Guia da Semana

Amor por Acaso

No filme, Ana, vivida por Juliana Paes, se apaixona por Jake Sullivan, interpretado por Dean Cain

A comédia romântica Amor por Acaso traz para a telona nomes de peso, como Juliana Paes, Rodrigo Lombardi, Marcos Pasquim e Dean Cain - ator que interpretou um super-herói na série Louis and Clark: As Aventuras do Super-Homem, produzida entre 1993 e 1997.

Na história, Juliana Paes é a vendedora de loja Ana Vilanova, namorada de um playboy praiano. A vida da jovem sofre uma reviravolta com a notícia da morte do pai, que deixa uma dívida de R$ 500 mil e uma vinícola em Webster, Califórnia.

Acreditando ser o terreno a única saída para quitar sua dívida, Ana segue para os Estados Unidos, mas se surpreende ao encontrar uma pousada na área que deveria ser sua. O responsável pelo estabelecimento é Jake Sullivan, vivido por Dean Cain, que também se apresenta como proprietário do local.

Mas, o que deveria se tornar uma acirrada disputa por terras acaba virando uma grande paixão, ambientada em paisagens paradisíacas do Rio de Janeiro e de Los Angeles.

O filme, com produção brasileira e norte-americana, marca duas estreias importantes: a do ator Márcio Garcia na direção de um longa-metragem e a de Juliana Paes no cinema internacional.


Foto: Divulgação

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Confira os melhores momentos da passagem de Hugh Jackman pelo Brasil

“Silêncio”: 3 motivos para ver o novo filme de Scorsese (e 3 para pensar duas vezes)

Longa traz Andrew Garfield e Adam Driver como padres jesuítas

Playarte Splendor inaugura novo cardápio para ser degustado no cinema

Praticidade é o foco dos novos petiscos da Sala Vip

Cinema nacional tem crescimento expressivo em 2016

Filmes brasileiros atraíram 30,4 milhões de espectadores no último ano

"La La Land" ganha vídeo em versão 8-Bit e você precisa assistir!

Com 14 indicações, musical é a grande apostar do Oscar 2017

Filmes com mulheres protagonistas em Hollywood bate recorde em 2016

Estudo mostra que 29% dos filmes com maiores bilheterias foram estrelados por mulheres