Guia da Semana

Futebol nas locadoras

O cinema já retratou o esporte em diversos filmes. Confira a seleção montada pelo Guia da Semana

A maior competição do mundo da bola já começou: até 11 de julho serão 64 jogos, com notícias e mesas redondas ao longo de todo o dia. Seja você ou não um fanático pelo futebol, vai viver e respirar 24 horas a magia da Copa do Mundo. Aproveitando o tema, entre um jogo e outro, fizemos uma seleção dos melhores filmes para agradar a toda a família e ainda alinhar seu espírito ao mundo do esporte bretão.

Pelé Eterno (2004)



Nas prateleiras das locadoras há muitos filmes que buscam relembrar craques do futebol ao longo da história - Garrincha, Zidane, Maradona e Ademir da Guia são alguns exemplos -, mas nenhum tem a força de retratar o mineiro de Três Corações com quase 70 anos, que tem uma trajetória de 1.281 gols em 1.375 jogos regado a conquistas por clubes e pela seleção brasileira. Pelé Eterno não se faz de rogado e traz aos mais jovens 400 gols do rei do futebol em 120 minutos de exibição, funcionando como uma caprichada homenagem ao atleta do século 20.

Aníbal Massaini está na direção do documentário, que exibe imagens restauradas, depoimentos de craques como Pepe, Clodoaldo, Gerson, Zito, Jairzinho e outros, além de recriar fatos que marcaram a história. Para quem viveu a época, é uma boa forma de lembrar os momentos áureos do futebol arte. Já os que não tiveram a oportunidade, é uma chance de conhecer o motivo pelo qual o Pelé é idolatrado no mundo inteiro.

Linha de Passe (2008)



Embora tenha relevância na trama, nem só de futebol vive esse longa-metragem. Com direção compartilhada de Walter Salles e Daniela Thomas, o filme conta a história de quatro irmãos de Cidade Líder, na periferia da zona leste paulistana. Um deles aposta em seu talento como jogador de futebol e corre contra o tempo, por ter chegado à idade-limite para ser aprovado em testes; tudo com a esperança de obter uma vida melhor. 

A obra tenta capturar a realidade sem fazer julgamento, transmitindo um olhar para a vida de um jeito limpo, ao mesmo tempo em que poético. Com Vinícius de Oliveira no elenco, a película foi aplaudida por nove minutos durante sua exibição no Festival de Cannes, que deu o prêmio de melhor atriz para Sandra Corveloni.

Boleiros (1998) e Boleiros 2 (2006)



Nada mais brasileiro do que uma reunião em mesa de bar para falar sobre futebol. Só que, neste caso, as histórias são dos integrantes da mesa: jogadores aposentados ou ainda na ativa, que costumam se reunir regularmente para lembrar fatos vividos e fazer comentários sobre jogos, atletas, times e juízes. Dirigido por Ugo Giorgetti, é considerado pelo crítico Rubens Ewald Filho como o melhor filme nacional sobre o tema, por mostrar o drama das pessoas que vivem do passado, que tiveram glória e caíram no ostracismo.

Em 2006, o filme ganhou continuação ao mostrar que o Bar do Aurélio, reduto de boleiros famosos, ganha como sócio o herói do penta Marquinhos, que aposta em uma reinauguração e reformulação. O futebol continua sendo o tema central das conversas, embora Giorgetti demonstre seu descontentamento com os novos tempos do esporte.

Milagre de Berna (2003)



Um duelo entre Davi e Golias. Esta era a clássica definição para o confronto final do Torneio Mundial entre a Alemanha X Hungria, em 1954. No período pós-Segunda Guerra Mundial, os germânicos tiveram uma seleção pragmática e desacreditada, além de ter sido goleada na primeira fase de 8 X 3 para os próprios húngaros. Enquanto isso, o adversário passeava no campeonato, comandados por Puskas e cia. A vitória histórica da Seleção Alemã ficou conhecida como o Milagre de Berna, em referência à cidade suíça onde ocorreu o jogo.

As lembranças do jogo que deu o primeiro título ao país são apresentadas através da família Lubenski, que vive na pequena cidade de Essen-Katernberg. Como na época poucas pessoas tinham TV e as partidas eram acompanhadas por rádio, as cenas foram cuidadosamente ensaiadas para mostrarem veracidade. O longa repercutiu bastante no país, tornando-se uma das maiores bilheterias, com seis milhões de ingressos vendidos.

À Procura de Eric (2009)



Ele foi um dos responsáveis pela consolidação nos anos 90 do Manchester United, como o time mais importante da Inglaterra, ganhando títulos atrás de títulos. Em uma comédia sobre o esporte bretão, o diretor Ken Loach montou um filme para mostrar a relação entre Eric Cantona e um fã, que recebe ajuda e conselhos para resolver seus problemas pessoais.

Com muitas imagens retiradas de arquivos e lances reais vividos pelo jogador francês, o filme cria uma história de amor, drama familiar, comédia, amizade e futebol. Ele chegou a ser indicado à Palma de Ouro em Cannes e foi selecionado para abrir a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo em 2009.

*Fotos: divulgação

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Mais de 20 fotos inéditas de "Transformers: O Último Cavaleiro" vazam na internet; confira

Próximo longa da franquia estreia em junho de 2017

"O Círculo": Suspense com Tom Hanks e Emma Watson ganha primeiro trailer

Em 2017, os atores vão se encontrar nas telonas pela primeira vez

Após polêmica, Bernardo Bertolucci desmente estupro em "Último Tango em Paris"

Diretor julgou repercussão como um "mal-entendido ridículo"

"Guardiões da Galáxia Vol. 2" tem o trailer mais assistido da história da Marvel

Continuação do longa de 2014 chega aos cinemas em abril de 2017

"Sully - O Herói do Rio Hudson" ganha nova data de estreia no Brasil

Filme em que Tom Hanks evita acidente aéreo teve lançamento adiado após tragédia com Chapecoense

Apresentador Jimmy Kimmel comandará o Oscar 2017

Notícia foi confirmada pela revista Variety