Guia da Semana

Kung Fu Panda 2

O filme tem a marca registrada da Dreamworks em um dos melhores filmes do ano até agora

Foto: Divulgação


Três anos atrás, eu entrava no cinema sem nenhuma expectativa, e saía extasiado com um desenho de visual deslumbrante, história sincera e cativante, personagens divertidos e engraçados e uma das melhores animações de 2008. Ao lado de Wall-E, o primeiro filme do atrapalhado urso panda escolhido para grande guerreiro do Kung Fu era uma grata surpresa. Mais infantil que o desenho da Pixar, mas não pior.

Este ano, novamente, entrei no cinema sem nenhuma expectativa para ver a segunda aventura da franquia. E novamente me surpreendi. Já na abertura, na logomarca da Dreamworks, o desenho mostra a que veio. Seu visual é simplesmente fantástico. Melhorado ainda pelo 3D e pela tela gigantesca do IMAX, as caretas de Po e companhia são ainda mais divertidas. Os closes em seu nariz e nos seus grandes olhos mostram uma riqueza de detalhes e uma sinceridade de expressão raramente vistos até em atores de carne e osso, já que Po tem menos plásticas...

Se, no primeiro filme, Po precisava provar que conseguiria lutar kung fu, neste ele precisa salvá-lo. Guardando semelhanças com O Príncipe do Egito (e, consequentemente, com a história de Moisés), Po deve descobrir quem realmente é para encontrar a paz interior.

Os efeitos 3D da animação são um deslumbre para os olhos. Usados com um pouquinho de exagero, tanta coisa nos salta na cara que é impossível em alguns momentos não desviar. Da mesma forma, a sensação de profundidade é tão impressionante que chega a chocar. As visões aéreas da China, dos palácios, montanhas e vales são de cair o queixo, não tem expressão melhor. As cenas de ação também são (com o perdão de mais um lugar comum) de tirar o fôlego. Nunca tinha sentido isso realmente dentro do cinema. Desta vez, ficava com a respiração presa até o fim da batalha.

O fraco dos concorrentes da Pixar sempre foi não ter um roteiro bom o bastante. Desenhos muito fracos, como Meu Malvado Favorito, Madagascar ou Monstros vs. Alienígenas não tinham como conseguir competir com perfeições do nível de Procurando Nemo, Ratattouille, Up ou Monstros S/A. O primeiro Kung Fu Panda mudou um pouco isso. Na linha de mostrar que o diferente também merece um lugar ao sol e também tem seu valor, o gorducho e aparvalhado panda veio e mostrou sua capacidade. Pois no segundo filme o nível do roteiro só subiu.

A jornada pessoal de Po em busca de suas origens (e de desvendar uma das grandes perguntas sem resposta do primeiro filme), a descoberta da tragédia, a busca pela sabedoria para enfrentar o grande vilão, tudo isso contribui para um filme tocante e sensível, mas com muito humor. Como em uma sitcom, nenhum momento mais pesado ou dramático sobrevive por mais de alguns segundos sem uma piada. E aí é que está a beleza do filme. Ao tocar em dramas pessoais pesados, como a adoção e uma certa atitude um tanto nazista, o filme toca os pais, que logo depois vão rir junto com os filhos das piadas que pipocam na tela.

Simplesmente a Dreamworks nos entrega um dos melhores filmes do ano até agora. Carros 2 vai ter que ser muito superior ao (fraco) primeiro filme pra superá-lo, senão a Pixar pode perder o trono no próximo Oscar.

Leia as colunas anteriores de Flávio St Jayme:

Evita

Piratas do Caribe

Quem é o colunista: Flávio St Jayme.

O que faz: Pedagogo de formação, historiador de Arte, empresário de profissão, artista plástico e escritor de realização, cinéfilo e blogueiro de paixão.

Pecado gastronômico: Batata frita, Coca Cola e empanados em geral.

Melhor lugar do mundo: Aquele onde a gente quer chegar. E a gente sempre vai querer chegar em algum lugar.

O que está ouvindo no carro, iPod, mp3: Sempre: Ludov, Matchbox Twenty, Maroon Five, Jay Vaquer, Belle & Sebastian, Coldplay, Robbie Williams, Pato Fu, Irreveresíveis, Glee, trilhas de filmes.

Para falar com ele: flavio.stj@gmail.com, ou siga seu blog, Twitter e Facebook.


 



Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

“It”: terror baseado em obra de Stephen King ganha trailer sinistro

Filme com ator de Stranger Things estreia em setembro nos cinemas

Novo trailer de “Valerian e A Cidade dos Mil Planetas” mostra a exuberância de seu universo fantástico

Filme de Luc Besson chega aos cinemas no dia 10 de agosto

Infância de Pharrell Williams será retratada em musical de Hollywood

"Atlantis" terá produção da FOX e direção de Michael Mayer

12 Filmes, séries e mangás de ficção científica para conhecer depois de “A Vigilante do Amanhã”

Obras como “Matrix” e “Paprika” dialogam diretamente com os temas do filme com Scarlett Johansson

Novo trailer de "Homem-Aranha: De Volta ao Lar" mostra cena estrelada pelos Vingadores

Nova fase do herói nas telonas estreia no dia 6 de julho

Warner divulga primeiras fotos do novo "Tomb Raider" - confira!

Filme estreia em março de 2018