Guia da Semana

Crusoé às avessas

A Ilha da Imaginação aposta na família e na criatividade para dar certo

De Los Angeles


Depois da desaceleração dos filmes de fantasia que assolou Hollywood nos últimos anos, o gênero conseguiu um respiro e começa a retomar ritmo aos poucos e, felizmente, com critério. A Ilha da Imaginação é um dos filmes fruto desse novo momento. Sem pressa, bom-tom e bastante criativo, o longa-metragem estrelado por Abigail Breslin ( Pequena Miss Sunshine) e Gerard Butler ( 300) demonstra que ainda há pessoas com boas idéias na indústria cinematográfica.

Logo de cara, uma abertura com personagens simulando um livro ilustrado infantil define que, em A Ilha da Imaginação, tudo pode acontecer! De súbito, uma tragédia: a mãe de Nim (Abigail), apaixonada pelo mar, é engolida por uma grande baleia e nunca mais é vista. Resta à garota e a seu pai Jack (Butler) velejar pelo mundo em busca da tal baleia, mas, depois de circunavegar o globo algumas vezes, eles firmam residência numa ilha inabitada no meio do Pacífico Sul.

Além das descobertas e artigos de Jack, essa família sólida e unida ao extremo é embalada pelas histórias do herói Alex Rover, um aventureiro à la Indiana Jones que rodou o mundo, lutando contra bandidos e escapando da morte certa. Butler interpreta também o herói, que preenche os sonhos da pequena Nim e é também a representação de tudo que a escritora Alexandra Rover (Jodie Foster) tem medo, afinal, para ela, até mesmo abrir a porta de casa é algo impensável.

Essa mistura inusitada deveria resultar num filme óbvio sobre relações familiares, mas tem suas surpresas. Com momentos de Robinson Crusoé, Nim conta com a imaginação fértil para lutar por sua ilha e, claro, imaginar saídas para situações complicadas. Mas ela não se esconde atrás da fantasia. Nim é a primeira a correr em direção ao perigo e, mesmo quando fica sozinha, consegue encontrar meios de se defender e, claro, pedir ajuda.

O espectador acompanha as três jornadas: Nim amadurecendo por conta própria; Jack expandindo seus horizontes e lutando para cumprir uma importante promessa; e, a mais interessante de todas, Alexandra se descobrindo aos trancos e barrancos para mesclar seu alter ego com sua vida real. Jodie Foster se deu muito bem com a comédia nesse caso.

Há objetividade na condução de Nim´s Island. O roteiro é previsível, mas honesto. Cumpre o que se dispõe: é boa opção para famílias. E é garantia de ingresso fácil, já que o blockbuster concorrente vai monopolizar as atenções. Boas risadas e mensagem positivista nunca são demais.


Quem é o colunista: Fábio M. Barreto adora escrever, não dispensa uma noitada na frente do vídeo game e é apaixonado pela filha, Ariel. Entre suas esquisitices prediletas está o fanatismo por Guerra nas Estrelas e uma medalha de ouro como Campeão Paulista Universitário de Arco e Flecha.

O que faz: Jornalista profissional há 12 anos, correspondente internacional em Los Angeles, crítico de cinema e vivendo o grande sonho de cobrir o mundo do entretenimento em Hollywood.

Pecado gastronômico: Morango com Creme de Leite! Diretamente do Olimpo!

Melhor lugar do Brasil: There´s no place like home. Onde quer que seja, nosso lar é sempre o melhor lugar.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

15 Filmes para ver em streaming e curtir o feriado no sofá

Neste Dia do Trabalho, assista aos melhores filmes em cartaz nos serviços de streaming

“La La Land” chega ao streaming para deixar seu feriado mais perfeito

Filme com Emma Stone e Ryan Gosling estreia no Looke, Now, Vivo Play e Google Play.

10 Filmes da seleção de Cannes que você vai querer ver em 2017

Biografia de Godard e novos filmes de Michael Haneke e Roman Polanski são destaques no festival

Filmes exibidos em Cannes têm desconto no streaming no mês de maio

Now e ITunes fazem promoção cinéfila para acompanhar o festival

26 remakes ou reboots que você nem acredita que estão nos planos de Hollywood

"Os Pássaros", "A Mosca" e "Eu Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado" estão entre os filmes que podem ganhar novas versões nos cinemas

“Corra!” – terror sobre preconceito racial é uma das melhores coisas que você verá nos cinemas neste ano

Filme de Jordan Peele estreia no dia 18 de maio nos cinemas