Guia da Semana

Viagem fantástica

Filme mostra as belezas do Rio de Janeiro ao contar a história do pássaro que não sabe voar

Fotos: Divulgação
 
As ararinhas-azuis Blu e Jade passeiam pelo Rio de Janeiro.

Uma declaração de amor para uma das cidades mais bonitas do mundo. Essa é a principal impressão que o espectador tem ao assistir Rio, novo filme do diretor Carlos Saldanha. A famosa paisagem do Pão de Açúcar, recriada fielmente em beleza e detalhes, ou do Corcovado, e sua bela vista, não deixam o espectador se enganar: estamos no Rio de Janeiro. O longa-metragem estreia nos cinemas brasileiros dia 8 de abril, em cópias 2D e 3D, e conta a história de um pássaro que não sabe voar e sua pacata dona durante a maior aventura de suas vidas.

No filme conhecemos Blu, uma ararinha-azul domesticada que tem uma vida tranquila e confortável ao lado de Linda, que é proprietária de uma livraria no estado de Minnesota, Estados Unidos. Os dois imaginam que ele é o último macho de sua espécie até encontrarem o brasileiro Túlio (dublado pelo ator Rodrigo Santoro, tanto na versão em inglês quanto em português), um ornitólogo que revela a existência da provável última fêmea de ararinha-azul no Rio de Janeiro.


Blue é tão domesticado que até escova os dentes junto com sua dona, Linda.

Após muito ponderar, Linda e Blu partem com Túlio para a cidade maravilhosa. O principal objetivo é juntar as duas ararinhas-azuis e perpetuar a espécie, que está extinção. No entanto, mal chega ao destino, Blu é sequestrado junto com Jade, a tal fêmea da mesma espécie, por um bando de atrapalhados contrabandistas de animais. Os bandidos ainda contam com a ajuda de Nigel, uma cacatua australiana que adora prejudicar os pássaros mais bonitos que ele.

Os dois acabam fugindo e iniciam uma adorável jornada pelo Rio de Janeiro, sempre amparados por um grupo de espertos e simpáticos pássaros da cidade. Ao lado dos novos amigos, Blu precisa descobrir a coragem para aprender a voar, enganar os sequestradores que continuam em seu encalço e voltar para Linda, a melhor amiga que um pássaro pode ter.

Toque de realidade



A cidade do Rio de Janeiro mostrada por Carlos Saldanha é bela e simpática, sim, porém faz questão de deixar bem visíveis suas diferenças sociais, como favelas, a comercialização de animais silvestres e o roubo a turistas, por meio de um bando de macacos malandros, que usam a capoeira para distrair e furtar as pessoas desatentas. No entanto, todos esses aspectos são apresentados com bastante bom humor e leveza.

Isso porque Rio apresenta um ótimo trabalho de animação. Durante as sequências, podemos conferir diversos pontos da cidade retratados de maneira incrivelmente realista e colorida. E os realizadores não se detiveram em mostrar apenas os pontos turísticos tradicionais. Também é possível dar um passeio pelos Arcos da Lapa, Praia de Copacabana e até no bairro de Santa Teresa, retratado de forma bastante fiel.

Elenco de estrelas

 
A atriz Anne Hathaway durante o processo de dublagem de Rio.

Outro destaque do filme fica por conta do elenco de dubladores. Além de Rodrigo Santoro, o time na versão em inglês é formado por diversas estrelas de Hollywood, como Anne Hathaway e Jesse Eisenberg. O último, inclusive, dá o tom perfeito ao personagem Blu: inseguro e ainda um pouco assustado. Ao lado deles, trabalham o ator Jamie Foxx, o produtor e músico Will.i.am, o ator e músico Jemaine Clement, a atriz e comediante Leslie Mann e o ator e entrevistador George Lopez. Na dublagem brasileira, Santoro ganha a companhia de Gustavo Pereira, Sylvia Salustii, Adriana Torres e Guilherme Briggs, entre outros.

A parte musical de Rio é outro deleite para o espectador. Sérgio Mendes, o produtor musical do filme, reuniu grandes nomes da música brasileira e mundial, que mostram canções contagiantes na trilha sonora, cantadas por Will.i.am, Bebel Gilberto, Taio Cruz, Ester Dean, Siedah Garrett, Jemaine Clement e Carlinhos Brown. Inclusive, para o bem dos não adeptos ao ritmo, o funk carioca sai de cena para dar espaço a uma mistura de samba e hip hop norte-americano.

Grandioso



A campanha de lançamento de Rio nas salas de cinemas do país mostra-se tão grandiosa quanto o filme. No total, o longa-metragem será exibido em mais de mil salas, sendo 676 salas na versão 35mm e 332 em digital 3D. Para efeito de comparação, A Era do Gelo 3, também dirigido por Carlos Saldanha, foi lançado em 768 salas e, até o presente momento, é a animação de maior sucesso no Brasil, tendo atingido a marca de 9.279.602 espectadores. Como podemos ver, Rio tem tudo para superar essa meta.




Rio
Título original: Rio
Direção: Carlos Saldanha
Dublagem Original: Anne Hathaway, Jesse Eisenberg, Leslie Mann, Jamie Foxx e Rodrigo Santoro.
Tempo de duração: 96 min
Ano de lançamento: 2011

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

“Logan” e “A Bela e A Fera” são os filmes mais vistos nos cinemas em 2017; confira os números

Veja o balanço completo das bilheterias mundiais em 2017

15 Filmes que dão uma aula sobre preconceito racial

Títulos como “Moonlight” e “Estrelas Além do Tempo” têm colocado o tema no centro das atenções

Marvel Studios divulga pôsteres incríveis de "Guardiões Galáxia Vol 2"

Filme estreia nos EUA em 27 de abril

10 Filmes que você vai querer ver nos cinemas em abril

"Joaquim" e "Guardiões da Galáxia Vol. 2" estão entre os destaques do mês

Pennywise está assustador em nova foto de "It: Uma Obra-Prima do Medo"

Adaptação do livro de Stephen King estreia em setembro

Aquaman rouba a cena em novo teaser de "Liga da Justiça"; assista

Filme estreia no dia 16 de novembro