Guia da Semana

Procurando Nemo

Divertidíssimo desenho animado da Pixar em que um peixe-palhaço tenta encontrar o filho, pescado por um dentista.

Procurando Nemo

Diretor: Andrew Stanton e Lee Unkrich

País de origem: EUA

Ano de produção: 2003

Classificação: Livre

Marlin é um peixe-palhaço feliz com sua nova casa na Grande Barreira de Coral (perto da Austrália) até que uma tragédia familiar o deixa apenas com um filhote, o pequeno Nemo. Para não perdê-lo também, Marlin é o tipo do pai preocupado (já que Nemo tem uma nadadeira menor que a outra) e superprotetor - o primeiro dia do peixinho na escola, por exemplo, é um martírio. Afinal, o mundo lá fora é cruel, cheio de predadores e sabe lá o que mais. Nemo, cansado dos sermões do pai, abusa da sorte para mostrar que pode se virar sozinho, mas acaba capturado por um pescador. Bem na frente do pai!

>> Confira as estreias da semana
>> Veja os filmes que estão em cartaz
>> Saiba quais foram os filmes mais vistos do fim de semana

Decidido a não perder o pouco que restou da sua família, Marlin inicia uma missão impossível: achar o filho. Para isso, ele conta com a ajuda de Dory, um peixe azul com olhos grandes, que sofre de perda de memória recente (como o Leonard de Amnésia). Eles não sabem que Nemo foi parar no consultório de um dentista da bela Sydney, a maior cidade da Austrália. Lá, o peixinho faz amizade com os outros habitantes do aquário, incluindo Gill, que não desistiu de escapar de lá e voltar para o mar. E é bom que Marlin ache Nemo logo, pois um destino muito cruel o aguarda: ser o bichinho de estimação da sobrinha do dentista, famosa por não saber cuidar de peixes muito bem.

Desenho da Pixar: isto basta para você saber que Procurando Nemo é imperdível, seja legendado (com vozes, entre outros, de Willem Dafoe e Ellen DeGeneres) ou dublado. O estúdio que criou Monstros S.A. e Toy Story mais uma vez capricha no visual, nas piadas (algumas delas só os adultos entendem) e nos personagens secundários, como os tubarões abstêmios, as tartarugas marinhas, o pelicano Nigel e as gaivotas. Não faltam referências a filmes anteriores do estúdio, a Alfred Hitchcock, a Wallace & Gromit (de Nick Park, autor de A Fuga das Galinhas) e ao grupo inglês Monty Python, do qual o diretor e roteirista Andrew Stanton é fã. Infelizmente não há surpresas para a platéia depois dos créditos, mas não se atreva a levantar da poltrona quando Beyond the Sea começar a tocar: os próprios créditos merecem ser assistidos até o fim!

Compartilhe

Comentários

Nova aventura de Bridget Jones estreia nesta quinta-feira

Nova aventura de Bridget Jones estreia nesta quinta-feira

Personagem se prepara para ter seu primeiro filho no terceiro filme da série

HBO terá sinal aberto em outubro para estreia de novas séries

HBO terá sinal aberto em outubro para estreia de novas séries

Canais HBO e Max terão acesso livre nos dias 1 e 2 de outubro para o lançamento de “Westworld” e “Magnífica 70”

“Demônio de Neon”: filme que causou repulsa em Cannes chega ao Brasil (e você precisa assistir!)

“Demônio de Neon”: filme que causou repulsa em Cannes chega ao Brasil (e você precisa assistir!)

Novo filme do diretor de “Drive” estreia no dia 29 de setembro nos cinemas

Figurões de Hollywood elegem os melhores filmes de todos os tempos

Figurões de Hollywood elegem os melhores filmes de todos os tempos

"O Poderoso Chefão" e "O Mágico de Oz" lideram - veja o TOP 10!

9 Lições de vida que aprendemos com Bridget Jones

9 Lições de vida que aprendemos com Bridget Jones

Personagem está de volta em "O Bebê de Bridget Jones", que estreia no dia 29

“Pequeno Segredo” leva ao Oscar um melodrama brasileiro com jeito de novela

“Pequeno Segredo” leva ao Oscar um melodrama brasileiro com jeito de novela

Filme de David Schurmann estreia em novembro nos cinemas