brilhante. Assim, quando a orquestra em que ele toca se dissolve, fica sem emprego e sem qualquer esperança de pagar o instrumento novo que acabara de comprar. Sem perspectivas, e com o apoio da esposa, o jovem decide voltar para sua cidade natal, e lá encontrar um outro emprego que possa sustentar sua família.

Ficando na casa de sua mãe, que havia acabado de morrer, Daigo ainda não consegue assumir que teve que desistir de seus sonhos. Na primeira tentativa, ele consegue um emprego no que parece uma agência de viagens, preparando A Partida dos clientes. Logo, porém, ele descobre se tratar de uma empresa que presta serviço às funerárias. Seu novo trabalho, agora, será preparar cadáveres para serem colocados nos caixões. Por mais que este serviço o incomode, aos poucos a atividade permite a Daigo que ele confronte seus sentimentos mais reprimidos.

A Partida foi o vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro de 2009, pelo Japão, superando favoritos como Entre os Muros da Escola e Valsa Com Bashir. Falando de um tema bastante polêmico, o longa conseguiu mais de R$ 60 milhões de bilheteria no Japão.

Este filme não está em exibição nos cinemas

Veja aqui os filmes que estão em exibição

Comentários

Destaques do guia