Guia da Semana

“O Mágico de Oz” ganha sessão sincronizada com álbum de Pink Floyd no MIS

“The Dark Side of the Moon” será executado ao vivo pela banda Pink Floyd Cover

No dia 18 de setembro, o MIS recebe mais uma edição do Cinematographo especial “Dark Side of Oz” – que combina a projeção do filme “O Mágico de Oz”, de 1939, com a execução ao vivo do álbum “The Dark Side of The Moon”, pela banda Pink Floyd Cover. Os dois formam uma das sincronizações mais lendárias da história do cinema e da música, mesmo que as duas obras tenham sido lançadas em épocas totalmente diferentes.

O Cinematographo é um projeto mensal do MIS que apresenta sessões de filmes acompanhadas por músicos ao vivo, cuja entrada é totalmente gratuita. Para garantir seu ingresso, basta retirá-lo com uma hora de antecedência no local. A exibição começa às 16h no Auditório.

O evento integra a programação do Samsung Conecta, que acontece entre agosto e novembro no MIS, no Auditório do Ibirapuera, na Cinemateca Brasileira e no Mirante 9 de Julho.

 

Cinematographo Especial Dark Side of Oz

Quando? Domingo, 18 de setembro

Onde? Auditório MIS

Quanto? Grátis

Atualizado em 9 Set 2016.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Após polêmica, Bernardo Bertolucci desmente estupro em "Último Tango em Paris"

Diretor julgou repercussão como um "mal-entendido ridículo"

"Guardiões da Galáxia Vol. 2" tem o trailer mais assistido da história da Marvel

Continuação do longa de 2014 chega aos cinemas em abril de 2017

"Sully - O Herói do Rio Hudson" ganha nova data de estreia no Brasil

Filme em que Tom Hanks evita acidente aéreo teve lançamento adiado após tragédia com Chapecoense

Apresentador Jimmy Kimmel comandará o Oscar 2017

Notícia foi confirmada pela revista Variety

Assista à nova prévia de "Tamo Junto", comédia estrelada por Sophie Charlotte

Longa apresenta humor repleto de referências da cultura pop

Bertolucci revela que houve estupro em cena de "Último Tango em Paris" e revolta Hollywood

"Queria sua reação como garota, não como atriz", disse o diretor