Guia da Semana

Adolescência

Não deixe as perguntas sem resposta - procure a ajuda de alguém mais velho para te orientar nas dúvidas da vida

Foto: Getty Images


Já ouviu a frase "não se faz a omelete sem quebrar ovos?" Pois assim é a adolescência dos humanos, sobre a qual temos uma notícia boa e uma ruim: a boa é que essa fase passa. A ruim é que deixa saudades.

O problema é que, quando chegamos nessa idade, parece que tudo está dando errado. Ninguém nos entende, nosso corpo e nossa voz transformam-se estranhamente, nossos gostos e anseios mudam - loucura total.

E, por isso mesmo, é exatamente nessa fase que devemos acessar mais os pais (que mico!), ou, eventualmente, pessoas mais velhas que sejam de confiança - melhor ainda, as que nos amam incondicionalmente.

Isso mesmo. Sendo realistas, precisamos, ao menos, ter a humildade de reconhecer que pessoas mais experientes já passaram por tantas coisas e já foram adolescentes também, com as mesmas angústias e dificuldades que nós. Ou você acha que não passaram por tudo isso?

Dúvidas sobre sexo, amor, festas, doenças, drogas, cigarros, bebidas e tantas outras coisas envolvem informações que devem ser muito bem checadas, pois trazem seus riscos e devem ser tratadas com seriedade. 

Estamos em uma fase de descobertas e autoafirmação, e ela nos leva a um comportamento de experimentar, testar, arriscar, desafiar. Isso é natural e faz parte da aprendizagem. Porém, tudo deve ser feito com o maior conhecimento e o menor risco possível.

Haverá amigos que lhe oferecerão drogas, com aquele papo de que são inofensivas, não vão gerar problemas; são só uma curtição de momento. Será que este amigo sabe mesmo do que está falando? Será que ele é tão experiente e perito em Química, para saber os reais malefícios e reações?

Estamos descobrindo também a vida sexual. Usar camisinha ou não? Transar com camisinha é o mesmo que chupar uma bala com papel? Quais são os melhores meios de proteção?

Lembre se já viu este filme: "Ah... depois eu penso nisso" ou "Xi... vou ter um filho!" "Qualquer coisa abortamos!". "Mas, o que é um aborto mesmo? Quais os perigos?"

Dúvidas, dúvidas e mais dúvidas. Todos os adultos passaram por isso. Compreendo que muitos jovens não têm a liberdade para esse tipo de diálogo; seja por timidez, seja porque os pais não lhes dão abertura.

Porém, fica uma dica: estando assim, procure alguém mais preparado, um profissional para sanar todas suas dúvidas. Pediatras, psicólogos, ginecologistas, ou mesmo professores. Isso já seria um bom começo. Lembre-se de que você está treinando para a vida adulta e, quanto mais acertos e menos desgastes, raivas, medos e riscos, melhor.

O caminho da felicidade é menos espinhoso e certeiro quando perseguimos o equilíbrio e agimos com conhecimento. Não se arrisque. Lembre-se de que o seu futuro depende muito do que você fizer agora.

 

Leia as colunas anteriores de Alessandro Vianna:

Aprovação na escola

O desafio do vestibular

Os perigos por trás do computador

Quem é o colunista: Alessandro Vianna.

O que faz: Psicólogo clínico.

Pecado gastronômico: O bom e velho bife à parmegiana.

Melhor lugar do mundo: Um lugar em que se unam praia, sol e uma boa companhia.

O que está ouvindo no carro, iPod, mp3:  No carro encontram-se desde um bom sertanejo até um rock mais pesado.

Fale com ele: acesse seu site.


 


Atualizado em 11 Fev 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte