Guia da Semana

Taylor Lautner divulga Amanhecer: Parte 2 no Brasil

Ator fala sobre a experiência na saga Crepúsculo e momentos marcantes da gravação do último filme da franquia

O ator Taylor Lautner, que vive o personagem Jacob na saga Crepúsculo, participou de coletiva de imprensa hoje (24), no Rio de Janeiro, para divulgar o filme Amanhecer Parte 2, último longa-metragem da saga Crepúsculo.

>> Saiba tudo sobre Crepúsculo em nossa página especial
>> Veja novidades exclusivas de Amanhecer - Parte 2
>> Começa venda de ingressos para Amanhecer - Parte 2

Dirigido por Bill Condor, esse é o único filme da franquia que ganhou produção da escritora Stephenie Meyer. “Foi incrível ter Stephenie na produção por tempo integral! Eu conheço bem o Jacob, mas não como ela que é a grande cabeça (da história)”, contou Taylor Lautner.

Com o grande lançamento marcado para 15 de novembro, espera-se que Amanhecer Parte 2 bata recorde em relação aos episódios anteriores vendendo 10 milhões de ingressos. No ano passado, Amanhecer Parte 1 foi o maior lançamento do Brasil com R$ 7,1 milhões de ingressos vendidos e renda acumulada em R$ 66 milhões.

Experiência
Para Taylor Lautner, a experiência desses cinco filmes foi bem além das expectativas e ele ainda fez amizades fantásticas durante as gravações, mas pontua bem humorado “eu não vou sentir falta de tirar minha camiseta!”.


O ator Taylor Lautner em divulgação do filme Amanhecer Parte 2 

Entre as cenas marcantes de Amanhecer Parte 2, ele lembra uma ao lado de Bella, quando ela percebe que ele fez um imprinting (quando um lobisomem se apaixona perdidamente por uma pessoa) em Renesmee, “ela me leva para o jardim para mostrar quem é que manda e é uma cena engraçada para mim, ser jogado de um lado para o outro e levar uma surra da Kristen!”, diz. “Mas eu diria que as cenas dramáticas são as mais difíceis. Eu não tive tanta sorte nos últimos dois filmes, porque nas cenas de ação meu personagem (Jacob) se transforma em lobo e infelizmente não sou eu”, completa.

Projetos
Depois de todos esses anos dedicados ao projeto Crepúsculo – o primeiro filme foi lançado em 2008-, Lautner sonha em trabalhar com diretores como Steven Spielberg e encarar novos desafios como ator. “O que eu adoro em ser ator é poder explorar, adoro tudo que tem a ver com cinema e em uma grande variedade de gêneros. Como uns dos meus atores favoritos, Tom Cruise, Denzel Washington, Matt Damon, olho para a carreira deles e eles já fizeram de tudo e é esse meu objetivo”, conta.

Taylor também se diz um grande fã do Brasil e que adoraria trabalhar com talentos do cinema brasileiro. E quando perguntado sobre sua suposta participação em um filme baseado no livro 50 Tons de Cinza, ele afirma que não houve nenhuma conversa sobre o assunto e que nem chegou a ler o livro.

Atualizado em 13 Nov 2012.

Por Mariana Morais
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Após polêmica, Bernardo Bertolucci desmente estupro em "Último Tango em Paris"

Diretor julgou repercussão como um "mal-entendido ridículo"

"Guardiões da Galáxia Vol. 2" tem o trailer mais assistido da história da Marvel

Continuação do longa de 2014 chega aos cinemas em abril de 2017

"Sully - O Herói do Rio Hudson" ganha nova data de estreia no Brasil

Filme em que Tom Hanks evita acidente aéreo teve lançamento adiado após tragédia com Chapecoense

Apresentador Jimmy Kimmel comandará o Oscar 2017

Notícia foi confirmada pela revista Variety

Assista à nova prévia de "Tamo Junto", comédia estrelada por Sophie Charlotte

Longa apresenta humor repleto de referências da cultura pop

Bertolucci revela que houve estupro em cena de "Último Tango em Paris" e revolta Hollywood

"Queria sua reação como garota, não como atriz", disse o diretor