Guia da Semana

Polêmica na fronteira

Com um elenco diferenciado, Machete chega às telonas cheio de sangue e cenas que, ao invés de assustar, garantem risadas em um filme de baixo custo, que mostra, sem querer, a atual situação da fronteira entre México e Estados Unidos

Mesmo com sua vida conturbada, entre drogas, prisão, prestação de serviços à comunidade,  Lindsay Lohan está nas telonas, em Machete, longa dirigido por Robert Rodriguez, que critica a ganância, mostrando os grandes conflitos existentes entre mexicanos ilegais e a polícia dos Estados Unidos.

Sangrento e cheio de cenas fortes, o filme, que estreou nos Estados Unidos em setembro e chega aos cinemas brasileiros, nesta sexta, 15 de outubro. Por coincidência, esta estreia aconteceu quando duas notícias se destacaram nos principais jornais de todo o mundo: a chacina que deixou 72 mortos na fronteira entre México e Estados Unidos e a legislação adotada pelo estado norte-americano do Arizona contra esse problema, em que a polícia local poderá prender ou deportar os ilegais - além de punir moradores da região que contratem ou ajudem um cidadão ilegal. Saiba mais sobre o filme e o elenco escolhido para a produção.



História sangrenta

Danny Trejo é o ex-agente federal Machete, que após muitas brigas com o traficante mexicano Torrez - interpretado por Steven Seagal - foge para o Texas, onde recomeça sua vida. Porém, ele encontra um sistema corrupto e percebe que pode ganhar dinheiro fácil aceitando a proposta de matar um político local que pretende deportar os mexicanos. Esse papel é de Robert De Niro. Mas, Machete não sabia que isso era uma armadilha para fortalecer a imagem do político e mostrar que os imigrantes devem mesmo ser exterminados.

O personagem principal passa a ser procurado pela polícia, o que acaba em uma guerra com muitas mortes e sangue. Ele contará com a ajuda de Sartana Rivera (Jéssica Alba), Luz (Michelle Rodriguez), o padre da cidade (Cheech Marin) e April Booth (Lindsay Lohan) para provar sua inocência.

Elenco

Mexicano radicado nos Estados Unidos, Robert Rodriguez é um diretor que se destacou por fazer filmes baratos para os padrões hollywoodianos, além de ser amigo de Quentin Tarantino - uma de suas muitas influências na construção de produções com tiroteios e mortes bizarras.

"Outra forte característica da filmografia de Rodriguez é trabalhar com o 'cinema de gênero', ou seja, com gêneros mais específicos entre cult e nerd, como ficção científica infanto-juvenil, filme de gângster, faroeste moderno, comédia de humor negro, terror, entre outros", explica o crítico de cinema Christian Petermann. Danny Trejo, ator coadjuvante em filmes do próprio Rodriguez como A Balada do Pistoleiro e Um Drinque no Inferno, ganhou seu papel principal graças a seu personagem em Pequenos Espiões 1, 2 e 4, de onde vieram algumas das características de Machete.




Michelle Rodriguez, atriz que se destacou em personagens briguentos que sempre estão com uma arma na mão, como em Avatar e até mesmo na série Lost, não podia ficar de fora. Luz, é durona e também tem habilidades com armas. Mas a surpresa do elenco é a presença de Robert De Niro, o veterano ator que resolveu experimentar neste filme de baixo custo. Jéssica Alba também foi outro destaque da produção, vivendo a agente do Departamento de Imigração. Ela se divide entre a lei e o coração ao se envolver com Machete.

"O diretor ainda brincou no elenco selecionando atores tão diferentes quanto, como a problemática Lindsay Lohan, ainda querida mesmo depois de tantas capas de tabloides", destaca o crítico. Lindsay interpreta a patricinha April, que aparece seminua em grande parte do filme, mas acaba se vestindo de freira para ajudar os imigrantes contra os policiais que desejam fechar a fronteira e dominar o tráfico de drogas da região.



Robert Rodriguez evita falar da atriz. Em uma entrevista, durante a estreia nos Estados Unidos, ele apenas destacou que a atriz sempre teve problemas e ele escreveu o papel para ela, que gostou da ideia.

Para Christian Peterman, o diretor teve uma atitude típica de Quentin Tarantino, dando oportunidades para atores já esquecidos, fora de forma e até mesmo aposentados. "Entre eles estão Don Johnson (Miami Vice), Jeff Fahey, o comediante Cheech Marin (da dupla Cheech & Chong) e, em especial aqui, Steven Seagal, ainda na ativa na produção classe C, e que está totalmente fora de forma". Mas o bom de Rodriguez é que ele escolhe os filmes que quer fazer, como e com quem fazer. Ele brinca, e o espectador se diverte nessa!", finaliza o crítico.

Veja abaixo o trailer de Machete:

Atualizado em 10 Abr 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Veja os melhores cosplays da Comic Con Experience 2016 (CCXP)

Evento acontece no São Paulo Expo entre 1 e 4 de dezembro

CCXP 2016 surpreende com vídeos exclusivos no segundo dia de evento

Cena de novo “Homem-Aranha” e trailer de “Planeta dos Macacos: A Guerra” foram destaques na sexta-feira

"Jumanji" tem estreia no Brasil adiada para 2018

Anúncio foi feito pela Sony durante a CCXP

Assista à entrevista exclusiva com Fiuk e Sandy sobre a animação "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta"

Filme estreia no dia 22 de dezembro nos cinemas

"A Múmia": Remake com Tom Cruise ganha teaser e pôster

Estreia está agendada para junho de 2017

Cahiers du Cinéma elege os melhores filmes de 2016

O brasileiro "Aquarius" aparece em quarto lugar na lista