Guia da Semana

5 animações do Estúdio Ghibli que você precisa conhecer

Saiba por que o estudio é um dos mais importantes do mundo quando se fala em animação

Muito se tem falado sobre o Studio Ghibli nos últimos meses. A insegurança no mais importante estúdio japonês de animação começou em setembro de 2013, quando Hayao Miyazaki, um de seus fundadores e principal diretor, anunciou (mais uma vez) sua aposentadoria.

Há quem diga que a decisão não se manterá por muito tempo, e há quem diga que, desta vez, é pra valer. Seja qual for o caminho de Miyazaki, porém, paira sobre a casa um futuro incerto – reforçado, recentemente, por entrevistas de outros membros do estúdio afirmando que a produção deverá ser interrompida, pelo menos por algum tempo, para adaptar a empresa às demandas modernas.

Vale lembrar que o estúdio é um dos únicos no mundo que ainda utiliza técnicas tradicionais de animação, com cada quadro desenhado à mão, de forma que o resultado lembra uma pintura em movimento.

Se você ainda não conhece o trabalho do Studio Ghibli, confira cinco longas que vão fazer você se apaixonar:

 

1. Túmulo dos Vagalumes
(Hotaru no Haka, Isao Takahata, 1988, 89’)

Para quem pensa que animação é só para crianças, “Túmulo dos Vagalumes” é um filme mais do que obrigatório. Dirigido por Isao Takahata (co-fundador do estúdio), ele acompanha a trajetória decadente de dois irmãos japoneses durante a Segunda Guerra Mundial. Depois que sua mãe morre num bombardeio e seu pai é convocado para lutar, os garotos vão morar com parentes, mas acabam abandonados quando a comida e a água começam a faltar. Sozinhos, eles tentam sobreviver enquanto admiram a beleza dos vagalumes.

 

2. Meu Amigo Totoro
(Tonari no Totoro, Hayao Miyazaki, 1988, 86’)

Diferente de “Túmulo dos Vagalumes”, “Meu Amigo Totoro” é um filme de Hayao Miyazaki e, como tal, traz uma visão mais fantástica e ecológica do mundo. Além disso, é voltado para crianças. Suas protagonistas são duas irmãs, Mei e Satsuki, que acabam de se mudar para uma casa no campo com o pai. A mãe está doente e vive num hospital nas montanhas. A princípio assustada com as criaturas que encontra no local, a pequena Mei acaba fazendo amizade com um animal enorme chamado Totoro – que, na verdade, é um espírito da floresta. Quando ela mais precisa, Totoro a ajuda e acaba sendo seu protetor e de sua irmã nesse momento de mudanças.

 

3. Princesa Mononoke
(Mononoke Hime, Hayao Miyazaki, 1997, 134’)

Miyazaki sempre aborda o conflito do homem com a natureza em seus filmes, em especial em “Princesa Mononoke” e em “Nausicaa do Vale do Vento” (considerado um “Ghibli”, mas lançado um pouco antes da fundação do estúdio). Em “Mononoke”, o protagonista não é a princesa, mas um príncipe ferido durante o ataque de uma criatura da floresta. Ele parte para descobrir por que a natureza está tão desregulada e acaba encontrando Mononoke (que, na verdade, se chama San): uma garota criada com lobos, que trava uma guerra contra os humanos por explorarem recursos naturais e confeccionarem armas de fogo.

4. A Viagem de Chihiro
(Sen to Chihiro no Kamikakushi, Hayao Miyazaki, 2001,125’)

Vencedor do Oscar de melhor animação e dono da maior bilheteria da história no Japão, “A Viagem de Chihiro” é, provavelmente, o filme mais conhecido nesta lista. Infantil como “Totoro”, mas mais complexo, o longa conta a história de uma garotinha que vê seus pais serem transformados em porcos durante uma viagem. Para salvá-los e sobreviver a esse novo mundo cheio de espíritos e criaturas mágicas, Chihiro se aproxima da bruxa Yubaba, trabalhando para ela enquanto tenta encontrar um jeito de voltar para casa.

5. Laputa: O Castelo no Céu
(Tenkû no shiro Rapyuta, Hayao Miyazaki, 1986, 124’)

Considerado oficialmente o primeiro filme do Studio Ghibli, “Laputa” deve seu nome à ilha voadora do livro “As Viagens de Gulliver”. Aqui, também existe uma ilha suspensa no céu e, mesmo que ninguém acredite nela, o jovem Pazu acredita e quer encontrá-la. Nessa aventura, ele terá a ajuda de Sheeta, uma menina que caiu do céu enquanto fugia de piratas aéreos e cuja identidade é um mistério.

 

Atualizado em 21 Mai 2015.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

“Logan” e “A Bela e A Fera” são os filmes mais vistos nos cinemas em 2017; confira os números

Veja o balanço completo das bilheterias mundiais em 2017

15 Filmes que dão uma aula sobre preconceito racial

Títulos como “Moonlight” e “Estrelas Além do Tempo” têm colocado o tema no centro das atenções

Marvel Studios divulga pôsteres incríveis de "Guardiões Galáxia Vol 2"

Filme estreia nos EUA em 27 de abril

10 Filmes que você vai querer ver nos cinemas em abril

"Joaquim" e "Guardiões da Galáxia Vol. 2" estão entre os destaques do mês

Pennywise está assustador em nova foto de "It: Uma Obra-Prima do Medo"

Adaptação do livro de Stephen King estreia em setembro

Aquaman rouba a cena em novo teaser de "Liga da Justiça"; assista

Filme estreia no dia 16 de novembro