Guia da Semana

Amizade colorida

Que atire a primeira pedra quem nunca passou por isso!

Foto: Getty Images

Quem nunca ficou a fim de um amigo e depois desencanou? Ou teve um namoro que começou com amizade? Para não ficar um clima estranho, converse e exerça a sua maturidade.

Você tem aquele amigo legal, inteligente, bonitinho, com quem a diversão é sempre garantida. Quando estão com a turma, vocês acabam ficando mais juntos e compartilhando as piadas, as batatinhas e a coca-cola. Até que, de repente, rola um clima diferente, umas brincadeirinhas... E vocês acabam ficando. E agora? Como fica a amizade que existia antes? E a turma, não vai estranhar? Vai ser só uma pegação ou vai virar namoro?

Se você já passou por isso, sabe que pode ser complicado ficar com alguém da mesma turma ou da mesma sala de aula. Aconteceu comigo no colegial e não foi nada fácil. Fiquei com um menino da minha classe e que também era da turma com a qual eu saía, mas no fim, ele achou melhor sermos apenas amigos. Pouco tempo depois, comecei a namorar um outro cara da mesma turma, mas que não era da nossa escola - já era formado. Ficou um clima muito chato e o primeiro ficou um tanto quanto incomodado, e começou a falar mal de mim para todo mundo. Enfim, coisas da vida que só acontecem no colegial mesmo!

A solução que encontrei foi parar de sair tanto com o pessoal por algum tempo ou sair quando o outro menino não estivesse. Éramos muito amigos, mas acabamos nos afastando por conta disso e ficamos sem nos falar durante algum tempo. Foi o melhor para tentar não estragar a amizade, porque forçar a convivência só criaria mais atrito. Se a ideia era deixar as coisas esfriarem para depois retomarmos a amizade, esse tempo longe nos ajudou. É claro que nada é garantido, vai depender da vontade dos dois de continuarem amigos e também da maturidade de cada um. No meu caso, cheguei até a conversar com o menino que ficou chateado e ficamos numa boa, até voltamos a sair juntos, inclusive com o meu namorado na época.

O legal foi que o resto da turma entendeu a situação e até deu uma força, mas pode acontecer de os amigos não acharem legal, criticarem ou não entenderem a situação. Na mesma turma e na mesma época, um menino e uma menina começaram a namorar e a reação dos outros amigos não foi muito boa. Mais uma vez, conversar pode ajudar. Vale explicar que rolou um clima e que a amizade acabou evoluindo para um namoro, mas que vocês farão de tudo para isso não atrapalhar a amizade da turma.

Sim, esse tipo de relação é bastante complicado e fica mais difícil ainda com o passar dos anos. Mas não é impossível lidar com esses pequenos problemas - que, na hora, parecem gigantes!. O mais importante é ouvir e entender as pessoas envolvidas, tomando cuidado para não chatear ninguém e, assim, preservar amizades especiais que podem durar para toda a vida!

Leia as colunas anteriores de Fernanda Carpegiani:

Minha galera

Não será o último

Escolhas certas

Quem é o colunista: Fernanda Carpegiani - Uma jovem cheia de energia,  que aproveita a vida de uma forma intensa e particular.

O que faz: Jornalista apaixonada.

Pecado gastronômico: Batata frita.

Melhor lugar do Brasil: Ubatuba - São Paulo.

Fale com ela: fecarpe@gmail.com

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte