Guia da Semana

5 Motivos para ver “Mogli – O Menino Lobo”

Filme estreia no dia 14 de abril nos cinemas

Estreia neste fim de semana uma nova adaptação de “Mogli – O Menino Lobo”, de Rudyard Kipling. Dirigido por Jon Favreau e produzido com uma mistura de atores e criaturas digitais, o filme é mais uma das apostas da Walt Disney para renovar sua linha de clássicos e é uma das mais bem sucedidas até agora. Saiba por que você precisa comprar seu ingresso e levar toda a família:

 

1. Os efeitos visuais são impressionantes

Nem é preciso dizer: os efeitos visuais de “Mogli” são de cair o queixo. Desde o design dos animais (todos feitos em CGI) até a construção da floresta (quase inteira digital, exceto os troncos e folhas mais próximos do ator Neel Sethi), tudo no filme tem um nível de detalhamento quase obsessivo.

 

2. Você vai voltar à infância

Se você era fã de “Mogli” desde os anos 60, vai adorar o remake de Jon Favreau. O filme é respeitoso com o material original, mas consegue romper algumas barreiras e aprofundar os personagens, mantendo alguns pontos-chave que todo fã vai querer ver nas telas. Necessário, somente o necessário.

 

3. Você pode assistir com seus filhos (ou com seus pais)

O filme tem muitos elementos atrativos para as crianças, mas também tem um roteiro bastante inteligente que vai agradar aos adultos, com piadas maduras e uma tensão um pouco mais presente.

 

4. Há uma mensagem importante sobre identidade e pertencimento

No filme, Mogli precisa decidir se seu lugar é na floresta ou na aldeia dos homens, já que é um humano criado entre os animais. O interessante é que a resposta não está simplesmente em sua identidade biológica, mas sim naquilo que ele acredita e nas atitudes que o fazem diferente. Preste atenção.

 

5. A produção respeita a diversidade de gêneros e etnias

Não basta falar de identidade na frente das câmeras e contratar uma equipe branca e masculina para contar a história. Em “Mogli – O Menino Lobo”, o elenco de vozes principais inclui Scarlett Johansson (americana de pai dinamarquês), Lupita Nyong’O (mexicana de pais quenianos), Bill Murray e Christopher Walken (ambos americanos), Ben Kingsley (inglês de pai indiano), Idris Elba (inglês de pai serra-leonês e mãe ganense) e Giancarlo Esposito (dinamarquês filho de pai italiano e mãe afro-americana). Já o ator-mirim Neel Sethi, que interpreta Mogli, tem origem indiana como o personagem.

Atualizado em 20 Abr 2016.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

“Gostosas, Lindas e Sexies” – Sex and the City à brasileira chega aos cinemas com elenco plus-size

Filme estreia nesta quinta, 20 de abril

Será? Will Smith pode ser o Gênio no live-action de "Aladdin"

Segundo o Deadline, ator está em negociações com a Disney

“Paixão Obsessiva”: suspense trash com Katherine Heigl estreia nesta quinta

Heigl interpreta uma ex-mulher determinada a eliminar a atual

“Paterson” - Adam Driver é um poeta do cotidiano em novo filme de Jim Jarmusch

Filme conta a história de um motorista de ônibus que escreve poemas nas horas vagas

Cinemark exibe “...E O Vento Levou” na próxima terça-feira

“2001: Uma Odisseia no Espaço” e “O Mágico de Oz” serão os próximos clássicos na programação

Serviço permite ir ao cinema todos os dias por mensalidade fixa

Assinaturas do Primepass variam de R$ 39,90 a R$ 139,90