Guia da Semana

“Star Trek – Sem Fronteiras” assume tom mais leve que seus antecessores e lembra série de TV

Terceiro filme da nova trilogia chega aos cinemas no dia 1º de setembro

Quando J.J. Abrams trouxe de volta aos cinemas a marca “Star Trek” (até então mais conhecida por aqui como “Jornada nas Estrelas”), num tempo em que a hegemonia nerd apenas começava a se estabelecer (“Homem de Ferro” tinha sido lançado no ano anterior), fãs vibraram e mal puderam conter a emoção de ver um clássico da ficção científica devidamente tratado como um blockbuster.

A história se repetiu alguns anos depois, com “Star Trek: Além da Escuridão”, mas alguma rejeição já começou a se formar com acusações ao diretor de buscar uma linguagem mais próxima do concorrente “Star Wars” (que ele mesmo dirigiria em seguida) do que de suas origens trekkers. Ainda assim, o filme foi um sucesso. Agora, chega aos cinemas o terceiro filme desta “nova geração”, sem Abrams e com duas tragédias recentes (as mortes de Leonard Nimoy, o Spock da primeira geração, e Anton Yelchin, que interpretava Chekov na nova versão) para marcar a produção.

Perdidos no espaço

Star Trek – Sem Fronteiras” consegue contornar as desgraças e adota um tom otimista. De trama fácil e cheia de pequenas lições, talvez agrade mais aos fãs de longa data: a sensação, afinal, é a de estar assistindo a um episódio de televisão como nos velhos tempos - divertido, mas seguro.

O filme se passa no terceiro ano da expedição de cinco anos da Enterprise por lugares inexplorados do universo. Nesse momento, Kirk (Chris Pine) e toda a sua tripulação começam a sentir o peso (ou a falta dele) de uma longa estadia no espaço. O capitão, em especial, questiona se, o universo sendo infinito, sua missão não seria inútil e fadada ao fracasso, já que nunca estaria concluída. Spock (Zachary Quinto), por sua vez, sofre com a morte de seu “eu” futuro (uma bonita homenagem a Nimoy) e se pergunta se não deveria continuar o trabalho de resgate da cultura vulcana, ao invés de construir a própria história.

É claro que o público já conhece as respostas e não tem dúvidas de que a exploração vai continuar – com Kirk e Spock em seus lugares cativos – por muitos filmes e muitos anos-luz. Essas questões, entretanto, servem para dar um tom mais reflexivo pelo menos aos primeiros minutos. Elas não duram muito e, logo, entra a mão de Justin Lin (conhecido pela franquia “Velozes e Furiosos”) e começa a ação.

Ação e aventura

Como no primeiro filme da nova trilogia, a Federação responde a um pedido de socorro que se revela uma armadilha. Com a nave destruída, os tripulantes da Enterprise pousam num planeta desconhecido em diferentes pontos e precisam se reencontrar antes de descobrir uma forma de retornar à base (onde estão suas famílias, incluindo o marido e a filha de Sulu). No caminho, Scotty (Simon Pegg) conhece Jaylah (Sofia Boutella), uma sobrevivente que os ajudará a combater o inimigo e salvar a Federação.

“Star Trek – Sem Fronteiras” sofre um pouco com o excesso de filmes “nerds” lançados nos últimos anos e, em particular, se assemelha mais do que deveria ao representante espacial da Marvel, “Guardiões da Galáxia”. Se a repetição não incomodar, porém, o filme poderá ser um sucesso ainda maior que seus antecessores, já que resgata uma inocência própria da série original e oferece duas irresistíveis horas de entretenimento sem preocupações. O filme estreia no dia 1º de setembro nos cinemas.

Atualizado em 2 Set 2016.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

“Logan” e “A Bela e A Fera” são os filmes mais vistos nos cinemas em 2017; confira os números

Veja o balanço completo das bilheterias mundiais em 2017

15 Filmes que dão uma aula sobre preconceito racial

Títulos como “Moonlight” e “Estrelas Além do Tempo” têm colocado o tema no centro das atenções

Marvel Studios divulga pôsteres incríveis de "Guardiões Galáxia Vol 2"

Filme estreia nos EUA em 27 de abril

10 Filmes que você vai querer ver nos cinemas em abril

"Joaquim" e "Guardiões da Galáxia Vol. 2" estão entre os destaques do mês

Pennywise está assustador em nova foto de "It: Uma Obra-Prima do Medo"

Adaptação do livro de Stephen King estreia em setembro

Aquaman rouba a cena em novo teaser de "Liga da Justiça"; assista

Filme estreia no dia 16 de novembro