Guia da Semana

“Na Próxima, Acerto no Coração” explora a mente de um assassino em série

Filme parte de um caso real para recriar as perturbações de um criminoso que também era policial

E se o assassino e o policial fossem a mesma pessoa? No thriller de Cédric Anger, “Na Próxima, Acerto no Coração”, Guillaume Canet interpreta os dois extremos: um militar extremamente rígido e um serial killer obcecado por mulheres jovens e bonitas.

O longa francês é inspirado numa história real – segundo os créditos iniciais, um dos casos “mais estranhos já registrados”. E não é por menos: além de assassino, Franck Neuhart é uma criatura misógina que se auto-flagela, passa as noites na floresta, não suporta a sujeira dos outros mas acumula lixo dentro da própria casa. Antes de matar suas vítimas, ele não as estupra nem toca – apenas persegue e atira, mirando no coração.

O filme se concentra em construir o personagem da forma mais completa possível, mostrando sua rotina, suas manias e seus sentimentos a cada novo ato, deixando em aberto o quanto daquele comportamento seria consciente e o quanto seria pura loucura. Apesar da própria facção de Neuhart ser encarregada de solucionar os crimes, Anger não se debruça sobre a investigação, mas sim sobre os diálogos banais entre os policiais, dando atenção particular (talvez exagerada) à rixa entre militares e civis.

Este não é, portanto, um filme de gato-e-rato, mas sim um estudo sobre esse rato, sua mente e seu modus operandi. O público não sabe como Neuhart será pego, mas fica esperando ansiosamente por seu próximo crime, observando cada vítima em potencial com uma tensão silenciosa.

Se o roteiro e a história original de “Na Próxima, Acerto no Coração” funcionam bem para criar o clima de suspense, seu ponto fraco é justamente Canet. Preso numa expressão constante de desgosto, seu serial killer não consegue provocar empatia e suas ações, apesar de curiosas, acabam perdendo o impacto que poderiam ter se nos identificássemos melhor com o personagem.

Além disso, também não criamos nenhum vínculo com a empregada vivida por Ana Girardot – uma personagem próxima de Neuhart, que sabemos estar correndo um grande risco, mas com quem não nos importamos tanto quanto outras garotas que simplesmente lhe pedem carona.

O filme faz parte da programação do Festival Varilux 2015 e deverá entrar em cartaz no circuito comercial a partir do dia 13 de agosto.

Atualizado em 14 Ago 2015.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

8 Filmes imperdíveis que chegam aos cinemas em maio

"Corra!" e "Alien: Covenant" chegam aos cinemas neste mês

“Gostosas, Lindas e Sexies” – Sex and the City à brasileira chega aos cinemas com elenco plus-size

Filme estreia nesta quinta, 20 de abril

Será? Will Smith pode ser o Gênio no live-action de "Aladdin"

Segundo o Deadline, ator está em negociações com a Disney

5 Motivos para (ir correndo) ver “Guardiões da Galáxia Vol. 2”

Filme chega aos cinemas no dia 25 de abril e já tem ingressos à venda

“Paixão Obsessiva”: suspense trash com Katherine Heigl estreia nesta quinta

Heigl interpreta uma ex-mulher determinada a eliminar a atual

“Paterson” - Adam Driver é um poeta do cotidiano em novo filme de Jim Jarmusch

Filme conta a história de um motorista de ônibus que escreve poemas nas horas vagas