Guia da Semana

Relembre os filmes com Fábio Porchat

Nova comédia com o humorista, "Meu Passado me Condena", estreia no dia 25 de outubro nos cinemas

Sucesso na internet com o canal do Youtube Porta dos Fundos, Fábio Porchat aparece mais uma vez nas telonas com Meu Passado me Condena, que estreia dia 25 de outubro. Ao lado de Miá Mello, o humorista interpreta Fábio, que se casa com a personagem de Miá um mês depois de conhecê-la e viaja em lua de mel em um cruzeiro para a Europa.

+ Os melhores filmes do Sérgio Malandro
Relembre os melhores filmes com Christopher Lloyd 
+ Maiores bilheterias de cinema do fim de semana

O filme, derivado da série homônima do canal Multishow, não é o primeiro do humorista. Ator e roteirista, Porchat já participou da produção de diversos programas de TV e atuou em longas como Vai Que Dá Certo, que reuniu mais de 2 milhões de espectadores, e Teste de Elenco, que foi lançado exclusivamente na internet.

O Guia da Semana selecionou os principais filmes em que Fábio Porchat atuou, nos cinemas e na internet.


Confira:

Meu Passado me Condena (2013)

A comédia mostra as situações cômicas e embaraçosas que o jovem casal Fábio e Miá vivem em sua lua de mel em um cruzeiro. No navio, ela reencontra seu ex-namorado, o bem-sucedido Beto, que está casado com a estonteante Laura, antiga paixão não correspondida de Fábio.




O Concurso (2013)

Com o concorrido processo para se tornar juiz no Brasil como mote, o filme conta a saga de quatro finalistas, que chegam ao Rio de Janeiro vindo de Estados diferentes e se conhecem às vésperas da prova. Além de Fábio Porchat, o longa traz Danton Mello, Anderson Di Rizzi, Rodrigo Pandolfo e Sabrina Sato no elenco.




Vai Que Dá Certo (2012)

Lucio Mauro Filho, Danton Melo, Felipe Abib, Gregório Duvivier e Fábio Porchat vivem cinco amigos de adolescência que se reencontram e descobrem que compartilham a frustração de não terem alcançado o sucesso que projetaram para suas vidas. A possibilidade de recuperar o tempo perdido surge por meio de uma tentadora e arriscada proposta: o assalto a uma transportadora de valores.




Totalmente Inocentes (2012)

Uma sátira dos sucessos do cinema brasileiro Tropa de Elite e Cidade de Deus, Totalmente Inocentes traz Fábio Porchat como o traficante Do Morro, novo líder de uma favela. Na trama, o garoto Da Fé é apaixonado pela irmã mais velha de seu melhor amigo e vive uma aventura para tentar se transformar em um traficante e conquistar a moça que, aparentemente, gosta de homens poderosos como Do Morro.




Teste de Elenco - O Filme (2011)

No filme lançado exclusivamente na Internet, Porchat é um diretor fazendo testes de elenco com garotas que sonham ser atrizes, como Letícia (Tatá Werneck). Porém, no decorrer da história elas se mostram psicóticas e capazes de tudo para conseguir o papel.




O Lobinho Nunca Mente (2007)

Um rapaz acorda paralisado no chão depois de sofrer um acidente doméstico e espera por ajuda durante três dias enquanto faz uma reflexão sobre sua vida. Com roteiro e direção de Ian SBF (Porta dos Fundos) e atuação e direção de Fábio Porchat, o curta-metragem recebeu o 2º lugar no Festival de Curtas da AXN, entre outros prêmios em festivais no Brasil e no exterior. Confira o curta completo:



Atualizado em 24 Out 2013.

Por Luísa Venter
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

10 Motivos para ver a animação “Sing – Quem Canta Seus Males Espanta”

Filme chega aos cinemas no dia 22 de dezembro

“Pets” tem sessão gratuita para incentivar a adoção de animais

Cine Matilha exibe a animação em sessão aberta para cães e seus donos

7 Fatos sobre “Fallen” que você precisa saber antes de ir aos cinemas

Adaptação do primeiro livro da saga adolescente estreia no dia 8 de dezembro

4 Motivos para ver “A Qualquer Custo” nos cinemas

Filme com Chris Pine e Jeff Bridges chega aos cinemas em janeiro

"50 Tons Mais Escuros" ganha trailer inédito; confira

Novo vídeo do longa está mais caliente do que nunca!

Clássico de Chaplin tem sessão gratuita no Auditório Ibirapuera

Exibição encerra a programação do centenário de Paulo Emílio Sales Gomes