Guia da Semana

Melhores momentos da Pornochanchada

Sucesso nos anos 70, gênero se tornou cultuado pelas frases diretas e cenas cômicas

Quem diria que um dos principais gêneros do cinema brasileiro a florescer durante a ditadura militar seria uma mistura de erotismo e comédia? A Pornochanchada, estilo que nasceu nos anos 70, estourou nas bilheterias enfrentando a censura com muito nonsense e bom humor, até desaparecer ao longo da década seguinte.

+ Relembre os personagens do folclore brasileiro
+ Confira os filmes em cartaz nos cinemas

Foi com paródias de outros gêneros cinematográficos e de situações banais do cotidiano que a Pornochanchada ganhou espaço nos cinemas e na televisão, marcando época com filmes produzidos, em sua maioria, na chamada “Boca do Lixo”, em São Paulo.

Esta matéria recupera algumas das cenas engraçadas que marcaram o gênero e, por isso, é recomendável para maiores de 18 anos.

Relembre os melhores momentos da Pornochanchada:

 

Comprando roupas para o Homem de Itu


O Bem Dotado – O Homem de Itu (1979) se aproveita da fama da cidade para criar uma comédia sobre um homem “bem dotado”, que chega a assustar as mulheres que conhece quando tira a roupa. Lírio (Nuno Leal Maia) é o típico caipira, que vai para a cidade grande e se envolve com mulheres ricas e poderosas. Numa cena, ele tenta comprar calças e roupas íntimas, mas acaba rasgando todas as peças.

 

Encoxadas no busão


Sônia Braga levou o público masculino à loucura com suas investidas em estranhos no transporte público em A Dama do Lotação (1978), quarta maior bilheteria da história no Brasil. O filme, também baseado numa história de Nelson Rodrigues, acompanha Solange, uma mulher casada que sofreu um trauma na noite de núpcias e não pratica sexo com o marido – mas apenas com homens que conhece nas lotações. Numa das cenas memoráveis, ela seduz um homem ao se encaixar na frente dele no corredor do ônibus.

 

“Anão. Mas com um... Deste tamanho!”


Em Histórias Que Nossas Babás Não Contavam (1979), o conto infantil da Branca de Neve ganha novos rumos.  Dirigido por Oswaldo de Oliveira, o filme traz Adele Fátima como Clara das Neves, uma princesa que foge do castelo da madrasta e vai morar com sete anões. A diferença é que ela acaba se interessando mais por um dos seus companheiros do que pelo príncipe.

 

“Eu quero saber quem foi que desenhou caralhinhos voadores na parede do banheiro!”


Baseado na obra de Nelson Rodrigues, Os Sete Gatinhos (1980) reuniu um elenco de dar inveja: Lima Duarte, Antônio Fagundes, Regina Casé, Ary Fontoura e Luiz Fernando Guimarães. A história é centrada em Silene, a caçula de uma família que se prostitui para pagar a educação da menina. Quando ela é acusada de matar uma gata grávida na escola, todos os segredos começam a se revelar. Numa das cenas mais lembradas pelos fãs, Lima Duarte se irrita ao ver o banheiro pichado com imagens fálicas.

"Não vai me comer!"


Em outra cena de Os Sete Gatinhos, Regina Casé foge de um deputado correndo em volta da piscina e discutindo, depois de ingenuamente deixar que ele tirasse seu vestido. Quando já está sem roupa nenhuma, grita: “Não vai me comer não!”.

 

“Rola para mim tem que ser por metro!”


Os Amores de um Pistoleiro (ou Um Pistoleiro Chamado Papaco), de 1986, brinca com o gênero do faroeste ao mostrar um pistoleiro durão, com cara de poucos-amigos, que carrega um caixão por suas viagens (como o personagem Django, interpretado por Franco Nero em 1966) e gosta de estuprar suas vítimas (masculinas). Nessa jornada, Papaco encontra uma mulher com quatro maridos e se surpreende com a justificativa da mulher: “Sou mulher até debaixo d’água. Rola para mim tem que ser por metro!”

 

“Acho que vou preferir um suco de bu...a!”


A história de Senta no Meu Que Eu Entro na Tua (1985) não poderia ser mais surreal: uma mulher descobre que suas partes íntimas têm opinião própria e falam, enquanto um homem descobre ter um órgão genital num lugar inesperado – sua cabeça. Numa das cenas mais inusitadas do filme, um homem lê um jornal e pede uma bebida para a empregada. No minuto seguinte, ele muda de ideia e faz uma proposta indecorosa. 

 

Recentemente, um vídeo rodou a internet com uma seleção de cenas da Pornochanchada. Confira:

Atualizado em 26 Ago 2013.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

10 Motivos para ver a animação “Sing – Quem Canta Seus Males Espanta”

Filme chega aos cinemas no dia 22 de dezembro

“Pets” tem sessão gratuita para incentivar a adoção de animais

Cine Matilha exibe a animação em sessão aberta para cães e seus donos

7 Fatos sobre “Fallen” que você precisa saber antes de ir aos cinemas

Adaptação do primeiro livro da saga adolescente estreia no dia 8 de dezembro

4 Motivos para ver “A Qualquer Custo” nos cinemas

Filme com Chris Pine e Jeff Bridges chega aos cinemas em janeiro

"50 Tons Mais Escuros" ganha trailer inédito; confira

Novo vídeo do longa está mais caliente do que nunca!

Clássico de Chaplin tem sessão gratuita no Auditório Ibirapuera

Exibição encerra a programação do centenário de Paulo Emílio Sales Gomes