Guia da Semana

Polêmica na fronteira

Com um elenco diferenciado, Machete chega às telonas cheio de sangue e cenas que, ao invés de assustar, garantem risadas em um filme de baixo custo, que mostra, sem querer, a atual situação da fronteira entre México e Estados Unidos

Mesmo com sua vida conturbada, entre drogas, prisão, prestação de serviços à comunidade,  Lindsay Lohan está nas telonas, em Machete, longa dirigido por Robert Rodriguez, que critica a ganância, mostrando os grandes conflitos existentes entre mexicanos ilegais e a polícia dos Estados Unidos.

Sangrento e cheio de cenas fortes, o filme, que estreou nos Estados Unidos em setembro e chega aos cinemas brasileiros, nesta sexta, 15 de outubro. Por coincidência, esta estreia aconteceu quando duas notícias se destacaram nos principais jornais de todo o mundo: a chacina que deixou 72 mortos na fronteira entre México e Estados Unidos e a legislação adotada pelo estado norte-americano do Arizona contra esse problema, em que a polícia local poderá prender ou deportar os ilegais - além de punir moradores da região que contratem ou ajudem um cidadão ilegal. Saiba mais sobre o filme e o elenco escolhido para a produção.



História sangrenta

Danny Trejo é o ex-agente federal Machete, que após muitas brigas com o traficante mexicano Torrez - interpretado por Steven Seagal - foge para o Texas, onde recomeça sua vida. Porém, ele encontra um sistema corrupto e percebe que pode ganhar dinheiro fácil aceitando a proposta de matar um político local que pretende deportar os mexicanos. Esse papel é de Robert De Niro. Mas, Machete não sabia que isso era uma armadilha para fortalecer a imagem do político e mostrar que os imigrantes devem mesmo ser exterminados.

O personagem principal passa a ser procurado pela polícia, o que acaba em uma guerra com muitas mortes e sangue. Ele contará com a ajuda de Sartana Rivera (Jéssica Alba), Luz (Michelle Rodriguez), o padre da cidade (Cheech Marin) e April Booth (Lindsay Lohan) para provar sua inocência.

Elenco

Mexicano radicado nos Estados Unidos, Robert Rodriguez é um diretor que se destacou por fazer filmes baratos para os padrões hollywoodianos, além de ser amigo de Quentin Tarantino - uma de suas muitas influências na construção de produções com tiroteios e mortes bizarras.

"Outra forte característica da filmografia de Rodriguez é trabalhar com o 'cinema de gênero', ou seja, com gêneros mais específicos entre cult e nerd, como ficção científica infanto-juvenil, filme de gângster, faroeste moderno, comédia de humor negro, terror, entre outros", explica o crítico de cinema Christian Petermann. Danny Trejo, ator coadjuvante em filmes do próprio Rodriguez como A Balada do Pistoleiro e Um Drinque no Inferno, ganhou seu papel principal graças a seu personagem em Pequenos Espiões 1, 2 e 4, de onde vieram algumas das características de Machete.




Michelle Rodriguez, atriz que se destacou em personagens briguentos que sempre estão com uma arma na mão, como em Avatar e até mesmo na série Lost, não podia ficar de fora. Luz, é durona e também tem habilidades com armas. Mas a surpresa do elenco é a presença de Robert De Niro, o veterano ator que resolveu experimentar neste filme de baixo custo. Jéssica Alba também foi outro destaque da produção, vivendo a agente do Departamento de Imigração. Ela se divide entre a lei e o coração ao se envolver com Machete.

"O diretor ainda brincou no elenco selecionando atores tão diferentes quanto, como a problemática Lindsay Lohan, ainda querida mesmo depois de tantas capas de tabloides", destaca o crítico. Lindsay interpreta a patricinha April, que aparece seminua em grande parte do filme, mas acaba se vestindo de freira para ajudar os imigrantes contra os policiais que desejam fechar a fronteira e dominar o tráfico de drogas da região.



Robert Rodriguez evita falar da atriz. Em uma entrevista, durante a estreia nos Estados Unidos, ele apenas destacou que a atriz sempre teve problemas e ele escreveu o papel para ela, que gostou da ideia.

Para Christian Peterman, o diretor teve uma atitude típica de Quentin Tarantino, dando oportunidades para atores já esquecidos, fora de forma e até mesmo aposentados. "Entre eles estão Don Johnson (Miami Vice), Jeff Fahey, o comediante Cheech Marin (da dupla Cheech & Chong) e, em especial aqui, Steven Seagal, ainda na ativa na produção classe C, e que está totalmente fora de forma". Mas o bom de Rodriguez é que ele escolhe os filmes que quer fazer, como e com quem fazer. Ele brinca, e o espectador se diverte nessa!", finaliza o crítico.

Veja abaixo o trailer de Machete:

Atualizado em 10 Abr 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

15 Filmes para ver em streaming e curtir o feriado no sofá

Neste Dia do Trabalho, assista aos melhores filmes em cartaz nos serviços de streaming

“La La Land” chega ao streaming para deixar seu feriado mais perfeito

Filme com Emma Stone e Ryan Gosling estreia no Looke, Now, Vivo Play e Google Play.

10 Filmes da seleção de Cannes que você vai querer ver em 2017

Biografia de Godard e novos filmes de Michael Haneke e Roman Polanski são destaques no festival

Filmes exibidos em Cannes têm desconto no streaming no mês de maio

Now e ITunes fazem promoção cinéfila para acompanhar o festival

26 remakes ou reboots que você nem acredita que estão nos planos de Hollywood

"Os Pássaros", "A Mosca" e "Eu Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado" estão entre os filmes que podem ganhar novas versões nos cinemas

“Corra!” – terror sobre preconceito racial é uma das melhores coisas que você verá nos cinemas neste ano

Filme de Jordan Peele estreia no dia 18 de maio nos cinemas