Guia da Semana

Clássico de Spike Lee vai virar série da Netflix

Notícia da adaptação de "Ela Quer Tudo" foi dada pelo próprio diretor

Quem aqui é fã de Spike Lee? Pois saiba que "Ela Quer Tudo", filme de estreia do americano, vai ganhar uma série adaptada pela Netflix. A declaração veio do próprio diretor, que em comunicado à imprensa disse estar animado com o fato de que a Netflix tenha aceitado a proposta de recontar a história 30 anos depois de seu lançamento.

A série, ainda sem data de estreia, terá dez episódios com um tom mais contemporâneo do que o filme de 1986. Spike vai dirigir todos os capítulos, que terão 30 minutos, e também será produtor executivo junto com sua esposa, Tonya Lewis.

O filme original se passa no Brooklyn, em Nova York, e acompanha a personagem Nola Darling - ela tem três namorados e não consegue se decidir com qual ficar. Confira o trailer:

Netflix anuncia gravações de seu primeiro filme brasileiro

Com elenco multinacional, "O Matador" promete ser um faroeste de tirar o fôlego

Netflix confirma mais duas temporadas de

Sem data definida, a terceira temporada chega ao site em 2017

Confira quando assistir essas e outras produções

Atualizado em 15 Set 2016.

Por Redação Guia da Semana
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Robert Downey Jr. será "Doutor Dolittle" em novo filme do personagem

"The Voyage of Doctor Dolittle" ainda não tem data de estreia

Novo “Power Rangers” equilibra nostalgia e modernidade e foca no público adolescente

Filme aposta no desenvolvimento dos personagens e trabalha a diversidade

"A Bela e a Fera" é a maior estreia do ano - e a sétima da história dos EUA!

Filme estreou na última quinta-feira soma faturamento de US$ 350 mi ao redor do mundo

“T2 Trainspotting” – como o original, sequência também é um espelho do seu tempo

Longa se passa 20 anos depois do clássico e traz de volta o mesmo elenco

"Viva - a Vida é uma Festa", nova animação da Pixar, ganha primeiro trailer

Com dublagem de Gael García Bernal, filme estreia em janeiro de 2018

A Bela e A Fera, antes e depois: comparamos o filme de 2017 com o clássico de 1991

Produções são quase idênticas na trama, mas detalhes fazem a diferença