Guia da Semana

50 anos sem Édith Piaf

A trágica vida da cantora que apresentou o estilo chanson para o mundo

Grande parte da vida de uma das maiores cantoras da história foi uma desgraceira só. Édith Piaf foi abandonada pelos pais, ficou cega por um ano, nunca foi feliz no amor e foi dependente química alcoólatra a vida inteira. Sentiu o drama?

+ Centenário Vínicius de Moraes
+ Ney Matogrosso: um dos maiores artistas do Brasil 

Mas Édith nunca deixou-se abalar com todo esse perrengue e sempre seguiu sua vida de cabeça erguida. Sua história vinha em forma de música e assim ela canalizava toda a sua dor na arte. Foi assim que ela se transformou no ícone do “nouvelle chanson”, estilo musical muito popular na França.

Infância

Filha de um contorcionista e uma cantora de cabaré, Piaf foi abandonada por eles ainda recém nascida e por 18 meses ficou num bordel em que sua avó era proprietária. Logo em seguida, seu pai veio busca-la para deixa-la com a mãe, que largou a menina nas mãos das prostitutas que moravam no mesmo prostíbulo de sua mãe.

Alguns anos depois, seu pai, que não era bobo nem nada, percebeu que Édith cantarolava pelos cantos e logo passou a leva-la em suas apresentações por circos itinerantes na França. Aos 14 anos de idade, Édith cantou pela primeira vez em público e nunca mais parou.

Caindo no mundo

Obviamente que, por ser obrigada a ser responsável por sua própria vida desde muito cedo e com tanta “vivência” adquirida durante seus anos solta na vida, Piaf cortou de vez o cordão umbilical com sua família e caiu no mundo aos 15 anos.

Aos 16, casou-se com um entregador. O relacionamento não durou quase nada mas foi o suficiente para Piaf ficar grávida e ter uma filha, que morreu com dois anos vítima de meningite.

Apesar da cantora não tocar muito no assunto, durante essa fase ela foi pedir ajuda a um cafetão, também seu namorado. Apesar de não precisar se prostituir, teve que pagar a ele comissões sobre o que ganhava cantando.

Carreira e o sucesso

Começou cantando em espeluncas de Pigalle, em Paris, e assim foi descoberta por Louis Leplée, dono do cabaré Le Gerny's. Foi ele quem deu o pontapé em sua carreira e lhe ensinou tudo sobre como se portar no palco. Louis fez uma enorme campanha para a noite de estreia de Piaf e naquela apresentação várias celebridades apareceram por lá.

Ela seguiu se apresentando no Le Gerny’s até que acabou assinando um contrato com a Polydor e lançou o seu primeiro disco "Les Mômes de la Cloche". Foi o maior sucesso e, depois disso, ninguém seguraria a cantora.

Drogas e morte

Em 1951, Piaf sofreu um grave acidente de carro e ficou muito ferida quebrando um braço e duas costelas. Por conta disso, ela sentia muitas dores que eram aliviadas com o uso de morfina. Porém, a mistura frequente da morfina com o álcool era um problema. Mais dois acidentes de carro agravaram a situação e o uso do fortíssimo analgésico e álcool só aumentaram.

Edith Piaf morreu aos 47 anos no dia 10 de outubro de 1963 em Plascassier, nos Alpes Marítimos, em decorrência de uma hemorragia interna provocada por seus excessos. Sua morte só foi anunciada oficialmente no final do dia 11 de outubro.

Curiosidades

- Embora sua certidão citasse o Hospital Tenon, em Belleville, como local de nascimento, alguns dizem que Piaf nasceu na calçada da Rue de Belleville 72.

- O nome Édith é em homenagem a uma enfermeira inglesa da Primeira Guerra que foi executada depois que ajudou soldados franceses a escapar dos alemães.

- Piaf é um nome coloquial francês para um tipo de pardal. Esse apelido foi dado a ela vinte anos depois.

 

 

 

 

Atualizado em 10 Out 2013.

Por Juliana Andrade
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Molejo canta Lady Gaga no "Encontro" e a internet vai à loucura

Grupo fez mashup com as músicas "Cilada" e "Perfect Illusion"

Escola pública fundada por Shakira, na Colômbia, é eleita a melhor do país

Instituição em Barranquilla recebe alunos em vulnerabilidade social

Marcelo Serrado e Marcos Veras se beijam em protesto contra homofobia

Atores participaram do prêmio "Homem do Ano" da revista GQ

Taylor Swift, One Direction e Adele são os artistas da música mais bem pagos de 2016; veja lista completa

Lucros do trio vão de US$ 80 a US$ 170 milhões

Lady Gaga, Bruno Mars e The Weeknd agitam desfile da Victoria's Secret

Apresentação da nova coleção da grife contou com grandes nomes do pop

Evaristo Costa surpreende e empresta gravata à internauta

Apresentador enviou duas peças a um de seus seguidores no Twitter