Guia da Semana

Espelho, espelho meu

Kiefer Sutherland encara o sobrenatural numa corrida frenética contra o tempo para salvar sua família. Espelhos do Medo aponta como remake de qualidade, repleto de sustos e um segredo terrível

De Los Angeles




Somente neste ano, o primeiro escalão de Hollywood já tentou emplacar duas boas adaptações de filmes orientais de terror. Ambas falharam retumbantemente e uma aura negra pairava sobre novas tentativas, o que era um bom cenário, assim a qualidade asiática poderia permanecer intocada por mais algum tempo. Felizmente, o diretor Alexandre Aja ( Viagem Maldita) e Kiefer Sutherland decidiram entrar na brincadeira e o resultado é Espelhos do Medo, um terror cheio de pontos positivos e sustos inesquecíveis.

Sutherland vive Ben Carson, um ex-policial que tenta reencontrar seu rumo ao conseguir um trabalho como vigia noturno numa gigantesca loja de departamentos abandonada. Palco de um trágico incêndio, o lugar esconde mais segredos do que o personagem - e o público - está preparado para suportar. É o clima perfeito para a refilmagem do sul-coreano Into the Mirror, de Sung-ho Kim, de 2003.

A maior força desse longa-metragem é seu roteiro, que utiliza o terror como elemento dramático e não apela para os sustos óbvios e desnecessários. Muito mais que a habilidade de Kiefer Sutherland em responder à necessidade da história, Espelhos do Medo conta com um trabalho primoroso em termos de criação de cenários, iluminação e cenas com tomadas amplas e efetivas. A câmera passeia pelo prédio gigantesco que serviu como locação na Romênia e garantiu ao diretor boas opções para dar dinamismo e intensidade às situações de trabalho solo envolvendo Sutherland e diversos espelhos.

Ao mesmo tempo em que o personagem principal vai vendo sua vida pessoal sair cada vez mais de seu controle, a intensidade com que o elemento fantástico surge, aumenta. O que começa como pequenos detalhes nos espelhos do edifício passa rapidamente à revelação de que algo maligno está preso ali há muito tempo. Depois de já ter ceifado inúmeras vidas, agora quem está em perigo é a esposa e os dois filhos de Carson.

Ele não tem escolha: entrar no diabólico jogo de gato e rato envolvendo o prédio e um nome é a única saída para salvar a família. Mas nada ali é óbvio, simples ou fácil. No meio do caminho, ele perde um membro da família numa das cenas mais brutais que o cinema viu em 2008. Nem mesmo a sensação cômica com uma morte "à la Didi Mocó" tira a força da seqüência envolvendo Amy Smart, que foi capaz de mudar a vida do personagem e colocou o espectador de vez na torcida pelo mocinho.

Misticismo, terror e drama familiar se misturam em Espelhos do Medo, uma história na qual tudo tem dois lados e nada é o que parece. A única certeza é de que Kiefer Sutherland tem outro filme para se orgulhar. É preciso ter estômago forte e coragem para olhar através do espelho, pois, neste caso, não é a Rainha de Copas que vem cortar sua cabeça.




Quem é o colunista: Fábio M. Barreto adora escrever, não dispensa uma noitada na frente do vídeo game e é apaixonado pela filha, Ariel. Entre suas esquisitices prediletas está o fanatismo por Guerra nas Estrelas e uma medalha de ouro como Campeão Paulista Universitário de Arco e Flecha.

O que faz: Jornalista profissional há 12 anos, correspondente internacional em Los Angeles, crítico de cinema e vivendo o grande sonho de cobrir o mundo do entretenimento em Hollywood.

Pecado gastronômico: Morango com Creme de Leite! Diretamente do Olimpo!

Melhor lugar do Brasil: There´s no place like home. Onde quer que seja, nosso lar é sempre o melhor lugar.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Ator de “Power Rangers” faz homenagem à Chapecoense durante a CCXP 2016

Elenco do filme participa da terceira edição da feira de cultura pop em São Paulo

Veja os melhores cosplays da Comic Con Experience 2016 (CCXP)

Evento acontece no São Paulo Expo entre 1 e 4 de dezembro

CCXP 2016 surpreende com vídeos exclusivos no segundo dia de evento

Cena de novo “Homem-Aranha” e trailer de “Planeta dos Macacos: A Guerra” foram destaques na sexta-feira

"Jumanji" tem estreia no Brasil adiada para 2018

Anúncio foi feito pela Sony durante a CCXP

Assista à entrevista exclusiva com Fiuk e Sandy sobre a animação "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta"

Filme estreia no dia 22 de dezembro nos cinemas

"A Múmia": Remake com Tom Cruise ganha teaser e pôster

Estreia está agendada para junho de 2017