Guia da Semana

Hollywood brasileira perto de São Paulo

Paulínia inaugura pólo cinematográfico de primeiro mundo no interior da capital

Entrada do pólo cinematográfico de Paulínia
Foto: Lin Zhen Li


Glamour e cenários modernos em espaços destinados à produção cinematográfica não são privilégios apenas dos americanos. Com investimento de cerca de R$ 100 milhões, a cidade de Paulínia, interior de São Paulo, inaugurou em abril desse ano a Hollywood tupiniquim.

Foram criados quatro estúdios destinados à gravação de filmes, novelas e campanhas publicitárias e escritórios para as produtoras. Em 2008, ficará pronto o teatro para 1250 pessoas (pouco menos que o Municipal de São Paulo) e os museus de rádio, televisão e cinema.

Grande parte dos recursos vieram da arrecadação de impostos das empresas ligadas ao ramo do petróleo. O pequeno município, com quase 70 mil habitantes, ostenta o cargo de segunda maior em renda per capita do estado. Já que é em Paulínia que está instalado um dos maiores pólos petroquímicos da América Latina.

Museus e escritórios
Foto: Lin Zhen Li
O prefeito da "Suíça brasileira", como é conhecida por sua riqueza, Edson Moura apostou nesse projeto com a finalidade de diversificar a fonte de arrecadação de verbas. "O Pólo movimentará a economia da cidade, comércio local e o turismo, além de atrair novas empresas para a cidade, principalmente do setor cinematográfico", disse a secretária de cultura da cidade Tatiana Quintella, que também carrega em seu currículo experiências com produções da sétima arte.

Em 2006, os estúdios da Paulínia Magia do Cinema receberam as gravações do seu primeiro filme: Topografia de um Desnudo, dirigido por Teresa Aguiar, com elenco liderado por Lima Duarte, José de Abreu, Ney Latorraca e Gracindo Júnior. O longa resgata a "operação mata-mendigos", que ocorreu no Rio de Janeiro, na década de 60.

A atriz Mariana Ximenes
deixa sua marca na calçada da fama
Foto: Lin Zhen Li
As produções nacionais não pararam por aí. Agora, no início do mês de outubro, foram filmadas algumas cenas de Hotel Atlântico, da diretora da Suzana Amaral, com Julio Andrade, João Miguel, Gero Camilo, Lázaro Ramos e Mariana Ximenes, que deve estrear no fim de 2008. "Nós escolhemos Paulínia porque além do clima favorável, com boa luminosidade e baixo índice de chuvas, tivemos total apoio técnico da Prefeitura e da Secretaria de Cultura", revela Ary Pini, produtor executivo do filme.

Segundo ele, há muitas facilidades para a gravação no pólo cinematográfico. O apoio da Prefeitura ajudou os devidos consentimentos. E também viabilizou a questão da segurança, já que a Guarda Metropolitana esteve sempre presente em gravações nas ruas.

Em janeiro 2008, Paulínia receberá também o elenco e produção do filme O Menino da Porteira com o cantor sertanejo Daniel. Em conversa com o Guia da Semana, a secretária de cultura contou que o local será sede de mais filmes, novelas e comerciais. "São mais de 98 trabalhos das mais diversas produtoras inscritos para receberem subsídios", revelou.

Como produzir?

A Secretaria de Cultura do município criou dois tipos de fundo para incentivar a cinematografia nacional. Um deles é o Fundo Municipal de Cultura, que é fruto do dinheiro arrecadado pela contribuição dos impostos das indústrias da cidade, reservado especialmente para o financiamento das produções. No outro, as empresas que patrocinarem as produções culturais receberão isenção fiscal de impostos, como Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em 10%.

Escola profissionalizante dentro do pólo
Foto: Divulgação
Em contrapartida, 40% do valor recebido deverá ser gasto no comércio local, 50% dos figurantes precisam ser de Paulínia e cada produção deverá conter 10 estagiários da Escola Magia do Cinema - que traz cursos de maquiagem, produção e direção, entre outros, ministrados pelo Senac e FGV.

Ganho na cultura nacional

Com a abertura desse pólo, a sétima arte ganhou mais um incentivo. "O Brasil tem um potencial enorme nesse campo, mas faltam políticas federais que nos ajudem, e Paulínia está nos incentivando", afirmou o produtor Ary Pini. Aliado a isso está a formação de pensamento crítico da platéia da cidade e mão de obra qualificada para trabalhar em qualquer setor das produções.

Teatro Muncipal de Paulínia,
que será inaugurado em 2008
Foto: Divulgação
Um outro destaque fica para o Teatro Municipal da cidade. Com previsão para ser inaugurado no começo de 2008, ele terá salas de projeção modernas, palco com elevação e outros. Em março, o espaço deve sediar o Festival de Cinema para premiar os melhores dos filmes e da TV do ano de 2007. "Paulínia é um exemplo dentro e fora do Brasil", finaliza Ary.

Você conhece Paulínia?

*Fica a 118 Km de distância de São Paulo

*Tem a segunda maior renda per capita do estado

*Pouco mais de 60 mil habitantes

*Principal renda da cidade vem da arrecadação de impostos das refinarias e indústrias petroquímicas instaladas ao seu redor

*Maior pólo petrolífero da América Latina


Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Após polêmica, Bernardo Bertolucci desmente estupro em "Último Tango em Paris"

Diretor julgou repercussão como um "mal-entendido ridículo"

"Guardiões da Galáxia Vol. 2" tem o trailer mais assistido da história da Marvel

Continuação do longa de 2014 chega aos cinemas em abril de 2017

"Sully - O Herói do Rio Hudson" ganha nova data de estreia no Brasil

Filme em que Tom Hanks evita acidente aéreo teve lançamento adiado após tragédia com Chapecoense

Apresentador Jimmy Kimmel comandará o Oscar 2017

Notícia foi confirmada pela revista Variety

Assista à nova prévia de "Tamo Junto", comédia estrelada por Sophie Charlotte

Longa apresenta humor repleto de referências da cultura pop

Bertolucci revela que houve estupro em cena de "Último Tango em Paris" e revolta Hollywood

"Queria sua reação como garota, não como atriz", disse o diretor