Guia da Semana

Mostra exibe filmes do "Fellini do sexo", Russ Meyer

Publicação: segunda, 09 de agosto de 2010

Um dos primeiros fotógrafos da revista Playboy, o cineasta Russ Meyer rodou algumas das obras mais cultuadas pelos amantes do nu e inventou o gênero "soft porn". Com perspectiva inovadora para o seu período de atuação, ele foi considerado o "Fellini da indústria do sexo". Em mostra no Centro Cultural Banco do Brasil, trabalhos de Meyer como The Immortal Mr. Teas, Mudhoney, O Inferno em Miss Jones, De Volta ao Vale de Bonecas e Os Sete Minutos chegaram a ser considerados pornográficos à época em que estrearam, embora não mostrem cenas fortes ou explícitas. Na análise da filmografia do diretor, sobressai o bom humor e a valorização de atrizes com seios fartos.

 

Serviço

 

Endereço: Rua Álvares Penteado, 112.

Data: Até 15 de agosto.

Horário: De terça a domingo, das 10h às 20h.

Preço: R$ 6,00.

 

Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Mais de 20 fotos inéditas de "Transformers: O Último Cavaleiro" vazam na internet; confira

Próximo longa da franquia estreia em junho de 2017

"O Círculo": Suspense com Tom Hanks e Emma Watson ganha primeiro trailer

Em 2017, os atores vão se encontrar nas telonas pela primeira vez

Após polêmica, Bernardo Bertolucci desmente estupro em "Último Tango em Paris"

Diretor julgou repercussão como um "mal-entendido ridículo"

"Guardiões da Galáxia Vol. 2" tem o trailer mais assistido da história da Marvel

Continuação do longa de 2014 chega aos cinemas em abril de 2017

"Sully - O Herói do Rio Hudson" ganha nova data de estreia no Brasil

Filme em que Tom Hanks evita acidente aéreo teve lançamento adiado após tragédia com Chapecoense

Apresentador Jimmy Kimmel comandará o Oscar 2017

Notícia foi confirmada pela revista Variety