Guia da Semana

Entrevista com Matt Reeves, diretor de Cloverfield - Monstro

Cineasta fala sobre a construção do longa ao lado de J.J. Abrams, o criador de Lost

De Nova Iorque

Foto: Divulgação
Diretor no set de filmagens de Lizzy Caplan

Horas antes da estréia de seu primeiro grande filme em Nova Iorque, o diretor Matt Reeves, co-criador do seriado Felicity e amigo de infância de J.J. Abrams, bateu um papo com o correspondente internacional Fábio M. Barreto sobre Cloverfield - Monstro e outros projetos da Bad Robot Productions, companhia composta por ele, Abrams e Drew Godard, aliás, o roteirista de Cloverfield.

Fábio Barreto: A câmera não pára de se mover um minuto em Cloverfield. Foram os próprios atores ou cinegrafistas profissionais que filmaram?
Matt Reeves:
Os atores puderam filmar algumas cenas, sim; mas, na maior parte das vezes, os cinegrafistas estavam correndo com eles, dando o enquadramento que precisávamos para encaixar o monstro e os demais efeitos especiais. Foi difícil e precisamos de quatro profissionais diferentes durante as filmagens, pois o equipamento era muito pesado e eles não agüentavam muito sem correr riscos físicos.

E eles deram todo aquele ritmo corrido e tremido à la A Bruxa de Blair...
Matt Reeves:
Embora A Bruxa de Blair tenha feito algo parecido, o formato que usamos foi totalmente copiado do YouTube e de vídeos caseiros. Fizemos o possível para parecer bastante real e verossímil. Se é que pode se dizer isso de um monstro a solta na cidade. (risos).

Aliás, tem muita gente falando que o filme é metáfora do terrorismo...
Matt Reeves:
Como pode ser terrorismo? Por mais perigosos que eles sejam, quem é que pode arrancar a cabeça da Estátua da Liberdade e fazer um strike nos prédios do sul de Manhattan? Esse pessoal é bem exagerado.

Assim como o seu monstro! Aliás, o que é ele?
Matt Reeves:
Não sabemos direito. Conceitualmente, tentamos criar algo que evoluiu de algum organismo ou criatura que existe no nosso mundo e virou aquela coisa. Nosso bebê é muito nervoso e não vemos quase nada do que ele é capaz de fazer, há partes e habilidades dele que tivemos que cortar na edição final...

Espera aí, bebê? Quase nada? Onde está a mãe dessa "criancinha"?
Matt Reeves:
Imagine uma criança perdida e apavorada. Não há nada pior que uma criatura desse tamanho, totalmente desorientada e brava, além de tudo, começam a atirar nela. Tentei imaginar como seria se um bando de abelhas me atacasse. Elas não vão me matar, mas vão causar muita dor e irritação.

Somos abelhas, então...
Matt Reeves:
Na verdade, somos mais como ratos vendo um elefante enfurecido. É essa a visão que Cloverfield passa. O ponto de vista dos personagens é o mais plausível possível. Não existe aquela tomada aérea do diretor onipresente, sabe. Não dá para mostrar coisas que eles não vêem, no máximo, a TV dá alguma informação a mais, mas é isso aí.

E eles mostram tudo o que aconteceu?
Matt Reeves:
Não, e aí é fica mais interessante, pois vemos pessoas tirando fotos com celulares e câmeras amadoras, mais gente filmando, enfim, várias perspectivas de um mesmo acontecimento. Num dos momentos, na cena da Ponte do Brooklyn, vemos um outro cara filmando a fuga e, por alguns segundos, a nossa câmera fica parada de frente com a dele. É um momento de interligação entre dois filmes diferentes. Duas visões daquele evento caótico.

Hum, partes do monstro que não vimos, outras perspectivas, monstro-bebê sem mãe... Isso leva a uma continuação, certo?
Matt Reeves:
A idéia é mais ou menos por aí, mas ainda estamos conversando com o estúdio [nota posterior: as negociações foram confirmadas e a continuação deve mesmo acontecer]. Há muito que ser mostrado sobre o acontecimento Cloverfield. Não sei se vou estar envolvido, mas essa é a base para um novo filme.

Não estará envolvido por quê? Algum projeto da Bad Robot em andamento?
Matt Reeves:
Porque ainda é muito cedo para falar e também porque terminei, há pouco, o roteiro de Invisible Woman, que não tem nada de ficção científica e que vou dirigir. É a história de uma mulher que se acha tão insignificante e acredita tão piamente não ser percebida por ninguém, que começa a fazer coisas extremas até chamar a atenção. Ela decide roubar bancos. Esse argumento é baseado em várias histórias reais, de gente que é simplesmente ignorada mesmo. É um suspense meio hitchcokiano.

Por falar em suspense, como você fazia para manter os atores naquele estado de adrenalina sem existir um monstro propriamente dito no set de filmagens?
Matt Reeves:
Eu usava um megafone e ficava gritando: É O MONSTRO! GRITEM! CORRAM!!!

E funcionava?
Matt Reeves:
Bastante... e eles levavam cada susto! (risos)

Veja também a crítica do longa-metragem!


Quem é o colunista: Fábio M. Barreto adora escrever, não dispensa uma noitada na frente do vídeo game e é apaixonado pela filha, Ariel. Entre suas esquisitices prediletas está o fanatismo por Guerra nas Estrelas e uma medalha de ouro como Campeão Paulista Universitário de Arco e Flecha.

O que faz: Jornalista profissional há 12 anos, correspondente internacional em Los Angeles, crítico de cinema e vivendo o grande sonho de cobrir o mundo do entretenimento em Hollywood.

Pecado gastronômico: Morango com Creme de Leite! Diretamente do Olimpo!

Melhor lugar do Brasil: There´s no place like home. Onde quer que seja, nosso lar é sempre o melhor lugar.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

“Logan” e “A Bela e A Fera” são os filmes mais vistos nos cinemas em 2017; confira os números

Veja o balanço completo das bilheterias mundiais em 2017

15 Filmes que dão uma aula sobre preconceito racial

Títulos como “Moonlight” e “Estrelas Além do Tempo” têm colocado o tema no centro das atenções

Marvel Studios divulga pôsteres incríveis de "Guardiões Galáxia Vol 2"

Filme estreia nos EUA em 27 de abril

10 Filmes que você vai querer ver nos cinemas em abril

"Joaquim" e "Guardiões da Galáxia Vol. 2" estão entre os destaques do mês

Pennywise está assustador em nova foto de "It: Uma Obra-Prima do Medo"

Adaptação do livro de Stephen King estreia em setembro

Aquaman rouba a cena em novo teaser de "Liga da Justiça"; assista

Filme estreia no dia 16 de novembro