Guia da Semana

Nova pérola de Allen

Frustrações, confusões, complexos encontros e desencontros amorosos são os destaques do novo filme de Woody Allen que estreia hoje

Foto: Divulgação

Woody Allen direcionando a gravação da cena com Pauline Collins, que vive a vidente Cristal, e Gemma Jones, na pele de Helena

Aos 75 anos, o incansável diretor de cinema Allan Stewart Königsberg acaba de lançar o seu mais recente trabalho: Você Vai Conhecer O Homem Dos Seus Sonhos. Esse é o 46º trabalho do cineasta e promete fazer parte da programação do final de semana para muitos fãs de Woody Allen, já que o longa estreia hoje em circuito nacional.

Ao ser exibido no Festival do Rio 2010 e na 34ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o filme rendeu muitos elogios ao diretor nova-iorquino e lotou a maioria das sessões que exibiram a película. Você Vai Conhecer O Homem Dos Seus Sonhos foi também um dos longas mais relevantes do Festival de Cannes, em julho.

Com o habitual humor ácido, o pessimismo irrestrito e o niilismo inconfundível, Allen também foi alvo de críticas por não trazer um enredo que fuja do lugar comum de suas obras, apresentando mais uma tragicomédia que retrata - e, por vezes, escracha - os encontros e desencontros de uma classe-média urbana.

Foto: Divulgação

Após o fim do casamento, Alfie (Anthony Hopkins) volta a sua fase de playboy e envolve-se com uma ex-prostituta, Charmaine (Lucy Punch)

Sobre a história

O cineasta deixou um pouco de lado a sua cidade mais adorada, Nova Iork, - que foi cenário para suas obras-primas, como Hannah and Her Sisters, Annie Hall e Manhatan - e voltou a habitar suas histórias em Londres, relembrando Match Point. Absorvendo um pouco do melhor da tragédia shakespeariana, Allen inicia a trama citando uma parte do quinto ato de Macbeth, a qual aborda a vida apenas como uma sombra ambulante, contada por idiotas, cheia de fúria e muita barulheira, que, ao final, nada significa.

Porém, o que engrandece mesmo o longa Você Vai Conhecer O Homem Dos Seus Sonhos é o elenco de alto nível, com destaque para Anthony Hopkins, Gemma Jones e Antonio Banderas. O enredo acompanha a história de um homem maduro, Alfie (Anthony Hopkins), no auge dos seus 70 anos, que decide se separar de sua esposa Helena (Gemma Jones), após quarenta anos de casamento.

Insatisfeito com sua situação afetiva, ele decide relembrar o espírito aventureiro de sua juventude, retoma sua vida de playboy e começa a ficar com uma jovem, ex-garota de programa, chamada Charmaine (Lucy Punch). Helena, inconformada com a separação, passa a focar suas energias - e esperanças - em todas as informações passadas por uma vidente charlatã. As cenas que envolvem essa personagem são marcadas por sátiras ferinas ao espiritismo, reencarnação e esoterismo.

O outro casal em conflito abordado no enredo é Roy (Josh Brolin) e Sally ( Naomi Watts), que é filha de Alfie e Helena. Ele é um escritor fracassado, que começa a se encantar com a misteriosa vizinha musicista Dia (Freida Pinto). Sally, descontente com o casamento, passa a se interessar por Greg (Antonio Banderas), que é dono de uma galeria de artes e, por sinal, seu chefe.

Foto: Divulgação

O casamento fracassado de Sally (Naomi Watts) acaba aproximando-a do seu charmoso chefe Greg (Antonio Banderas)

Sempre presentes

De maneira metódica, Woody Allen costuma repetir certas características na maioria de seus filmes. A começar pelo hábito de lançar um filme por ano e ser conhecido por detestar ensaios e repetição de cenas, assim como, por filmar dentro do orçamento e no prazo. O roteiro também não está fugindo às regras do cineasta.

Ele costuma dispersar os personagens, misturar as trajetórias na mesma teia, para, posteriormente, elucidar as intenções de cada papel, colocando sempre uma lente de aumento nas frustrações. A utilização de créditos iniciais mais sóbrios, com fontes serifadas, e a apresentação do elenco em ordem alfabética são algumas marcas registradas do diretor que aparecem também em Você Vai Conhecer O Homem Dos Seus Sonhos.

A narração onisciente que conduz as ações da trama - normalmente, de maneira irônica - não poderia faltar em um filme de Allen. Assim como em Match Point, O Sonho De Cassandra e Melinda e Melinda, a parceria de Allen com Vilmos Zsigmond trouxe ao filme imagens belíssimas de Londres, mostrando todo o cuidado que a dupla teve com a fotografia da película.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

"Jumanji" tem estreia no Brasil adiada para 2018

Anúncio foi feito pela Sony durante a CCXP

Assista à entrevista exclusiva com Fiuk e Sandy sobre a animação "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta"

Filme estreia no dia 22 de dezembro nos cinemas

"A Múmia": Remake com Tom Cruise ganha teaser e pôster

Estreia está agendada para junho de 2017

Cahiers du Cinéma elege os melhores filmes de 2016

O brasileiro "Aquarius" aparece em quarto lugar na lista

Após acidente aéreo, estreia de “Sully” é adiada

Filme com Tom Hanks sobre um piloto de avião seria lançado nesta quinta-feira

Fã edita os oito filmes de Harry Potter em um único vídeo de 78 minutos

Porque quantidade não é qualidade! :p