Guia da Semana

Cinema engajado

Para comemorar a aprovação da união homoafetiva, o Guia da Semana selecionou 10 filmes que mostram, de forma bem-humorada ou não, casais gays no cinema

 Fotos: Imdb/divulgação
 
O casal Enis e Jack fez grande sucesso no filme O Segredo de Brokeback Mountain.

O dia 5 de maio representou um marco para todos os casais homossexuais brasileiros. Nesta data, o Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou, por dez votos a zero, o reconhecimento da união civil homossexual. Isso significa que, a partir de agora, ficam assegurados entre casais de pessoas do mesmo sexo direitos como herança, comunhão parcial de bens, pensão alimentícia e previdenciária.

Para comemorar esse momento tão importante, o Guia da Semana selecionou uma lista de filmes que mostram que, há tempos, o amor não tem barreiras dentro do cinema:

Gaiola das Loucas (1978)

 
O francês Michel Serraul montado de Zaza Napoli é garantia de risos

O filme foi pioneiro por levar para a comédia italiana um tema tão delicado e tratá-lo com profundidade, graça e respeito, além de mostrar um casal homossexual já de meia idade. Na história, baseada na peça do francês Jean Poiret, o casamento do filho Laurent com a filha de um político ultra-conservador cai como uma bomba na vida do casal Renato Baldi (Ugo Tognazzi), gerente de uma boate gay na ilha francesa de Saint-Tropez, e Albin Mougeotte (Michel Serrault), a atração principal da balada, montado como Zazá Napoli.

Mas amor de pai fala mais alto, e o casal topa viver a farsa para concretizar a felicidade do filho. O filme ainda rendeu duas continuações (de 1980 e 1985), culminando na terceira fita, com o casamento de Baldi com Albin. Destaque para o ator Benny Luke, que vive o mordomo Jacob, parte ativa da trama e responsável pelas melhores risadas enquanto empunha seu espanador e trabalha na casa do casal vestido de espartilho, meia-calça e salto alto. A história ganhou um remake norte-americano em 1996, com Robin Willians e Nathan Lane nos papeís principais (Bd)





Título original: La Cage Aux Folles
Diretor: Edouard Molinaro
Elenco: Ugo Tognazzi, Michel Serrault, Michel Galabru
Tempo de duração: 96 min.
Ano de lançamento: 1978


A Lei do Desejo (1987)

 
O galã Antonio Banderas e a atriz Carmem Maura participam do longa-metragem.

Ainda em início de carreira, o cineasta espanhol Pedro Almodóvar dirigiu esse polêmico filme, que já mostrava sua predileção por histórias 'estranhas', sob um ponto de vista inesperado que ele é mestre em desenvolver. O longa-metragem aborda a homossexualidade de diferentes formas, ao começar pela excêntrica família onde a trama é focada, tratando do desejo e do amor obsessivo.

A história é centrada no diretor de cinema homossexual Pablo (Eusebio Poncela), um viciado em drogas que, depois de sofrer uma desilusão amorosa, envolve-se com Antonio (Banderas), que se apaixona perdidamente por ele, chegando a beirar a obsessão e loucura. O mais recente trabalho de Pablo é um filme contando a história de seu irmão, Tino, molestado pelo pai de ambos quando criança que, depois de adulto, realizou uma cirurgia de mudança de sexo e tornou-se Tina (Carmen Maura). (G. G.)




Título original: La Ley del Deseo
Direção: Pedro Almodóvar
Elenco: Carmen Maura, Antonio Banderas, Eusebio Poncela
Tempo de duração: 102 min
Ano de lançamento: 1987




Filadélfia (1993)

 
Aqui, novamente, Antonio Banderas interpreta um homossexual, companheiro do personagem principal, interpretado por Tom Hanks (à dir.)

Mesmo não fazendo parte de seu enredo a união entre homossexuais, o filme foi um divisor de águas para a discussão do preconceito em torno de ser um homossexual e, ao mesmo tempo, portador do vírus HIV. A trama gira em torno do trabalho do advogado recém-formado Andrew Beckett (Tom Hanks), contratado por uma grande firma de advocacia.

Após ser revelada sua opção sexual e de ele apresentar os primeiros sintomas da AIDS, Andrew é demitido da empresa e começa sua luta para obter o respeito da sociedade. Para isso, ele resolve processar a firma, alegando que foi demitido por estar doente e ser gay. O único que aceita o desafio de defendê-lo é o advogado de pequenas causas Joe Miller (Denzel Washington) - um homem que secretamente se revela homofóbico. (G. G.)





Título original: Philadelphia
Direção: Jonathan Demme
Elenco: Tom Hanks, Denzel Washington, Roberta Maxwell
Tempo de duração: 125 min
Ano de lançamento: 1993



O Banquete de Casamento (1993)

 

Muito antes de Ang Lee ganhar o Oscar por Brokeback Montain, o diretor chinês já tinha explorado as relações homoafetivas nessa divertida comédia noventista. Wai Tung Gao (Winston Chao) é um jovem emigrado da Ilha chinesa com uma carreira bem-sucedida no disputado mercado imobiliário de Nova Iorque. Além do status e da grana, ele ainda é namorado do belo Simon (Mitchell Lichtenstein), e, por compaixão, mantém uma relação de amizade e exploração com a também emigrada Wei-Wei, interpretada pela atriz May Chin.

No entanto, tudo muda quando os pais de Gao resolvem que já é hora de o filho casar com a fictícia namorada da qual falava nas cartas. Casamento marcado, dinheiro enviado, o jovem Gao tem de se desdobrar para convencer seu parceiro e a amiga a participarem de uma grande mentira para enrolar os pais dele, que a cada momento vão achando mais estranha a confusa relação do trio até o desfecho, numa lição de amor, tolerância e encontro de gerações. (Bd)





Título original: Xi Yan / The Wedding Banquet
Direção: Ang Lee
Elenco: Mitchell Lichtenstein, Winston Chao, Jeanne Kuo Chang
Tempo de duração: 106 min.
Ano de lançamento: 1993




Almas Gêmeas (1994)

O filme ganhou o Leão de Prata em Veneza e foi a estreia da atriz Kate Winslet nas telonas - depois, ela ficaria mundialmente conhecida por Titanic. Baseado num caso verídico que chocou a Nova Zelândia na década de 50, Almas Gêmeas fala das consequências desastrosas resultantes da amizade doentia entre duas garotas. Pauline (Melanie Lynskey) é uma adolescente retraída e sem amigos, que vive num pensionato do qual a mãe é proprietária. Juliet (Kate Winslet) é uma garota impetuosa e inteligente que se muda com a família para a Nova Zelândia.

Os dias se passam e nasce entre elas uma amizade sem precedentes. Tudo transcorre normalmente, até que os pais começam a desconfiar da cumplicidade das filhas, exageradamente apegadas e emotivas. Após perceber essa desconfiança, elas traçarão um inconsequente plano que não poupará sequer a vida dos pais. (V. O.)





Título original: Heavenly Creatures
Direção: Peter Jackson
Elenco: Melanie Lynskey, Kate Winslet, Sarah Peirse.
Tempo de duração: 98 min.
Ano de lançamento: 1994




O Segredo de Brokeback Mountain (2005)



Doze anos após dirigir O Banquete de Casamento, o diretor Ang Lee voltou a trabalhar com o tema da homossexualidade masculina nesse projeto. Na história, somos apresentados a Jack Twist (Jake Gyllenhaal) e Ennie Del Mar (Heath Ledger), dois jovens que se conhecem no verão de 1963, após serem contratados para cuidar de um rebanho de ovelhas em Brokeback Mountain.

Vivendo isolados durante semanas, eles se tornam cada vez mais amigos e iniciam um relacionamento amoroso. Ao término do verão, cada um segue com sua vida, mas o período vivido naqueles dias os marcará para sempre. Sucesso de público e crítica, o longa-metragem custou cerca de 14 milhões de dólares para ser produzido e arrecadou mais de 180 milhões de dólares em todo o mundo, além de render o Oscar de direção a Ang Lee. Ao sair de cartaz, Brokeback Mountain ainda ganhou o oitavo lugar na lista dos filmes românticos de drama de maior bilheteria de todos os tempos. (V.O.)




Título original: Brokeback Mountain
Direção: Ang Lee
Elenco: Heath Ledger, Jake Gyllenhaal, Michelle Williams, Anne Hathaway
Tempo de duração: 134 min.
Ano de lançamento: 2005




Rainhas (2005)

Dois anos antes da aprovação do casamento gay na Espanha, o diretor Manuel Gomés Pereira já tinha o roteiro pronto na mão e, assim que o debate por lá esquentou, a Warner Internacional bancou a produção, que retrata o primeiro casamento gay e coletivo na Espanha.

O filme foi lançado no ano da ratificação da lei e foca em três casais de jovens homens e suas mães, que apresentam as mais diversas reações ao evento, indo de lavagem de roupa suja pública a cenas explícitas de devoção materna. O elenco masculino é formado por então jovens do cinema espanhol, mas quem garante a diversão são as rainhas em questão, um time com as melhores atrizes do país, liderado por Marisa Paredes, Carmen Moura Veronica Forqué, Mercedes Sampietro e Bettina Blum. (Bd)




Título original: Reinas
Direção: Manoel Gomes Pereira
Elenco: Marisa Paredes, Carmen Maura, Veronica Forque
Tempo de duração: 107 minutos
Ano de lançamento: 2005




Do Começo ao Fim (2009)

 

Considerado por seu diretor, Aluizio Abranches, como um filme que conta uma história de amor, independente das condições, Do Começo ao Fim é daquelas produções que não tem como ficarmos alheios à trama. Dois temas são explorados no enredo: o homossexualismo e o incesto. Rodado entre São Paulo e Buenos Aires, o longa-metragem aborda a história dos irmãos Francisco e Tomaz desde a infância até a fase adulta.

Filhos da mesma mãe, Julieta (Júlia Lemmertz), porém de pais diferentes, os irmãos passarão por diferentes sentimentos até se darem conta do intenso e verdadeiro amor que sentem um pelo outro. A ideia do filme é vencer os tabus impostos pela sociedade, sem levantar qualquer bandeira ao movimento gay. (G.G.)




Título original: o mesmo
Direção: Aluizio Abranches
Elenco: Júlia Lemmertz, Fábio Assunção, Rafael Cardoso, João Gabriel Vasconcellos
Tempo de duração: 94 min.
Ano de lançamento: 2009




Direito de Amar (2009)

Este foi o primeiro filme do estilista Tom Ford, um dos nomes mais importantes das últimas décadas no universo da moda. Baseia-se em um romance semiautobiográfico do escritor britânico Christopher Isherwood, que causou polêmica ao ser lançado, em 1964. A história percorre um dia na vida de um professor universitário, homossexual, que passa todo o tempo digerindo a morte do companheiro, com quem viveu por 16 anos.

O longa-metragem é dominado por Colin Firth, que ganhou merecidos prêmios pela atuação. Ele segura muito bem os questionamentos do personagem, como a aceitação dos relacionamentos homossexuais pelas famílias e pela sociedade americana dos anos 1960. Outra estrela do filme é a direção de arte, com a impecável perfeição estética de Ford, que acaba conduzindo a trama e as emoções do público. (V.O.)




Título original: A Single Man
Diretor: Tom Ford
Elenco: Colin Firth, Julianne Moore, Matthew Goode
Tempo de duração: 101 min.
Ano de lançamento: 2009




Minhas Mães e meu Pai (2010)



O filme marca por mostrar o quanto a família contemporânea mudou e que, apesar das dinâmicas familiares continuarem sendo as mesmas, os membros que agora a compõem podem ser diferentes. Casadas há quase 20 anos, Nic (Annette Bening) e Jules (Julianne Moore) conceberam os seus dois filhos, Laser (Josh Hutcherson) e Joni (Mia Wasikowska), por inseminação artificial.

Os adolescentes descobrem que foi Paul (Mark Ruffalo) o doador do esperma, vão atrás dele e, assim, começam a se identificar e criar laços com ele. Na medida que o pai começa a fazer parte da vida de todos, um novo e inesperado capítulo se inicia para esta família inusitada e nada convencional. (V.O.)




Título original: The Kids Are All Right
Direção: Lisa Cholodenko
Elenco: Annette Bening, Julianne Moore, Mark Ruffalo
Tempo de duração: 104 min.
Ano de lançamento: 2010


Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

"Velozes & Furiosos 8" ganha título, teaser e sinopse oficiais

Trailer completo vai ser divulgado no próximo domingo!

ITunes lança promoção com filmes de 2016 a preços especiais

“Carol” e “A Assassina” estão entre os títulos disponíveis por até US$ 2,99

Belas Artes faz Noitão apocalíptico para “exorcizar” 2016

Maratona terá no cardápio clássicos como “Mad Max” e “Purple Rain”

Taylor Swift e Zayn lançam trecho da trilha sonora de "50 Tons Mais Escuro"; vem escutar

"I Don’t Wanna Live Forever" está disponível no iTunes e Apple Music

Primeiro trailer de "Planeta dos Macacos: A Guerra" é divulgado; assista

Terceiro longa da franquia estreia em julho de 2017

15 presentes que todo fanático por Harry Potter gostaria de ganhar neste Natal

Um mais incrível do que o outro <3