Guia da Semana

O fenômeno Hannah Montana

De Los Angeles


Quase todo dia são realizadas entrevistas com gente famosa em Los Angeles. Cada uma tem seu estilo, seu jeito de ser realizada de acordo com os assessores ou com a pessoa em questão. Uma delas, porém, chamou muito a atenção: Miley Cyrus, a mundialmente famosa Hannah Montana, que chega aos cinemas brasileiros nesta semana com seu filme/show Hannah Montana & Miley Cyrus - Show: O Melhor dos Dois Mundos.

Fui incumbido de entrevistar Miley para uma grande reportagem. Mas não seria apenas uma entrevista comum, teria algo considerado "ouro" - coisa que só descobriria mais tarde - pelos correspondentes de revistas teens: 15 minutos exclusivos com a garota. A primeira impressão foi uma mistura de surpresa com curiosidade, afinal de contas, desde quando Hannah Montana merecia tratamento similar aos grandes astros do cinema? Com direito a jornalistas disputando a tapa cada oportunidade de entrevista?

As únicas referências que tinha da garota eram um episódio da série e a devoção de minha sobrinha, de 9 anos, pela personagem e pelo programa. A pesquisa abriu meus olhos para esse fenômeno todo. Líder de audiência em dezenas de países, fenômeno de licenciamento e, surpreendentemente, algo apoiado incondicionalmente pelos pais dos fãs - há muitos meninos no meio disso tudo!

Com tudo isso na cabeça, lá fui eu para a cidade de Burbank - onde fica a sede da Walt Disney, local escolhido para a exibição do filme em 3D na noite anterior - conhecer essa tempestade adolescente. Um dia agradável preparava o ambiente para uma das maiores surpresas positivas da minha vida.

Não havia muita ostentação na sala de espera. Apenas um almoço servido e um pôster do filme. Conheci uma das apresentadoras do Disney Channel do Brasil, que foi fazer a reportagem para o canal brasileiro, bati um papo e, em pouco tempo, fui levado a um quarto onde seria realizada a entrevista. Para minha surpresa, porém, não havia a típica mesa redonda no meio do apartamento. Miley Cyrus estava mascando chiclete na sacada e ali aconteceria a entrevista.

Eu não parava de pensar: "semanas atrás quem estava na minha frente era Harrison Ford, agora, aqui, está essa garota". E a entrevista começou. Extremamente simpática, brincalhona e decidida, Miley Cyrus conseguiu falar sobre vários assuntos de "gente grande" e ainda anunciou que tem muita vontade de fazer um show no Brasil no próximo ano.

O bate-papo fluiu muito bem e entendi as razões que fazem os pais deixarem suas filhas mergulharem naquele mundo de música e dilemas adolescentes. Miley é bem o que mostra na série, por isso, o programa tem um tom de realidade e pé no chão incomum para alguém que fatura mais de 18 milhões de dólares em um ano.

Entretanto o mais interessante não foi isso. Quando saí do quarto, parecia que havia acabado de falar com o Presidente ou alguém relevante para a existência da humanidade. Todos os jornalistas avançaram feito urubus em minha direção com perguntas como essas: "O que ela disse? Está de bom humor? Falou sobre namorado? Escreveu alguma música nova?". Claro que não respondi nada, afinal de contas, sigilo e profissionalismo valem mais que qualquer favor imediato, mas fiquei assustado.

Tudo que Miley Cyrus diz vale ouro, especialmente para as revistas teens. Encontrei com gente que voou da Europa apenas para ficar dez minutos numa mesa redonda com a mocinha. Os resultados na TV, nos shows e no cinema mostram que vale a pena: Hannah Montana tem mostrado que pode superar, e muito, outros fenômenos adolescentes como Hillary Duff, por exemplo, e ir muito mais além.

Pique, simpatia e cabeça no lugar para isso Miley Cyrus tem. E, pelo jeito, ela sabe usar positivamente toda a sua potencialidade.

Foto: Divulgação

Leia as entrevistas anteriores do nosso correspondente:

  • David Ayer: Roteirista de Os Reis da Rua fala sobre histórias de violência

  • Rachael Taylor: Novata começa a fazer sucesso no cinema no terror Imagens do Além
  • Hayden Christensen: Protagonista de Awake - A Vida por um Fio fala sobre sua carreira


    Quem é o colunista: Fábio M. Barreto adora escrever, não dispensa uma noitada na frente do vídeo game e é apaixonado pela filha, Ariel. Entre suas esquisitices prediletas está o fanatismo por Guerra nas Estrelas e uma medalha de ouro como Campeão Paulista Universitário de Arco e Flecha.

    O que faz: Jornalista profissional há 12 anos, correspondente internacional em Los Angeles, crítico de cinema e vivendo o grande sonho de cobrir o mundo do entretenimento em Hollywood.

    Pecado gastronômico: Morango com Creme de Leite! Diretamente do Olimpo!

    Melhor lugar do Brasil: There´s no place like home. Onde quer que seja, nosso lar é sempre o melhor lugar.

  • Atualizado em 6 Set 2011.

    Compartilhe

    Comentários

    Outras notícias recomendadas

    Veja os melhores cosplays da Comic Con Experience 2016 (CCXP)

    Evento acontece no São Paulo Expo entre 1 e 4 de dezembro

    CCXP 2016 surpreende com vídeos exclusivos no segundo dia de evento

    Cena de novo “Homem-Aranha” e trailer de “Planeta dos Macacos: A Guerra” foram destaques na sexta-feira

    "Jumanji" tem estreia no Brasil adiada para 2018

    Anúncio foi feito pela Sony durante a CCXP

    Assista à entrevista exclusiva com Fiuk e Sandy sobre a animação "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta"

    Filme estreia no dia 22 de dezembro nos cinemas

    "A Múmia": Remake com Tom Cruise ganha teaser e pôster

    Estreia está agendada para junho de 2017

    Cahiers du Cinéma elege os melhores filmes de 2016

    O brasileiro "Aquarius" aparece em quarto lugar na lista