Guia da Semana

Xuxa 25 anos

Para comemorar, batemos um papo com a Xuxa Verde, perfil paródia feito por um fã da apresentadora no Twitter

Por Vivian Ortiz

No dia 30 de junho de 1986, uma jovem apresentadora loira desceu pela primeira vez de uma nave cor-de-rosa e deu o seu primeiro "beijinho da Xuxa" - uma simpática marquinha de batom na bochecha dos pequenos espectadores. Era a estreia do Xou da Xuxa, o primeiro programa de Maria da Graça Meneghel na emissora carioca. Não precisou de muito mais do que isso para que essa gaúcha, nascida na cidade de Santa Rosa, marcasse toda uma geração de crianças, que cresceram ansiosas para ouvir o "Beijinho, beijinho, tchau, tchau" ao fim de cada programa. 

Com o intuito de celebrar esses 25 anos de trabalhos dela na emissora, a Rede Globo preparou um TV Xuxa especial, onde reuniu diversos nomes da música brasileira para homenageá-la. No programa, todos se apresentaram cantando diversos sucessos da carreira dela, como Doce Mel, Ilariê e Marquei um X. Durante a gravação, a rainha dos baixinhos chegou a se emocionar diversas vezes e foi consolada pelos amigos famosos, como Ivete Sangalo, Caetano Veloso e Daniel. No encerramento, todos cantaram Lua de Cristal.

Apesar da longa carreira na emissora carioca, a vida profissional de Xuxa começou alguns anos antes. Inicialmente, ela fez sucesso como modelo e, depois, como apresentadora do programa infantil Clube da Criança, na Rede Manchete. No entanto, foi na Rede Globo que ela estreou seu primeiro programa diário: o Xou da Xuxa, que durou sete anos.

Durante esse tempo, a apresentadora colecionou 139 discos de ouro, 52 de platina e 10 de diamante - o que significa mais de 14 milhões de cópias vendidas, apenas com os discos lançados na era do Xou. Também fazem parte dessa carreira de sucesso diversas participações no cinema, além da produção dos DVDs Xuxa Só Para Baixinhos e a apresentação de programas de auditório na Argentina e Espanha.

Xuxa é pop

Da época do programa Clube da Criança - quando a rainha dos baixinhos ainda não tinha tanto traquejo em lidar com a criançada, e também não contava com a ajuda das paquitas para isso-, foi que surgiu a inspiração para o twitter @xuxaverde, criado por um grupo de amigos bem-humorados. O nome e a foto que ilustra o perfil foram tirados de um dos muitos vídeos, hoje disponíveis no YouTube, cujo tom esverdeado é advindo da baixa qualidade das imagens da década de 80.

No Twitter da Xuxa Esverdeada, os seguidores costumam encontrar comentários espirituosos, que envolvem desde a carreira da apresentadora, como "Destino de ex-paquita é pior que de ex-bbb. Por isso que eu vivo tocando o terror com as minhas. Se pisarem na bola, nem peladas vão posar", até a filha dela. "Sasha não vai poder ir porque não aceitam menores de idade. Vai ficar trancada em casa como sempre e vou levar as chaves".

"Senta lá"

O responsável pelo Twitter @xuxaverde topou dar esta entrevista, desde que sua identidade fosse mantida em sigilo por questões de privacidade. No entanto, isso não o impediu de revelar alguns detalhes dos bastidores do perfil. Ele conta, por exemplo, que a inspiração para que o grupo de amigos criasse esse perfil fake veio após assistirem, diversas vezes, aos clássicos vídeos verdes do Clubinho da Criança, há quase dois anos.

"A intenção era sacanear outros amigos, de forma anônima, mandando 'Sentar lá' quando falavam alguma bobagem". Logo de cara, o grupo quis criar um personagem caricato, embora algumas pessoas, principalmente no começo, pensassem que estivessem querendo se passar pela Xuxa verdadeira. "A ideia não era essa", comenta.

Em entrevista para o Guia da Semana, o responsável por um dos perfis de Twitter sobre a rainha dos baixinhos mais bombado da internet conta os bastidores de seu trabalho, lembra os melhores momentos da carreira dela e ainda dá pitacos sobre o futuro de Xuxa.

Guia da Semana: Você é mesmo fã da apresentadora ou o @xuxaverde foi criado como uma forma de "protesto" bem-humorado?
Xuxa Verde: Seria mentira se eu dissesse que sou fã da Xuxa "colorida", a Meneghel. Mas, digamos que aprendi a gostar mais dela por conta do personagem. Por causa dele, comecei a me interessar mais pelo dia a dia da apresentadora, tentando pegar ao máximo seus trejeitos antigos e maneira de falar, entre outras peculiaridades.

Guia da Semana: Como e quando você se deu conta que era um sucesso na internet?
Xuxa Verde: Estou vivendo uma fase surreal. De uma hora para outra surgiram oportunidades que em nenhuma outra vez na minha vida eu pensei que pudessem aparecer, como participações em festas, eventos, viagens e entrevistas. Confesso que estou adorando, apesar de saber que isso tudo é passageiro.

Guia da Semana: De onde surgem tantas boas tiradas?
Xuxa Verde: Como trabalho com internet e veículos multimídia, estou sempre acompanhando viralizações, memes e outras coisas que se tornam sucessos repentinos, por conta de um bordão legal ou qualquer outra coisa do tipo. Não sei de onde surgem, é como se baixasse um "santo" em mim, ou melhor, é como se baixasse a própria Xuxa Verde em mim, daquele mesmo "jeitinho", que todos idealizam.

Guia da Semana: Quantos anos você tem? Chegou a ser um baixinho da Xuxa?
Xuxa Verde: Embora muitos imaginem que [a pessoa por trás do perfil] seja um velho babão, por desenterrar lembranças dos anos 80 que os seguidores nem lembravam que tinham, eu tenho 21 anos. E, com o maior orgulho, digo que fui um baixinho da Xuxa por ter crescido com ela e acompanhado sua melhor fase na televisão.

Guia da Semana: Apesar de já ser uma mulher madura, Xuxa continua sendo considerada a rainha dos baixinhos e ainda faz sucesso com as novas gerações. Na sua opinião, porque isso acontece?
Xuxa Verde: Xuxa sempre será a rainha dos baixinhos, pelo menos para aqueles que, como eu, cresceram assistindo seus programas e ouvindo as suas músicas na década de 90. Na minha opinião, as coisas mudaram um pouco hoje em dia. O próprio programa atual dela não é mais infantil, o foco é outro e ele está meio perdido. Xuxa mudou muito quando se desvinculou de Marlene Mattos e isso é nítido.

Guia da Semana: Teria chegado a hora de a "rainha" sair de cena?
Xuxa Verde: Mesmo com essa vida de turbilhão que ela tem, não acredito que deva se retirar de cena e muito menos que irá fazer isso algum dia, se ainda estiver em condições de realizar o seu trabalho. Ela gosta muito do que faz e faz com prazer.

Guia da Semana: Qual momento da carreira dela que foi mais marcante para você?
Xuxa Verde: Sem sombra de dúvidas o Clubinho da Criança, da Rede Manchete. Não que eu me lembre dessa época, até porque nem era nascido, mas o YouTube está aí pra isso! Eu sempre vejo os vídeos, revejo e nunca me canso. Aquela é a melhor Xuxa de todas. Original, sem formatação, espontânea, irreverente e muito divertida! Tenho certeza que um programa como aquele, se fosse transmitido por uma emissora nos tempos de hoje, faria muito sucesso por ter esse diferencial.

Guia da Semana: Você já teve oportunidade de conhecer a Xuxa?
Xuxa Verde: Nunca tive, mas adoraria conhecê-la e ganhar uma marquinha no meu rosto.

Atualizado em 10 Abr 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

FC Barcelona convida Chapecoense para o Troféu Joan Gamper 2017

Clube espanhol pretende colaborar com a reconstrução do time catarinense

Molejo canta Lady Gaga no "Encontro" e a internet vai à loucura

Grupo fez mashup com as músicas "Cilada" e "Perfect Illusion"

Escola pública fundada por Shakira, na Colômbia, é eleita a melhor do país

Instituição em Barranquilla recebe alunos em vulnerabilidade social

Marcelo Serrado e Marcos Veras se beijam em protesto contra homofobia

Atores participaram do prêmio "Homem do Ano" da revista GQ

Taylor Swift, One Direction e Adele são os artistas da música mais bem pagos de 2016; veja lista completa

Lucros do trio vão de US$ 80 a US$ 170 milhões

Lady Gaga, Bruno Mars e The Weeknd agitam desfile da Victoria's Secret

Apresentação da nova coleção da grife contou com grandes nomes do pop